Aposentado encontra urnas arqueológicas no quintal de casa, em Macapá


Duas urnas arqueológicas foram encontradas no bairro Marabaixo IV, zona Oeste de Macapá. O aposentado Agil Costa Vilhena, de 39 anos, descobriu o material enquanto escavava o terreno da residência para a construção de uma fossa, na última quinta-feira (24). Vilhena acionou o Centro de Pesquisas Arqueológicas (CPArq) do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá (Iepa) e nesta terça-feira (29) realizou a remoção das urnas. O material será analisado e levará de seis meses a um ano para a conclusão das investigações.

O aposentado informou ao Portal Amazônia que descobriu as urnas por acaso, durante obras que realizava no terreno da sua casa. “Quando vi o material logo percebi que era algo diferente de qualquer outro tipo de objeto que poderia estar no local devido aos aterramentos. No mesmo dia, a minha esposa procurou o Iepa para comunicar sobre a situação”, relatou.

Mas antes desse episódio, o aposentado já havia realizado outra descoberta- mesmo sem saber. Há três anos, quando construía a primeira fossa da casa, ele encontrou uma urna, mas acabou quebrando e deixando de comunicar aos órgãos competentes. “Eu não tinha certeza que a peça tinha algum valor histórico ou cultural. Mas na dúvida, acabei guardando alguns fragmentos da peça. Fui informado pelos técnicos do Centro de que o material pertencia a uma urna como as outras escavadas hoje”, disse.

Sítios arqueológicos

Desde 2009, cerca de dez sítios arqueológicos foram encontrados na região. Entretanto, este é o primeiro caso registrado no bairro. De acordo com o arqueólogo, Kleber de Oliveira Souza, a expectativa é encontrar mais urnas. A procedência dos objetos, data e de qual tipo se trata ainda será estudado por técnicos do Centro de Pesquisas Arqueológicas. “Ainda não podemos precisar detalhes das urnas encontradas. A princípio iremos fazer a remoção e higienizá-las para analisar a morfologia, entre outros procedimentos, para depois divulgar as informações”, afirmou.

Em dezembro de 2013, três urnas funerárias foram encontradas por operários que trabalham na construção de um residencial particular, localizado na Rodovia Juscelino Kubitschek, via que liga Macapá à Santana (distante oito quilômetros da capital).

Texto e fotos: Paula Monteiro, do Portal Amazônia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *