Afrocidadania Itinerante: Improir promove programa ‘Mães que Empreendem’ na comunidade quilombola Mel da Pedreira

O Instituto Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Improir) realizou a ação social Afrocidadania Itinerante com o tema: “Mães que Empreendem”. O objetivo da Prefeitura de Macapá é de levar cidadania à população quilombola da zona rural. A programação aconteceu na quarta-feira (31).

A iniciativa atendeu crianças, jovens e adultos que aproveitaram a ocasião para irem ao dentista, fisioterapeuta, massagista, além de maquiagens, cursos de trancista, confecções de ovos e trufas, e ecoturismo.

Os serviços de embelezamento e autocuidado, atendimento psicológico e atividades lúdicas também estavam disponíveis à comunidade. Na ocasião, igrejas, sedes de associações e casas de moradores transformaram-se, simultaneamente, em locais de atendimentos ao público participante.

É o caso da residência da moradora Assunção Flexa, que não perdeu a oportunidade de aprender a empreender com chocolates. “Eu quis aprender a fazer trufas para ganhar um dinheirinho extra”, disse.

O diretor-presidente do Improir, Aluizo de Carvalho, destacou a importância da presença da Prefeitura de Macapá nas comunidades quilombolas junto às secretarias municipais como: Secretaria Municipal de Direitos Humanos, Centro de Referência e Atendimento à Mulher (CRAM), Coordenadoria de Juventude, Macapá Turismo, Universidade Federal do Amapá (Unifap), Unama, entre outros parceiros.

“A Prefeitura quer estar perto, pois as comunidades têm dificuldades de locomoção para o acesso aos serviços públicos, por isso a nossa missão visa levar cidadania por meio de ações de saúde, odontologia, embelezamento entre outros entretenimentos e serviços. Nós agradecemos aos nossos parceiros como Unifap, Unama, Direitos Humanos, MacapaTur e o CRAM”, enfatizou Aluizo.

Ascom Improir

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *