14 de setembro é dia do Amapá no Senado

11994457_880033362049696_1889687032_n

Vai ter música, documentário e muita vontade de mostrar o que tem de bom no Amapá. O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), junto com sua equipe, organizou uma Sessão Especial denominada “Amapá no Senado”, na próxima segunda-feira (14), às 11h, em Brasília, para celebrar os 72 anos de criação do Ex-Território do Amapá. Quem mora em Macapá, poderá acompanhar a programação ao vivo pela TV e Rádio Senado, na 93,9 FM.

Para levar um pouco do ritmo amapaense, a cantora Hanna Paulino e os músicos João Batera e Vinícius Bastos vão cantar algumas canções ao som das caixas de Marabaixo, uma das maiores expressões da cultura amapaense. “Nós precisaos apresentar ao Brasil nossa cultura e nossos valores. Somos ricos na biodiversidade, na cultura e temos um povo maravilhoso para vencermos os problemas políticos e econômicos”, disse Randolfe.

Hanna Paulino

O jeito do povo tucuju também será constatado através dos documentários que serão exibidos na TV Senado, em parceria com a Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-metragistas do Amapá. O senador Randolfe também fará uma participação no programa “Senado é mais Brasil”, no quadro “Dedo de prosa”, para falar sobre as peculiaridades do Estado e relembrar alguns fatos históricos que resultaram no Amapá de hoje. Na Rádio Senado, uma seleção de músicas de artistas amapaenses fará parte do Programa “Brasil Regional”.

Comemoração – Não é a primeira vez que, que ecoa os sons do Amapá na capital do Brasil, também por iniciativa de Randolfe, o Senado fez sessão especial em comemoração ao aniversário do Amapá, em 2011. O cortejo se espalhou por todo o Senado mostrando um pouco do que é o Amapá, sua cultura e sua gente, com apresentação de Marabaixo, exposição de fotos e show musical de Patrícia Bastos, Enrico de Miccelli e Joãozinho Gomes.

Jornalista/Assessora de Comunicação
Carla Ferreira
Contato: (96) 98110-1234 (Whatsapp)
Twitter: @Carlinha_F
e-mail: carlinhamrf@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *