“Aqui é meu Bairro”: antigo paredão deu origem ao nome do Beirol

Por meio do projeto “Aqui é meu Bairro”, a Prefeitura de Macapá tem como objeto a nova delimitação e definição dos bairros da cidade. Por meio de Projeto de Lei, propõe a alteração, delimitação e criação de bairros no município de Macapá. A proposta legislativa apresenta 61 bairros devidamente individualizados, por intermédio de georreferenciamento, com sua espacialização dentro do perímetro urbano devidamente definida.

De acordo com o historiador Edgar Rodrigues, o nome do bairro Beirol é oriundo de um antigo paredão existente ali, no fim do século passado. O paredão servia de referência para que os artilheiros da Fortaleza de São José de Macapá praticassem o tiro ao alvo, usando os centenários canhões da fortificação. A crônica da época conta que o padre Gregório Álvares da Costa, terceiro vigário de Macapá, se destacava como exímio artilheiro nestes exercícios. A ele competia dar lições de tiro e de arte militar aos soldados da fortaleza. Os exercícios de tiro ao alvo eram praticados nos dias santificados e nas datas cívicas.

Logo após a implantação do Governo Territorial, foi construído no local, que ainda não se chamava Beirol, o primeiro presídio de Macapá, mas também ficou conhecido com o nome do bairro. Assim desfaz-se o comentário tradicional de que o bairro tivesse se originado do presídio. No local, encontravam-se a maioria das estações transmissoras das emissoras de rádio e televisão do Amapá; as antenas da Embratel [local onde está localizado hoje o Conjunto Mucajá]; o balneário do Araxá.

Atualmente, pode-se encontrar no bairro a sede campestre do Sesc, a estação de tratamento de água da Caesa, quartel da Polícia Militar do Amapá, uma Unidade Básica de Saúde, Centro Didático Esportivo, Centro Integrado de Atendimento ao Público para emissão de documentos e a Paróquia São Pedro.

A prefeitura convida a população da cidade de Macapá a participar da consulta pública. Os interessados em conhecer, opinar e contribuir com este trabalho, que resultará na aprovação de uma Lei, devem enviar suas contribuições até 27 de agosto de 2020, por meio do cadastro e preenchimento do Formulário de Consulta Pública, no link: https://macapa.1doc.com.br/b.php?pg=wp/detalhes&itd=12.

Secretaria de Comunicação de Macapá
Cliver Campos
Assessor de comunicação
Contatos: 98126-0880 / 99175-8550
Fotos: Gabriel Flores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *