Aprovado projeto de lei que cria o Dia Municipal de São Jorge

A aprovação aconteceu na terça-feira, 18, por unanimidade do plenário da Câmara de Vereadores de Macapá.

Claudiomar Rosa (AVANTE), ao propor o projeto de lei, atendeu ao pedido de Jorginho do cavaco e Paulo Vaz que buscavam um representante que pudesse homenagear o santo padroeiro dos sambistas e dos devotos de religiões africanas.

“Esse pedido é reivindicação histórica dos devotos do Santo Guerreiro, como Ivo Canutti e Azevedo Picanço, já falecidos, mas que deixaram um legado gigantesco de sua relação com São Jorge e sua festividade”, conta Claudiomar.

23 de abril é celebrado dia de São Jorge porque é a data da morte do Santo no século 3 d.c. Nesse dia, muitos países celebram a data em homenagem ao Santo Guerreiro.

Interessante destacar é que a festividade não representa uma comemoração, exclusivamente católica, pois, inúmeras outras religiões, especialmente as de matrizes africanas cultuam São Jorge dia 23 de abril.

“Para garantir ainda mais reconhecimento à festividade, no final do ano, vamos fazer uma emenda para que esta festa seja turbinada e seja a mais linda possível com o nosso apoio, o nosso carinho e o nosso respeito a São Jorge”, ressalta Claudiomar Rosa.

Jorginho do Cavaco agradeceu o empenho do parlamentar e emocionado afirma que “bons tempos virão”.

O projeto aguarda a sanção da Prefeito Antônio Furlan para a lei entrar em vigor em Macapá.

Assessoria de comunicação do vereador Claudiomar Rosa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *