“Agora Já Foi” na gringa: filme amapaense é exibido no Canadá

13626970_1072871206114566_214212022649246001_n

O filme AGORA JÁ FOI, produção amapaense premiada no Festival de Cinema Transcendental de Brasília em 2015, será exibido em Toronto, no Canadá, no dia 6 de agosto de 2016.

A produção é genuinamente amapaense, escrito e dirigido pela roteirista e diretora Manuela Oliveira. A preparação de elenco ficou por conta do talentoso Thomé Azevedo e da competente diretora de produção Ana Vidigal Vidigal, com e produção executiva de Felipe Menezes. É o nome do Amapá levado positivamente para fora do Brasil.

O filme é uma realização da Federação Espírita do Amapá (FEAP), em co-produção com Amazônia Filmes, sendo parte do projeto Semeamar que objetiva alertar os jovens para questão do aborto e do suicídio, tão presente em nossa sociedade, já que o maior índice nacional de suicídio e aborto entre os jovens está justamente no Amapá.

A principal função do filme é servir de ferramenta para o projeto Semeamar da Federação Espírita que pretende exibi-lo nas escolas de ensino médio e fazer debate sobre os temas aborto e suicídio.

Sinopse

“Agora já foi” é um curta-metragem espírita produzido em linguagem jovem que aborda o suicídio e aborto. Ana, uma adolescente, vivencia uma gravidez inesperada junto com seu namorado Eduardo. A trama se desenrola entre o conflito de interromper a vida, através do aborto, ou a permissão em receber o filho concretizando sua reencarnação para a vitória do dom mais precioso, a vida!

cinema-ana_n-169x300-300x238

Ficha Técnica

Roteiro e Direção MANUELA OLIVEIRA
Produção Executiva FELIPE MENEZES
Fotografia SADY MENESCAL e JÚLIO BACKK
Direção de Elenco TOMÉ AZEVEDO
Direção de Produção ANA VIDIGAL
Direção de Arte MAÍRA MAGALHÃES
Montagem: ANDRÉ CANTUÁRIA
Finalização: ÍCARO REIS

Foto_Abinoan_Santiago_G1_Amap_-1

Elenco Principal:
GABRIELA SALMAN
GABRIEL BRITO
CELIANA WALDECK
CLAUDIA OLIVEIRA
LUIZA MELO
RUDÁ MAGALHAES
Música Tema
OSMAR JUNIOR

Realização: FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO AMAPÁ
Co-Produção: AMAZÔNIA FILMES

Meus parabéns aos cineastas amapaenses!

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*