Amantes

                                                                                                  Por Lorena Queiroz

Vida louca é essa nossa de amantes

Amando em todos os instantes,

Fazendo jogos de sim e não

E eu te puxando pelas mãos.



Nós, amantes, fazemos jogos de pare ou siga

De vida ou sina.

Nós rimos quando queremos chorar

Partimos quando queremos ficar

Desistimos quando deveríamos tentar

E mentimos quando vamos embora.



Nós jogamos com a aparência

Nunca mostramos nossa insuficiência.

Jogamos monopólio

Só para delimitar nosso território

E quando verdadeiramente te procuro

Só te acho com sinceridade em meus pensamentos



Lá te amo em todos os momentos

Mesmo sempre te dizendo que não

Mas se fores esperto e me prestares atenção

Saberás o quanto habitas o meu coração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *