A volta do Mosaico

Por Elton Tavares e André Mont’Alverne
Bar Mosaico – Foto: Elton Tavares

                              

Quando entramos, ontem (21), no Mosaico Lounge Bar, estava tocando Arcade Fire, já de inicio, a noite prometia. O velho “point” do rock macapaense é um local apropriado para este tipo de evento. Ainda mais amplo, com telão de imagens psicodélicas atrás do palco (que mudou de lugar e ficou maior), o ambiente está ainda mais legal do que o antigo rock bar.

Não se trata de uma dessas ‘baladas de rock’, e sim de um show de rock and roll. As pessoas que vão lá vão pra curtir mesmo o som, e não pra posar ou fingir que gostam de rock.

Como adoramos elogiar amigos e parceiros que trabalham em favor de espaços alternativos, parabenizamos Geovani Junior, Darlan e o resto do pessoal da Cacique Produções (Kcq ) envolvido pela iniciativa. O blog de Rocha está a disposição para ajudar no que for preciso para que o bar tenha longevidade.  
Banda Beatle George – Foto: Elton Tavares

Voltemos à noite de ontem, a banda Beatle George está ficando melhor a cada apresentação. Os caras tocam música de gente grande que nos leva as origens do rock. O som que eles fazem é empolgante, assim como a postura da banda no palco….contagiante… o cara da gaita manda muito bem, assim como o vocalista que já se sente super a vontade, inclusive deitando no palco.

No intervalo, Daniel Nec fez todos dançarem Jackson 5 e fez uma homenagem legal aos 70 anos do Rei Roberto…e mandou Ilegal, Imoral Ou Engorda de 1976. Muito legal!

A The Hides, melhor banda cover da cidade, parecia estar em casa no Mosaico… a voz do Henrique é ótima e o inglês dele é impecável (bem diferente de várias bandinhas locais que ainda praticam o enrolation, o que convenhamos é o fim da picada, pois se não tem competência que não se proponha).

Banda The Hides – Foto: Elton Tavares

Se tratando de uma banda cover, é preciso deixar claro que eles não imitam as bandas que tocam, a banda sabe dar um toque original nas musicas, como na versão um pouco mais acelerada de Time do Pink Floyd. Falando nisso, essa uma fórmula que defendemos em papos nos bares locais, afinal, é importante alavancar a cena autoral, mas cover bem feito também é muito firme, que é o caso da The Hides.

Ah, uma boa sacada foi a área de fumantes, que é frequentada até por quem não fuma. É um espaço reduzido no quintal da boate. Além de servir de refúgio para fumantes, o espaço também funciona para bater papo sem musica alta.

Legal observar que as pessoas que gostam de rock em Macapá continuam aparecendo, gente nova, gente da antiga, gente que nunca vimos por aí. É verdade que na capital amapaense, quem gosta de rock and roll, se encontra em um ambiente de muitas opções que são na maioria das vezes descartadas.

É isso, o velho Mosaico ressurge para o rock, toda quinta com uma banda em destaque. Semana passada foi o Pink, ontem foi o U2 e tomara que escolham outra grande banda para a semana que virá.

Foto: Rudja Catrine.

Falando na próxima banda, deixamos a sugestão: Rolling Stones, por causa, da menina ESTONTEANTE com a camiseta da banda inglesa (risos). 

Mosaico

O Mosaico surgiu nos anos 90, uma casa muito bem estruturada, com uma proposta pura e simples, o rock. Lá tocavam Primos do Brau (Braulino), Little Big, Drop’s Heroína e outras bandas clássicas de Macapá.

Nós éramos frequentadores assíduos, pois o Mosaico era um espaço democrático, para quem quisesse tocar, embalando as sextas feiras do público chegado. Um espaço alternativo, onde banda e platéia interagiam em uma relação calorosa, peculiar e única. Exatamente como aconteceu ontem.
  • Estonteante…kkkkkk!

    Realmente, o Mosaico é um espaço muito legal para apreciar o Rock em Macapá. Estavámos precisando de um espaço assim. E sobre o “Enrolation” !$@%$¨, não sabe cantar em Inglês? ou ensaia ou mudar o repertorio pro bom e nosso Portuga.

    Adorei o Post.

  • Muito bom o texto Elton e como sempre vc é um dos caras que mais conseguem definir nossa cena através das palavras. Sobre o Mosaico, já estava na hora do retorno, se como bem lembro, as ondas lá eram em dia de terça, por isso iniciar os trabalhos dessa retomada nas quintas, pra fazermos as ROCKQUINTAS ficarem marcadas na mente da NAÇÃO ROCKEIRO do meio do mundo. A KCQ rock produções está fazendo um trabalho serio em busca de levar ao maximo qualidade ao grande publico e aos artistas, para que esses consigam produzir um OTIMO espetaculo. Esperamos que o Publico Amapaense compareça aos eventos e que tenho vida longa o MOSAICO LOUNGE ROCK. Abraz

    Darlan Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *