A nerdzinha e a saudade que ela deixará

Mesmo que muitos me achem um tanto durão, tenho o coração mole quando se trata de família e amigos (a família que escolhemos). Hoje (20), minha amiga Hellen Cortezolli partirá. A nerdzinha voltará para sua terra natal, o Rio Grande do Sul (RS). Sou péssimo com despedidas, principalmente de quem eu gosto muito, como neste caso.
A Cortezolli é uma grande amiga, uma pessoa de gênio forte, percepção diferenciada sobre o comportamento humano, ácida, responsável, antenada, crítica, questionadora e inteligente. Uma mulher “nerd” em essência e uma menina sapeca capaz de sacadas geniais.

Nos conhecemos há pouco mais de um ano, mas o dia-a-dia nos aproximou em 2010. Nos tornamos grandes amigos. Daqueles que apóiam até quando o outro faz merda. Ainda bem que jamais nos ofendemos com as críticas mútuas e isso, no nosso caso, é raro.

De lá para cá, rimos, nos consolamos, escrevemos, conversamos, criticamos, nos alfinetamos, comemos muita pizza do Francês e tomamos várias cervejas. Ta certo, 90% eu tomei.

Acompanhei a evolução da Cortezolli como profissional e posso me gabar de sempre ter acreditado no potencial dela. Tenho a certeza de que seremos amigos para sempre. Sei que, de repente, o seu lugar não é aqui mesmo.

Estive presente na defesa de seu TCC e Lembro bem de como ela me encheu de orgulho quando disse, durante sua formatura:

Ao longo de nossa jornada nos perguntamos quem gostaríamos de ser. Quem nos tornaríamos? A única certeza que nós temos é em quem não queremos nos transformar. Naqueles profissionais frustrados que enveredam pela mediocridade e mancham a profissão. Porque jornalista tem a missão de informar e não manipular notícias em nome de seus próprios interesses”.

Ah, essa é a nerdizinha, cheia de personalidade e boa vontade.

Hellen, ser seu amigo é uma honra. Sempre torci e sempre vou torcer pelo seu sucesso e felicidade. Seja no Sul do Brasil ou em qualquer lugar do mundo. És uma irmã, a minha nerdzinha. Como você mesmo disse: “Não é um adeus e sim um até logo”. Vou sentir saudades, mas se for para você ser feliz, fico feliz.  Beijo do Godão no teu coração.

Elton Tavares

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*