Bancários do Amapá aderem à paralisação nacional nessa sexta-feira

O presidente do Sindicato dos Bancários do Amapá, Edson Gomes, anunciou na manhã desta quarta-feira (28) no programa LuizMeloEntrevista (DiárioFM 90.9), que todas as agências bancárias do estado vão fechar as portas nessa sexta-feira por causa da paralisação de advertência decretada pelos bancários em apoio ao movimento nacional deflagrado contra as reformas trabalhista e da previdência. Os bancários também protestam contra a tramitação de Projeto de Lei no Senado que prevê o funcionamento dos bancos aos sábados.

“Essa paralisação, por enquanto, é apenas de advertência, porque não poderíamos cruzar os braços diante dessas medidas tomadas pelo governo federal tirando direitos dos trabalhadores, em especial as reformas trabalhista e previdenciária; também estamos marcando posição contra um projeto de lei proposto por uma senador da Bahia que prevê a abertura dos bancos também aos sábados, sem nenhuma compensação salarial para isso, com o que não concordamos porque o trabalhador bancário já está muito sacrificado, trabalha muito, não ganha gratificação e hora extra. É importante destacar que a paralisação é nacional, com a participação de todas as categorias de trabalhadores”.

De acordo com Edson Gomes, os bancários são muito mal remunerados e a maioria não consegue se aposentar: “O salário do bancário em início de carreira é de R$ 1.541, mas a grande maioria trabalha em instituições particulares, que possuem elevada taxa de rotatividade justamente para evitar que arquem com os ônibus da aposentadoria, e substituem os mais antigos por mais jovens, com salários menores; a aposentadoria só é certa nos bancos públicos, mas assim mesmo o salário final chega no máximo a R$ 4 mil”.

Questionado sobre os prejuízos que a paralisação pode causar aos servidores estaduais e da prefeitura de Macapá, considerando que o movimento vai acontecer justamente no dia do pagamento dos salários do mês de junho, Edson Gomes contemporizou: “Na ultima greve do dia 28 de abril o governo do estado e a prefeitura de Macapá anteciparam o pagamento dos salários para o dia 27; a gente espera que este mês também ocorra essa antecipação. Além disso, grande parte da população, não vai à ‘boca do caixa’, na realidade a maioria faz transações em casa, através de computadores e também nos caixas eletrônicos”.

Fonte: Diário do Amapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *