A casa caiu

Demorou, mas a casa caiu. O juiz Paulo Madeira, com base em Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público Estadual (MPE/AP), ordenou hoje o afastamento de Adauto Bittencourt do cargo de secretário de estado da Educação. Madeira também determinou o afastamento de outros servidores denunciados pelo desvio verba pública da SEED. Além do afastamento, a Justiça também bloqueou as contas e os bens dos acusados de fraude no órgão.

Diversas entidades estavam organizando, para o próximo dia 10, um ato público em protesto contra Adauto, seria em frente à Seed. Apesar das propagandas de TV e alguns veículos de comunicação, que insistiam em afirmar que a educação vai muito bem, não teve jeito.

Tomara que os fatos sejam apurados á fundo e os acusados, se forem culpados, sejam punidos com os rigores da Lei. Fico na torcida.Encerro este post citando o escritor Darcy Ribeiro: “Só há duas opções nesta vida: se resignar ou se indignar. E eu não vou me resignar nunca.”


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *