Aluízio Guimarães ministra oficina Introdução a Interpretação para o Cinema


O diretor paraibano, Aluízio Guimarães é um apaixonado pelas artes em todos os sentidos. Falar com ele é como provar de um aperitivo cujo sabor é a vida. É esse tipo de gente a quem costumamos adjetivar de “ser humano fantástico”. Esta pessoa de um alto astral contagiante está pela segunda vez em Macapá (apaixonou-se), participando do FIM (Festival Imagem-Movimento) que este ano está em sua 10ª edição. 

Aluízio ministra nos dias 03 e 04 de dezembro, dentro do Festival, a oficina Introdução a Interpretação para o Cinema, que está acontecendo no Teatro Porão do Sesc Araxá. 
Esta mesma oficina foi realizada em 2011, no FIM nº 8, rendendo o curta-metragem “Doido”. O curta, de forma poético-dramática, mostra as histórias dos pacientes de um hospício. 

Este ano, os participantes de 2011 terão a continuidade da oficina anterior, de forma exclusiva, em 12 horas sem interrupção, das 18h da sexta-feira (6), até às 6h do sábado (7). Não dá pra imaginar o que vai acontecer durante esse “internamento”, mas pra quem viu o “Doido”, pode ter uma noção do que vem por aí! 

Ele também estará na Mostra Muralha, no sábado (07), junto com outros diretores de cinema, falando um pouco sobre o seu trabalho e respondendo as curiosidades do público. 

Mais informações sobre a programação do FIM, acesse: www.festivalfim.blogspot.com

Mary Paes
Agendamento de entrevistas: 96 9179 4950 e 8128 5712

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *