Aparelhamento: TRE-AP inicia a segunda etapa da obra do Cartório da 10ª Zona Eleitoral de Macapá

IMG-20160315-WA0039

O Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) iniciou a segunda etapa da obra do Cartório da 10ª Zona Eleitoral de Macapá, no Norte da capital amapaense. A construção, que iniciou em 2014, está com 90% dos serviços concluídos. O edifício oferecerá espaço físico adequado aos servidores da Justiça Eleitoral e melhoria no atendimento aos eleitores da cidade que residem próximo ao local.

De acordo com a chefe do Departamento de Engenharia do TRE-AP, Michelli Bessa, esta segunda etapa da obra contempla a construção do auditório, depósito e almoxarifado, totalizando 1.569,48 M². Ainda de acordo a engenheira responsável, na primeira fase da edificação foi investido o montante de R$ 8.281.675,64.

Segundo Michelli, o valor total da segunda etapa é de R$ 1.910.259,39. Ao todo, 20 pessoas trabalham no local e a conclusão dos serviços está prevista para julho de 2016.

DSC_0033-1024x678

Acompanhamento

Desde que assumiu a Presidência do TRE, o Desembargador Carlos Tork, acompanhado do Diretor Geral do Tribunal, Dr. Veridiano Colares, fez vistorias periódicas a obra. Ao todo, foram cinco visitas que resultaram no acompanhamento da construção pelo magistrado gestor da Justiça Eleitoral do Amapá.

De acordo com o diretor geral do TRE, existe a possibilidade de inaugurar a parte concluída da nova sede da 10ª Zona Eleitoral de Macapá, com plena capacidade de funcionamento, ainda no final de abril de 2016.

O projeto

O projeto básico elaborado prevê a construção de um edifício com dois andares, preparado para futura ampliação de pavimentos superiores, com estacionamento, auditório para uso público, salas destinadas ao funcionamento da Justiça Estadual na região, depósito de urnas, estacionamento interno e paisagismo de entorno.

IMG-20160315-WA0043

A área

Com aproximadamente 1 hectare, o terreno está situado em local privilegiado, ao lado dos prédios da Justiça Federal e do futuro Tribunal Regional do Trabalho (TRT) do Amapá. A área foi loteada para órgãos públicos interessados em construir prédios, seja da administração do Executivo, do Legislativo ou do Judiciário. O espaço foi doado à Justiça Eleitoral pela Superintendência do Patrimônio da União (SPU).

Serviço:

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá
Assessoria de Comunicação e Marketing’
Elton Tavares
Fones: 2101-1504/84059044/91474038

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*