A expofeira está de volta: Governo do Estado inicia preparativos para 52ª Expofeira do Amapá

Após quase 10 anos, a Expofeira do Amapá será retomada este ano pelo Governo do Estado, como uma grande vitrine de oportunidade, negócios e lazer. E os preparativos para 52ª edição já iniciaram.

Na manhã desta quarta-feira, 14, o governador do Amapá, Clécio Luís, e o Grupo de Trabalho (GT) responsável pela organização, iniciaram a ocupação de todo o espaço do Parque de Exposições da Fazendinha, onde tradicionalmente ocorre o evento, que foi realizado pela última vez em 2015.

Para o governador do Amapá, Clécio Luís, mais que entretenimento, a Expofeira vai fomentar a economia do estado.

“Vai ser uma Expofeira de muita alegria, diversão e entretenimento. Mas sobretudo a população vai ter a retomada de um instrumento de negócios. Nós queremos fazer negócios no agro, incentivar a agricultura familiar, o extrativismo do Amapá, que tenhamos negócios sustentáveis. Então, nós queremos que essa Expofeira cumpra a sua função de gerar negócios, porque foi para isso que ela foi pensada desde a gestão do primeiro governador, Janary Nunes”, afirmou Clécio Luís.

Durante a visita técnica, foi avaliada toda a estrutura do Parque de Exposições da Fazendinha para que as intervenções sejam feitas até a data do evento, previsto para o mês de setembro. Serão feitos serviços de limpeza, capina e revitalização da estrutura. Além de espaço para empreendedores de diversos segmentos.

Geração de emprego

O Governo do Estado vai priorizar a mão de moradores do entorno do Parque que será integrada em todo o processo de revitalização, montagem e conservação do espaço.

“Culturalmente a Expofeira tem um papel de garantir entretenimento e diversão. Mas também gera emprego e renda. E este ano uma das novidades é que trabalhadores autônomos do entorno do Parque de Exposições vão participar trabalhando antes, durante e depois do evento na limpeza e revitalização do espaço”, disse Rodolfo Vale, secretário de Governo.

Moradora do Vale Verde, dona Maria Cardoso, já está na expectativa para a chegada do evento. A autônoma conta que tradicionalmente o período da festa é uma oportunidade para garantir uma renda extra.

“Para mim é uma felicidade muito grande ver o retorno da Expofeira. Pois é uma oportunidade de garantir uma renda. Então depois de quase 10 anos vem essa reabertura, só temos a agradecer”. afirmou Maria Cardoso.Parque de negócios
Estima-se que o espaço do evento terá uma extensão de 33 mil metros quadrados, o que equivale a 10% de toda a área do Parque de Exposições da Fazendinha.

Serão 820 estandes de exposição que prioritariamente serão ocupados pela iniciativa privada, possibilitando a apresentação de empresas e produtos e negociações através do pavilhão de negócios, por exemplo. Além de espaços para empreendedores populares. A Expofeira também contará com 5 praças de alimentação.

O vice-governador Teles Júnior, que é um dos coordenadores do evento, disse que o GT já trabalha na organização desde março, quando o decreto foi assinado pelo governador Clécio Luís.

“A Expofeira está retornando com toda força e com uma proposta nova. A ideia é colocar o setor empreendedor aqui dentro, menos Governo e mais empreendedorismo para que a gente possa trabalhar pela geração de emprego e renda no estado”, pontuou Teles Júnior.

O Governo do Estado resgata a Expofeira do Amapá que este ano terá como principal foco gerar empregos para diversos setores. previsão é que o evento tenha início no final do mês de setembro.

Texto: Worchiely Costa
Foto: Netto Lacerda/GEA
Secretaria de Estado da Comunicação – SECOM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *