Acadêmicos de jornalismo lançam livro sobre histórias dos pioneiros do rádio amapaense

Por Sávio Leite

Na noite da última quinta-feira (14), foi lançado no auditório do Departamento de Letras, Artes, Jornalismo e Teatro (Depla), da Universidade Federal do Amapá, campus Marco Zero, o livro “O Rádio no Amapá” que foi produzido pelos acadêmicos do curso de Jornalismo. A obra conta as histórias de radialistas do Estado.

O lançamento do livro, no formato e-book, foi durante abertura do evento Comunicação, Mercado e Tecnologia (Comertec), o qual tem o objetivo de divulgar trabalhos acadêmicos produzidos pelos alunos do curso de jornalismo.

A ideia de criar uma obra com o intuito de contar as histórias daqueles que utilizam a voz para comunicar a população amapaense sobre os acontecimentos diários, surgiu com a inciativa do professor da disciplina de rádio da Unifap, Paulo Giraldi, no ano de 2017.

Pelo fato de não haver registro sobre os nomes do rádio amapaense, o professor viu a necessidade de ser criado um documento para eternizar a memória de pessoas que são fundamentais para a comunicação no estado do Amapá.

Segundo o professor, os estudantes abraçaram a ideia e foram em busca dos relatos dos locutores de rádio para resgatar as histórias vividas, com o objetivo de reconstruir os caminhos percorridos no meio radiofônico.

“Os alunos foram à campo para fazer esse resgate, entrevistando os profissionais do rádio. Ao final disso, estamos oferecendo a sociedade e a universidade esse material rico, que principalmente, mas do que resgate teórico e de data, nós estamos permitindo que os profissionais contém as histórias a partir de experiências no rádio”, enfatizou o professor Paulo Giraldi.

Para a construção do e-book, ao todo, foram 26 alunos que fizeram parte do projeto. Os estudantes foram divididos em grupos para registrar a história de onze radialista, os quais são: Armstrong Souza, Azevedo Picanço, Benedito Rostan, César Bernardo, Cunha Lopes, Eraldo Trindade, J. Ney, José Caxias, Luís Cantanhede, Mister Vado e Roberto Gato.

Esse livro é o primeiro volume da coleção de sala “Mídia Sonora na Amazônia”. Mais dois volumes serão produzidos pelos alunos de rádio do professor da Universidade Federal do Amapá. O segundo vai documentar as histórias das mulheres no rádio do Amapá e o terceiro sobre a geração de jovens radiojornalistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *