Artistas amapaenses realizam Sarau para demonstrar afeto e admiração pela poeta Glória Araújo

Nesta quinta-feira, 4 de julho, os amigos da poeta Glória Araújo realizam na Casa Circo, área central de Macapá, um Sarau para homenagear a trajetória poética dessa linda pessoa, que merece todo amor, carinho e respeito.

O Sarau conta com exposições de arte, participações de poetas, músicos, atores de teatro e Circo, e também amigos e parentes da Vó Glória, como muitos a chamam.

Glória encontra-se em tratamento médico, atualmente, e seus amigos se unem numa homenagem de amor, carinho e admiração pela poeta.

A escritora é daquelas pessoas por quem você se apaixona à primeira vista.

Amorosa, afeita a afetos. Se perguntares a qualquer um que a conheça, entre um comentário e outro, ouvirá: “Que pessoa maravilhosa!”, de uma beleza poética que se expande a todos à sua volta.

Com uma escrita, em grande parte, rimada e com toques apimentados de humor, tem sempre uma história para contar, como por exemplo, no poema “A Rede”, um dos mais conhecidos de sua vasta obra. A poeta tem 84 anos, nasceu em Belém do Pará, em 7 de dezembro de 1939, mês propício ao nascimento de Poetas.

Aos 13 anos já era pianista e passou a lecionar no conservatório Carlos Gomes, em Belém, e logo depois veio a estudar acordeon.

Numa das vezes que o Mestre Luiz Gonzaga se apresentou em Belém, ela foi à Praça com as amigas para prestigiá-lo e disse ao ouvido de uma delas: “Nunca aprendi a fazer o que ele está fazendo (tirar um fole)”. Prontamente, a amiga gritou bem alto o que ela disse, e assim Gonzaga a chamou para o palco e a ensinou, perante o público. Que dia maravilhoso foi este para a nossa querida Poeta.

Glória foi reconhecida Poeta, já na idade madura e tem obras publicadas no Livro “Poesia na Boca do Noite” e o livro solo “Pelo Olhar da Glória”. Ela morou muitos anos em Macapá, onde fez grandes amizades.
Principalmente, nos Saraus do projeto Poesia na Boca da Noite, realizado por poetas amapaenses e idealizado pela jornalista, escritora e poeta, Alcinéa Cavalcante, amiga muito próxima de Glória Araújo.

“Conheço a Glória ‘há mil anos’. Somos muito próximas desde sempre”, disse Alcinéa. Por conta dessa longa amizade e pela proximidade das duas, muitas pessoas acreditavam que eram parentes.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Apresentações dos grupos poéticos:

– Poesia na Boca da Noite (Poetas amigos da Glória)
– Tatamirô Grupo de Poesia;
– Poetas Azuis;
– Casa Circo;
– Coletivo Juremas

Atrações Musicais:

Geison Castro; Banda Penélope Moderna com Mary Paes, Ládio Gomes e Renato Gemaque; Wedson Castro; Raule Assunção; Mestre Grilo.

Apresentações e leituras de poemas com os Poetas e Contadores de Histórias:

Alcinéa Cavalcante, Ricardo Pontes, Rostan Martins, Tiago Quingosta, Bruno Muniz, Judivalda Brasil, Claudia Flor D’Maria, Lu de Oliveira, Angelita, Kassia Modesto, Pat Andrade; Jaci Rocha; Marcio Barros, Cricilma Ferreira, Paulo Tarso Barros e quem mais quiser participar.

Exposições de poemas de Glória Araújo, obras de arte de Lene Moraes e Mostra Artística das obras do livro “Poesia para Vilarejos”, de Bruno Muniz.

Apoio: Jardim Marielle Franco; Ana Caroline e Jones Barsou; Adriana Abreu; Lene Moraes, Designer Ester Cabral, Judi Brasil, Andreia Lopes, Portal Alcinéa Cavalcante (www.alcinea.com); Revista O Zezeu e professora Josiane

Está disponível a CHAVE PIX: [email protected] para colaboração com qualquer quantia para o tratamento da poeta.

A ARTE E A AMIZADE NOS UNEM.

Serviço:

Sarau para Glória
Data: 4 de julho | 18h às 21h
Local: Casa Circo, Jardim Marielle Franco, Av.: Ernestino Borges, 191. Centro. Macapá/AP
Evento será transmitido via redes sociais.

Fotos: Arquivo de família

Obs.: Os artistas e apoiadores desse evento são todos voluntários.

ENTRADA GRATUITA

Atendimento à imprensa: Mary Paes (96)99179-4950

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *