Beth Pelaes anuncia compra de mais de 22 mil de doses da vacina Sputnik

A prefeita de Pedra Branca do Amapari, Beth Pelaes (DEM), informou, na manhã desta quinta-feira (18), que o governo municipal enviou proposta de compra da vacina russa Sputnik ao instituto russo Gamaleya, que produz a vacina em parceria com a farmacêutica brasileira União Química.

Para realizar a compra direta do imunizante, o Município de Pedra Branca se baseia na Lei 14.125/21, aprovada na última semana pelo Congresso Nacional, que dá autonomia para que os entes da Federação possam adquirir as vacinas, desde que as doses oferecidas pelo Ministério da Saúde sejam insuficientes para imunizar a população local.

A prefeita destacou, também, que “Pedra Branca reitera o compromisso com o Plano Nacional de Imunização (PNI), nos termos da lei. Assim, caso o Ministério da Saúde opte por assumir o contrato, não vamos nos opor. Caso não queira, vamos manter a compra”.

O imunizante ainda precisa de um aval da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para ser aplicado no Brasil. Para isso, é esperado que o laboratório União Química, que produzirá a vacina, faça o pedido de uso emergencial para a Anvisa.

Segundo a gestora, o município de Pedra Branca pretende adquirir 22.000 doses da vacina Sputnik. A proposta será enviada ainda nesta quinta-feira para a empresa russa, responsável pela fabricação do imunizante contra a Covid-19, e a expectativa é a de que a conclusão da compra seja efetuada e possibilite a entrega das doses ao município.

Assessoria de comunicação da Prefeitura de Pedra Branca do Amapari

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *