Agradável surpresa

                                                              Por Elton Tavares
Eu não costumo planejar, traçar planos ou tentar organizar minha vida anticonvencional. Sempre deixei rolar, a única coisa que levo a sério é o trabalho, sim, com o trampo eu me preocupo. Estou tentando ser um bom jornalista, um bom profissional e tals.

Mudando de assunto, há algumas semanas, me deparei com uma situação diferente, precisei fazer escolhas, ceder e arriscar. Sabem duma coisa? Eu acertei, pelo menos até aqui. Acho que é isso, uma agradável surpresa, uma mistura de sorte e diálogo.

Continuo sem planejar o futuro, vivendo um dia de cada vez e bem rápido. Mas agora, o presente está muito mais legal, beirando a perfeição. Para fechar este devaneio, deixo a tradução da música “What A Wonderful World”, que reflete o meu atual bem estar.

Que Mundo Maravilhoso – What A Wonderful World (George David Weiss)

Eu vejo as árvores verdes, rosas vermelhas também

Eu as vejo florescer para mim e você

E eu penso comigo… que mundo maravilhoso
Eu vejo os céus azuis e as nuvens tão brancas
O brilho abençoado do dia, e a escuridão sagrada da boa noite
E eu penso comigo… que mundo maravilhoso
As cores do arco-íris, tão bonitas nos céus
Estão também nos rostos das pessoas que se vão
Vejo amigos apertando as mãos, dizendo: “como você vai?”
Eles realmente dizem: “eu te amo!”
Eu ouço bebês chorando, eu os vejo crescer
Eles aprenderão muito mais que eu jamais saberei
E eu penso comigo… que mundo maravilhoso

Sim, eu penso comigo… que mundo maravilhoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *