As vezes na contramão, mas muito feliz!

                                                       Por Elton Tavares
Numa segunda-feira, depois de um dia de trabalho incrivelmente ameno, fui tomar um cerva com os amigos. A grata surpresa é ter gente legal que concorde com o devaneio de encarar um fim de dia, do primeiro da semana, tomando um breja com você. Pasmem, tem uma moçada que curte isso sim.

E porque não confraternizar e bater papo em uma segunda chuvosa? Já que todos teremos uma semana cheia de trampo. Fomos ao Norte das Águas, um dos bares mais ‘cults’ de Macapá. Tudo bem, pode ser politicamente incorreto tomar umas no primeiro dia da semana, mas se todos conseguem exercer suas atividades no dia seguinte, que mal tem?

Batemos papo, rimos e conversamos sobre política, comportamento, música e religião, enfim, consertamos o mundo a nosso modo. Hilário. Costumo dizer que cumpro meus compromissos profissionais e familiares, mas estou longe de ser santo e gosto disso.

Como dizia Raul: “Não quero mais andar na contramão”. E não ando, me reuni com pessoas inteligentes, responsáveis e com limites, mas que não seguem regras sociais impostas veladamente. Ótimo.

Então, sei que vocês não acham isso legal (afinal, todos julgam o comportamento alheio). Mas estamos todos ávidos por vida. Seja com sua família, par romântico ou, que é o caso, amigos.

Sim, amigos, a família que escolhemos (não que eu não goste dos meus familiares, eu os amo demais). Bom, esse papo todo é pra dizer que às vezes, “andar na contramão”, de acordo com parâmetros sociais, não é tão ruim assim. A minha semana começou bem, espero que a de vocês também. Abraços na geral!
  • Acredito piamente que o melhor meio de trabalhar é estar descansado! Dá pra encarar tudo mais fácil, né? Acho que vou tomar uma latinha a noite, antes de dormir, só pra ver se dá certo!! kkkk!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *