‘Aldeia das Artes Sesc Povos da Floresta’ reúne atrações culturais, em Macapá

Por Paula Monteiro, do Portal Amazônia

‘Caldeirão das Artes’. Assim define o coordenador cultural do Sesc Amapá, Genário Dunas, sobre o ‘Aldeia das Artes Sesc Povos da Floresta’. Em sua 9ª edição, o evento cultural vai promover diversas atrações culturais entre elas teatro, dança e cinema em diferentes pontos da capital.  A programação acontece no período de 26 a 30 de maio, com entrada gratuita.

Uma das novidades dessa edição é o espetáculo ‘Uma Flor de Dama’ do coletivo ‘As Travestidas’, do Ceará. A peça traz a dramaturgia de Caio Fernando Abreu e sua profunda reflexão sobre diversidade sexual. A história retrata a vida de um travesti, desde o momento em que ele entra no camarim e se prepara para fazer um show, até o momento em que vai às ruas prostituir-se. A reflexão sobre o tema está garantida. A segunda atração carro-chefe ficará por conta da ‘Cia Oxênte’, de Paraíba, com o espetáculo ‘Anáguas’, em circuito pela Funarte na região norte. O evento também contará com a participação “Cia Dançaurbana”, de Mato Grosso do Sul, com espetáculo o “Plágium” de dança de rua.

O “Aldeia Sesc” propõe ser um espaço para divulgação dos artistas amapaenses, além de fomentar a cultura no Estado através de eventos abertos ao público. De quebra, os artistas locais têm a oportunidade de trocar experiências com outros atores de regiões diferentes do país. “O evento ajuda a divulgar os trabalhos locais, onde o artista amapaense poderá mostrar seu potencial e trocar “figurinhas” com colegas de outros estados”, contou o coordenador.

As apresentações ocorrerão no Sesc Araxá, Sesc Centro, Amapá Garden Shopping, Casa do Artesão, escolas e praças públicas. O evento será divido em quatro atrações: Mostra de Arte Cênicas, Mostra de Tradição, Banquete Dionísico e Território do Pensamento Nômade. “Usaremos espaço públicos como o shopping center para difundir a cultura para todos públicos”, finalizou Dunas.

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*