Amapá é o 1º do Norte a receber fibra ótica subfluvial que irá conectar 1,5 milhão de pessoas

O governador do Amapá, Clécio Luís, participou na sexta-feira, 3, da entrega da Infovia 03 junto com o ministro das Comunicações, Juscelino Filho. A novidade leva cabos de fibra ótica de Belém a Macapá, passando por cidades do interior do Pará. A obra vai permitir que 1,5 milhão de pessoas tenham acesso à internet de alta velocidade em regiões remotas, como comunidades ribeirinhas, aldeias, assentamentos e localidades rurais. A iniciativa integra o programa Norte Conectado do Governo Federal.

O ministro Juscelino Filho destacou o interesse da União em melhorar a comunicação e a infraestrutura necessária para a inclusão digital do Norte do país. “É um programa fundamental para o desenvolvimento social e econômico de uma região, são 12 mil quilômetros de cabos de fibra ótica lançados pelos rios da Amazônia, todos as capitais dos estados do Norte do país terão uma infovia como essa, mas a primeira é Macapá, graças ao trabalho da Bancada Federal e do governador Clécio Luís”, destacou o ministro Juscelino Filho.

Segundo o governador Clécio Luís, a reconexão vai além da qualidade da internet, representa um retorno das boas relações institucionais com os entes federativos.

“A União se reconciliou com a federação, e o Amapá, muito particularmente, vive um momento extraordinário aproveitando todas as oportunidades que essa relação permite. A presença de mais um ministro de Estado aqui, fazendo entregas concretas para a população é uma mensagem muito clara do que isso representa. Com esse investimento, o setor privado vai aumentar sua conectividade e o público vai apresentar um serviço melhor, ou seja, isso também vai gerar emprego e renda”, reforçou o governador Clécio Luís.

A entrega é mais um importante marco para a região, beneficiando comunidades remotas e trazendo desenvolvimento ao Norte do Brasil, onde ao todo serão mais de 10 milhões de pessoas alcançadas. O projeto vai conectar 40 escolas, sete prefeituras, 12 pontos do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), cinco pontos de saúde, três pontos de defesa (Exército, Marinha e Aeronáutica) e dois centros de pesquisas, além de possibilitar que operadoras ofereçam pacotes de internet para os moradores.

Infovia 03

A estrutura em contêiner, onde estão instalados os cabos de fibra ótica, fica na região da Fazendinha. O contêiner é denominado de Centro Móvel de Alta Disponibilidade e foi projetado especialmente para a Região Norte por ser resistente a altas temperaturas. O local possui todos os equipamentos eletrônicos, refrigeração e, a partir dessa unidade, todo o Amapá receberá a conexão de internet banda larga. Até o final do ano serão instaladas outras 40 unidades na Região Norte, de acordo com o Governo Federal.

Norte Conectado

O programa vai expandir a infraestrutura de comunicações na Região Amazônica, por meio da implantação de 12 mil quilômetros de cabos de fibra ótica submersos em rios. O investimento é de R$ 1,3 bilhão e vai beneficiar 10 milhões de pessoas e 59 municípios no Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima. No total, a implantação da rede pelos rios do programa vai preservar 68 milhões de árvores, tornando a operação mais sustentável.

Cada Infovia é feita de cabos compostos por 24 pares de fibra ótica. Cada par possui capacidade de até 20 terabytes por segundo, ou seja, pode transmitir simultaneamente o equivalente a 200 mil vídeos de streaming em alta definição.

Os cabos foram feitos para durarem pelos menos 25 anos submersos nos rios. No total, serão viabilizadas 28 infovias no país. O objetivo da iniciativa é ampliar a capacidade de tráfego de dados e a disponibilidade de banda larga em municípios de difícil acesso. Conhecido também como “estradas digitais”, o projeto conta com um investimento total de R$ 1,9 bilhão pelo Novo PAC.

Texto: Jamylle Nogueira
Foto: Israel Cardoso/GEA, Maksuel Martins/GEA e Luhana Badinni/Divulgação
Secretaria de Estado da Comunicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *