35 dias para o final da Biometria: 110 mil eleitores de Macapá e Santana ainda não se recadastraram


Faltam 35 dias para o prazo final da Revisão Biométrica em Macapá e no município de Santana, que é 29 de novembro de 2013. Mesmo com os esforços do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP), que trabalha na facilitação da Biometria, 90 mil eleitores da capital e 26 mil do eleitorado santanense não se recadastraram. Para se recadastrar, basta apresentar um documento oficial com foto. Se o eleitor desejar mudar o seu domicílio eleitoral, é preciso comprovante de residência. 

A Justiça Eleitoral do Amapá concentra seus esforços nas duas cidades, por elas juntas possuírem mais de 70% do eleitorado do Estado. Macapá possui 255 mil eleitores, quase 30% ainda não fez a Revisão Biométrica.  O total do eleitorado santanense é 66.111 eleitores, destes somente 40 mil foram recadastrados. 

A Biometria é obrigatória para todos. A Revisão Biométrica é o recadastramento digital que iniciou em fevereiro de 2013. A coleta de dados é fundamental para garantir ainda mais segurança e legitimidade do processo eleitoral nos próximos pleitos. 

Ações efetivas  

O TRE mobilizou seus servidores efetivos, contratou funcionários terceirizados, fez parcerias com empresas, agendou recadastramento, instalou postos de atendimento em eventos, lojas, órgãos públicos e faz o recadastramento itinerante. 

As ações foram executadas em Macapá, Santana distritos e comunidades da zona rural das duas cidades. Com a iniciativa, a Revisão Biométrica foi encontro do cidadão que mora distante do centro urbano. 

Orientação da Justiça Eleitoral para evitar problemas

Falta pouco mais de um mês para o fim da Revisão Biométrica. Não haverá prorrogação É importante que o eleitor não deixe para fazer a Biometria nos últimos dias, pois enfrentará filas e perderá tempo. Pois a capacidade diária de recadastramento é de 2.000 atendimentos. 

Quem não efetuar a Revisão Biométrica terá o Título de Eleitor Cancelado e não poderá não poderá votar nas eleições de 2014. Não obterá a certidão de quitação eleitoral, documento este, indispensável para tirar passaporte, fazer inscrição em universidades, tomar posse em cargo público, obter benefícios sociais do Governo Federal – bolsa escola, bolsa família, impossibilidade de regularizar CPF, entre outras.

Recadastre-se junto a Justiça Eleitoral e exerça sua cidadania. Vote! 

Serviço:

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá
Assessoria de Comunicação e Marketing
Elton Tavares
ALTV
Fones: 2101-1504/84059044/91474038
Site TRE-AP: www.tre-ap.jus.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *