Crônicas do Ronaldo Rony Archive

Nota de esclarecimento – Crônica de Ronaldo Rodrigues

Crônica de Ronaldo Rodrigues Vasculhando páginas e páginas de livros e esmiuçando vários documentos históricos, acabamos de descobrir que a moda de emitir notas de esclarecimento já existia muito antes dessa sucessão de escândalos envolvendo personalidades da

Ele voltou, o cronista voltou novamente – Crônica de Ronaldo Rodrigues

Crônica de Ronaldo Rodrigues Já faz algum tempo que não venho por aqui. O dono da casa já deve ter esquecido ou desistido de mim. Ele nem cobrou mais a minha visita, nunca mais me fez lembrar

Viver e respirar – Crônica de Ronaldo Rodrigues

Crônica de Ronaldo Rodrigues Foi o que pensou Neurinha, adentrando os 19 anos e achando que, naquela idade, seria bom começar a pensar nessas coisas. Seria bom pensar em alguma coisa. Qualquer coisa. Mas o pensamento mais

I poema de hoje: Pedalando no Domingo de Páscoa – Ronaldo Rodrigues

Pedalando no Domingo de Páscoa – Ronaldo Rodrigues Recentes estudos afirmam que a utilização de bicicleta concentra o maior número de energia positiva ao seu redor. As bicicletas são responsáveis pela emissão de eflúvios de agradável aroma,

Malhando os malhadores (Crônica porreta de Ronaldo Rodrigues)

Semana Santa. Sempre que chega esta data fico pensando no sentido de justiça de certas pessoas. Elas pegam Judas e fazem o diabo com ele. Malham o cara de todo jeito. Dizem que é a única forma

Crônica sem nome – Crônica de Ronaldo Rodrigues

Crônica de Ronaldo Rodrigues Meu nome é Logan. Meu nome é Kuntá Kintê. Meu nome não é Johnny. Fico procurando algo que ainda não tenha nome, mas não encontro. Tudo já foi nomeado, catalogado, ordenado. Gente, bicho,

Segundo de abril (lá vem o Gino de novo)

Crônica de Ronaldo Rodrigues   O editor deste blog bota uma pressão de vez em quando. Desta vez foi assim: E aí? Alguma coisa para hoje (ontem), primeiro de abril?   Retornei dizendo que de mentira, até

Brasil. Ou será ilusão? – Crônica de Ronaldo Rodrigues

Crônica de Ronaldo Rodrigues Ainda é assunto esse negócio da carne podre? Claro que sim, afinal vai demorar um tempo ainda para o Governo Foderal arrumar um escândalo para desviar as atenções deste. O que devo dizer

Quem sofre é o dinossauro – Crônica de Ronaldo Rodrigues

Crônica de Ronaldo Rodrigues Sentimento de vingança é algo terrível. Não gosto quando ele vem, mas o deixo ficar, caso venha. A vingança pode atingir pessoas e coisas que não têm nada a ver com a nossa

ATENÇÃO, PASSAGEIRO DESTA SEGUNDA-FEIRA – Ronaldo Rodrigues

ATENÇÃO, PASSAGEIRO DESTA SEGUNDA-FEIRA: Estamos voando em velocidade de cruzeiro. O tempo é bom, se consideras, como eu, que chuva é tempo bom. A visibilidade é boa. Acabei de pingar um colírio de novo horizonte. Estamos sobrevoando

A última cruzada do Zerão/São Camilo – Crônica de Ronaldo Rodrigues

Crônica de Ronaldo Rodrigues Olha eu aqui outra vez esperando o ônibus Zerão/São Camilo. Se você não é usuário dessa linha, meus parabéns. Esta é a terceira crônica que escrevo esperando o tal ônibus. Prometo que será

Verônica, a submersa (conto porreta de Ronaldo Rodrigues)

  Quando Verônica chegou em casa eu era uma criança a mais numa família de noventa e oito irmãos. Naquela cidade eram comuns famílias numerosas, que envelheciam muito cedo.   Verônica, quieta, tranquila, limitava-se a permanecer no

Meus amigos ETs – Crônica de Ronaldo Rodrigues

Crônica de Ronaldo Rodrigues Esta crônica é uma homenagem aos meus amigos ETs. Eles mesmos, que estão por aí curtindo a sensação que deve ter alguém que quase todo mundo afirma que não existe. Alguns amigos deste

Pela janela azul do manicômio – Crônica porreta de Ronaldo Rodrigues

Crônica de Ronaldo Rodrigues Um mundo ainda não corrompido se estende pelas ramificações da cidade, em alamedas de flores, que atravessam o grande oceano. É o mundo não corrompido que vejo pela janela azul do manicômio. Um