Aos invejosos


Existe um hiato grande entre minha realidade e meus sonhos. Deus pôs no meio do caminho o suficiente de condições e as necessárias dificuldades para trilhá-lo. Assim a garra, a coragem e a força de vontade que eu tenho são resultantes dessa mistura de fatores. Não são de uma fibra moral invejável, mas um fardo dolorido porém indispensável a carregar. Sinto-me condenada a ser feliz: então não tenho como questionar nem meu caminho, nem meu destino. Torço para que cada lágrima e cada gota de suor se revertam em sucesso – o que faz ainda mais renitente a minha luta.

Érica Marina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *