Assoreamento no Igarapé das Mulheres dificulta trabalho de pescadores e donos de embarcações

dessacoreamento

A Assembleia Legislativa aprovou nesta terça-feira, 5, o requerimento nº 417/2016, do deputado Pedro da Lua, que solicita a Secretaria de Estado dos Transportes (Setrap) que realize serviço de desassoreamento do Canal do Perpétuo Socorro.

Pescadores e donos de embarcações reclamam que estão enfrentando dificuldades para atracar ou sair do local conhecido tradicionalmente como Igarapé das Mulheres, no bairro Perpetuo Socorro. Segundo eles, é urgente o trabalho de desassoreamento do canal.

De acordo com Pedro DaLua, um dos principais problemas de Macapá, principalmente no inverno, é o assoreamento. Neste processo ocorre o acúmulo de lixo, entulho e outros detritos no fundo do rio. Com isso, o rio Amazonas passa a suportar cada vez menos água, provocando enchentes em épocas de grande quantidade de chuvas e dificultando o trânsito de embarcações. “Tem casos de a gente ter que vir a pé de tão seco que fica na beira do rio”, lamenta um pescador.dessacoreamento2

O último serviço de desassoreamento feito pela Secretaria de Estado dos Transportes (Setrap) ocorreu em 2013 e, mesmo assim, realizado de forma precária. Caso um novo serviço não seja realizado, o trecho do rio onde atracam embarcações ficará logo intrafegável.

Assessoria de Comunicação do Deputado Pedro da Lua
Texto: José Marques Jardim
Fotos: Maiara Pires

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *