Amapá ganha novas instalações para atendimento ao empreendedorismo

Os empreendedores amapaenses ganham novos espaços na sede do Sebrae Amapá, para atendimento e a realização de eventos. Totalmente repaginados, com uma estrutura mais moderna e com muito mais conforto, o Sebrae apresenta à sociedade, o Auditório “Campos do Laguinho” e a Sala de Eventos “Espaço Integração”.

A entrega dos dois novos ambientes marca o início das atividades do ano 2024 do Sebrae no Amapá. Eles foram projetados para levar mais modernidade e praticidade para abrigar eventos públicos e privados.

Segundo a diretora superintendente do Sebrae, Alcilene Cavalcante, “a modernização desses novos espaços é uma pequena parcela de um projeto maior que estamos pensando para o Sebrae, para proporcionar um ambiente mais moderno, inovador e muito mais confortável para atender nossos empreendedores e continuar recebendo os grandes eventos do estado”, afirma a diretora.

Para o presidente do Conselho do Sebrae, Josiel Alcolumbre, o Auditório Campos do Laguinho e o Espaço Integração, agora num processo de unificação, com o Auditório Macapá e o estacionamento da instituição, a capital do Amapá, pode receber mais de mil pessoas com conforto, em eventos públicos e privados, o que representa todo o respeito do Sebrae pelo empreendedorismo e pela educação empreendedora, e pela educação que qualifica o empreendedorismo amapaense.

A economia amapaense, é quase na totalidade composta por micro e pequenos empreendedores; no Brasil, representam 94% dos empregos da iniciativa privada; no Amapá, chegam aos incríveis 98%. “Mais do que nunca os espaços são de reconhecimento e demonstram de forma clara a importância do setor empresarial para o estado. O Sebrae é a casa do empreendedor e a entrega dos espaços, mostra de forma limpa e transparente que estamos ao lado de quem empreende”, declarou o presidente do Conselho do Sebrae, Josiel Alcolumbre.

Novas Instalações

O Auditório nomeado “Campos do Laguinho” é uma homenagem ao bairro que abriga a sede do Sebrae e possui acessibilidade, climatização, isolamento acústico e capacidade para receber mais de 200 pessoas.

A iniciativa, registra e homenageia, as primeiras empresas de bairro em Macapá: quando a população negra iniciou a ocupação dos campos do Laguinho e empreenderam com amassadeiras de açaí, tabernas, oficinas de bicicleta, carpinteiros, cozinheiros, alfaiates, tacacazeiras, músicos, costureiras, sapateiros e diversas empresas individuais e informais, belas e inclusivas que hoje são reconhecidas como categoria empresarial MEI (Micro Empreendedor Individual), que movimentam a economia do Amapá até os dias atuais.

Ao entregar esses espaços, se deseja que o conhecimento siga pleno e generoso com todos, que debates e planos de execução façam morada no Auditório Campos do Laguinho, e que todos possam trabalhar pelo desenvolvimento do Amapá pela via da pequena empresa e que seja uma casa de inclusão produtiva.

Já o “Espaço Integração” é uma sala multiuso com capacidade de se adaptar a palestras, reuniões e eventos de construção conjuntas.

A programação de entrega dos 2 (dois) ambientes é a primeira fase de mudanças e expansão que a atual gestão do Sebrae Amapá promove em prol do empreendedorismo e do desenvolvimento do Estado.

Assessoria de Comunicação Sebrae

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *