Amapá receberá 6 mil doses da vacina de Oxford para imunização contra a Covid-19, diz Fiocruz

Vacina produzida pela Astrazeneca com o Instituto Serum — Foto: REUTERS/Dado Ruvic

O Amapá deve receber no domingo (24) as primeiras vacinas de Oxford contra a Covid-19. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e o Ministério da Saúde divulgaram que foram liberadas 6 mil doses neste primeiro lote do imunizante. No Amapá, a vacinação iniciou na terça-feira (19), com uma primeira remessa de 31 mil doses da CoronaVac.

A nova vacina, feita com a farmacêutica AstraZeneca e produzidas no Instituto Serum, na Índia, teve o uso emergencial liberado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no dia 17 de janeiro, junto com a vacina produzida na China em parceria com o Instituto Butantan (SP).

O primeiro carregamento com 2 milhões de doses da vacina chegou ao Rio de Janeiro na noite de sexta-feira (22), depois que o governo indiano autorizou as exportações comerciais do imunizante.

A lista de carga que será entregue a cada estado foi divulgada neste sábado (23).

Segundo o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, foi dada prioridade nesse momento para o Amazonas, por conta da crise acentuada que se vive em Manaus. A cidade vive um colapso no sistema de saúde por causa da pandemia de Covid-19 e receberá 100 mil doses.

Depois que o governo federal entregar as vacinas aos estados, os governos estaduais irão se encarregar de levar as vacinas até os municípios.

Nesta tarde, o governador do Amapá, Waldez Góes, publicou nas redes sociais sobre a liberação da vacina de Oxford e garantiu que as doses serão imediatamente utilizadas no Plano Estadual de Vacinação.

Fonte: G1 Amapá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *