Artistas da Amazônia terão trabalhos expostos através de projeções no AP


A arte contemporânea estará em destaque nesta sexta-feira (25), às 20h, no Largo dos Inocentes, Centro de Macapá. A artista visual Roberta Carvalho apresenta “Projeções do Feminino”, um trabalho que consiste na exibição de um vídeo nas ruas e monumentos históricos da cidade, com obras, entre gravuras, fotografias e pinturas de mulheres da Amazônia.

A intervenção urbana chamada de videomapping ou mapeamento de vídeo é uma técnica de projeção inovadora. As imagens são reproduzidas nos edifícios, permitindo que “se dobrem” sobre a arquitetura na qual são exibidas.

“As obras mapeadas geram um efeito único, lúdico e iluminado nos espaços ocupados pelo projeto, ressignificando o trabalho das artistas e a cidade”, explica Roberta.

Trata-se de uma moderna intervenção urbana, capaz de ampliar o alcance dos trabalhos artísticos.  Além de Roberta Carvalho, compõem o projeto as artistas Flavya Mutran, Lúcia Gomes, Keyla Sobral, Lucie Schreiner, Paula Sampaio e a jovem amapaense JJ Nunes, que desenvolve trabalhos na área do desenho, arte de mural e grafite.

“Essa costura entre as artista cria um panorama da produção feminina amazônica contemporânea. Gerar esse movimento, ocupação, e estabelecer conexões entre as partes é um triunfo”, celebra. Para JJ, o intercâmbio com as artistas da região diz respeito ao desvendar da própria identidade. “Me sinto universal, mas de fato o ritmo de vida, a fauna, a flora, as mitologias afetam minha percepção de mundo, imaginário e criatividade”, completa.

O projeto já passou por Belém, no Pará e depois da apresentação em Macapá, segue para o estado do Acre no dia 25. “Projeções do Feminino” ganhou o prêmio Funarte Mulheres nas Artes Visuais de 2013.

Serviço:

“Projeções do Feminino”
Data: 25 de abril
Local: Largo dos Inocentes
Hora: 20h

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*