Acolhido no Abrigo Municipal de Santana, completa maioridade e recebe suporte da SEMASC

Jonatas Jefter Pacheco Alves, acolhido desde 2019, iniciou uma nova etapa da sua vida, sendo desligado do Abrigo Municipal, por completar maioridade. Durante sua passagem pelo abrigo, o acolhido foi acompanhado por uma equipe técnica composta de psicólogos, pedagogos e assistentes sociais.

Apesar da saída, Jonatas receberá todo o suporte e apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania, sendo inscrito nos programas de assistência da Prefeitura Municipal de Santana.

Otacílio Cesar, Chefe do Departamento Municipal de Proteção à Criança e ao Adolescente, destaca a importância do abrigo para os menores de idade em fragilidade social. “O abrigo repassa a esses menores, uma qualidade de vida necessária. É muito importante esse processo de acompanhamento que a Prefeitura realiza, para que esses jovens não sejam atraídos pelo crime ou por outros caminhos ruins da sociedade.”

Os menores de idade são levados para o abrigo, como uma medida de proteção aplicada em favor das crianças quando há alguma situação de vulnerabilidade na família, como de violência, que gera a necessidade de serem retiradas daquele ambiente familiar. Quando isso ocorre, essas crianças são destituídas do poder familiar.

Comunicação – Prefeitura de Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *