A longevidade dos jogos de vídeo game – Por Gabriel Cavalcante Leão Dias – Design de Games

Team Fortress 2

Gabriel Cavalcante Leão Dias – Design de Games

Quanto tempo dura um jogo? Por quantos meses ou anos um jogo consegue se manter na mente das pessoas até eventualmente cair no esquecimento? A resposta não é tão simples como um número já pré-determinado. Existem diversos fatores que influenciam no tempo de vida de um jogo.

O primeiro fator que influencia a vida de um jogo é obviamente a sua recepção inicial. Afinal, qualquer jogo que não faz sucesso no lançamento quase nunca consegue se manter relevante depois de uma má primeira impressão. Vou citar novamente o Cyberpunk 2077 que era um dos jogos mais esperados da década e 2 meses depois do lançamento pouco se escuta falar sobre o jogo, digo até mesmo que esse jogo já caiu no subconsciente de muita gente, que só se lembram que esse jogo existe, quando mencionado. Se um jogo não começar com pelo menos uma base de jogadores ativa é muito improvável que continue recebendo suporte após alguns meses, o que me leva para o próximo tópico.

Team Fortress 2

Suporte do desenvolvedor é o segundo fator que eu gostaria de falar e talvez o mais importante, especialmente se o jogo for um multijogador online, jogos como Overwatch, League Of Legends ou World Of Warcraft necessitam de atualizações frequentes para manter seus jogadores. Estes são só alguns exemplos de jogos que não possuem muita variedade na jogabilidade, comumente possuem um modo de jogo principal com uns 2 ou 3 outros modos diferentes para que o jogo tenha uma certa variedade. É necessário que os desenvolvedores criem atualizações constantes para que os jogadores não fiquem entediados, afinal, jogar a mesma coisa depois de alguns dias já começa a ficar previsível e eventualmente vai perdendo aquela sensação de algo novo e emocionante. Uma maneira comum de manter interesse é com a adição de personagens, mapas ou modos de jogos novos, eventos sazonais(eventos de natal, halloween, etc.) também ajudam a manter jogadores. Também é preciso ressaltar que nem só porque o jogo ainda tem suporte contínuo isso é uma coisa boa, muitas jogos já acabaram porque os desenvolvedores não tinham certeza da direção que o jogo deveria tomar e às vezes parecia até mesmo que não sabiam o que atraiu seus jogadores, mudando mecânicas que começaram como o maior diferencial fazendo com que a maior parte dos jogadores abandonassem o jogo. Mudanças ruins são piores do que não fazer nada.

O terceiro ponto que gostaria de falar são os próprios jogadores. Mesmo com uma base de jogadores relativamente pequena um jogo ainda consegue se manter vivo se possuir uma base de jogadores constantemente ativa. Team Fortress 2 é um jogo que já tem quase 15 anos e graças aos jogadores conseguiu atrair jogadores novos mesmo anos depois de seu lançamento. O jogo oferece a liberdade para os jogadores criarem modos de jogo e mapas próprios, o que oferece virtualmente uma quantia infinita de formas de aproveita-lo.

O site steam charts permite ver quantos jogadores estão ao mesmo tempo no jogo. No exemplo de Team Fortress 2, no dia deste post havia 102.879 jogadores ao mesmo tempo dentro de 24 horas e o número máximo de jogadores do jogo foram 146.887. Então dá pra ver que o jogo manteve uma playerbase bem constante desde seu lançamento em 2007.

Fonte: Repiquete no Meio do Mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *