Ao poeta basta inspiração



Sempre lemos por aí que os poetas é que são felizes. Fazem a gente rir ou chorar com suas construções…Seus devaneios e confusões… mas quem se importa?

Tá, hoje estou deprê. Noite passada, Darth J. Vader descobriu que não pode mais dominar o mundo. O coração não deixa, a mulher num quer… Eita m… do kct!

Se pudesse, jogava logo tudo no ventilador e saía de perto, saca? Mas num dá, mano… não sou poeta… Ao rimador, resta a inspiração. Ao jornalista, o salário do mês…E eita merrequinha fajuta!

Mas dá pelo menos prá cerveja…

Darth J. Vader 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *