Artistas que se apresentarão no trajeto de passagem da tocha falam da expectativa para o momento

PMMtochachata

O presidente da Fundação Municipal de Cultura, Jansen Rafael da Silva, reuniu-se com os artistas de diferentes segmentos que irão se apresentar nos dois dias de evento de celebração da passagem da tocha olímpica por Macapá. Após repasses de orientações e informações sobre como se dará a programação e a assinatura do Termo de Compromisso, os artistas externaram a emoção de fazer parte deste momento singular. As manifestações culturais e artísticas estarão espalhadas por todo o percurso da tocha.

Nesta quinta-feira, 16, o símbolo olímpico será recepcionado com roda de Marabaixo e batuque no Aeroporto Internacional de Macapá pelo grupo Marabaixo da Juventude. Fábio Souza, presidente da associação, é considerado um dos mais jovens marabaxeiros da nova geração e já se tornou referência da cultura popular amapaense. Para ele, receber a tocha será intenso. “Estamos muito emocionados. É um evento de nível internacional e vamos mostrar nossa cultura para fora, os olhos de todo o mundo estarão voltados para Macapá, e no mesmo dia em que se comemora o Dia Estadual do Marabaixo. Sem dúvida será marcante”.

O cantor regional Amadeu Cavalcante se apresentará no receptivo em frente à sede da Prefeitura de Macapá. Ele também comemora a oportunidade de participar do evento. “É um momento único, pois é um evento mundialmente comemorado, disputado e confraternizado, e a gente está recebendo a tocha em nossa capital. A emoção é única para os artistas que irão participar e para as pessoas que irão conduzir a tocha. Vamos entrar para a história. É um momento muito importante em nossa carreira”.

Ainda na prefeitura, a programação conta, entre outras atrações, com a apresentação em conjunto dos grupos de teatro Fábrica de Artes da Imagem, Cia. Tucuju, Casa do Circo e Uma Trupe de Três. Segundo Débora Bararuá, integrante da Fábrica de Artes, a atração preparada para a passagem congregará linguagens múltiplas, com estátuas vivas, dança e circo. “Um evento com essa envergadura nos abre as portas para participarmos de outros eventos nacionais, de enriquecermos nosso portfólio e nos apresentar em editais de nível nacional. Vamos mostrar que os artistas locais têm competência, que somos qualificados e vamos festejar com a população”.

PMMtochachata2
Já a bailarina profissional Cleide Façanha, fundadora da premiada Graham Cia. de Dança, aprovou no edital uma proposta de cortejo cultural e, junto com ela, mais três grupos irão compor a Parada de Dança: Companhia Coaracy Nunes, Grupo de Dança Amigos da Toada e Companhia Aguinaldo Santos Corpo e Movimento. “Estamos felizes em poder participar da programação cultural da passagem da tocha. Levar um trabalho diferenciado, com base num jazz criado por Finéias Nelluty, privilegiando a nossa cultura. Vamos adaptar para mostrar o que temos de melhor, nossa arte com qualidade”. O grupo irá se apresentar nesta quinta, no monumento Marco Zero.

Serão 38 atrações culturais que vão animar a passagem, e as apresentações iniciam na véspera da chegada da chama olímpica. Nesta quinta-feira, 15, no complexo do meio do mundo, na área externa do monumento Marco Zero do Equador. A festa começa às 17h com teatro, literatura, exposições de artes visuais e artesanato, dança, música e quadrilha junina.

Rita Torrinha/Asscom Fumcult
Contato: 99189-8067


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *