Beto Oscar e Helder Brandão lançam o CD “São Batuques” no Projeto MPA

site-nota-1024x680
Por Heraldo Almeida

‘São Batuques’ é um trabalho autoral dos dois artistas que abrange a música popular brasileira regional, com elementos do Batuque e do Marabaixo, ritmos típicos do Amapá. São ritmos e ritos das comunidades quilombolas amapaenses. Uma produção que exalta a riqueza poética e melódica de nossas manifestações folclóricas, que influenciaram os autores pelos sons dos tambores de Batuque e Marabaixo e, sobretudo pela mística sonoridade amazônica, pautada nos sons da floresta.

Beto Oscar e Helder Brandão estilizam e fundem os ritmos tradicionais amapaenses e amazônicos, partindo do principio que: “o regional é universal”, pois a música é linguagem sem fronteiras. Assim musicalidade da dupla traz no bojo dos seus acordes uma sonoridade “new age”, com influências místicas e caboclas, de olhar sereno e atento a manutenção e valorização das tradições frodescendentes e do cancioneiro popular.

Beto Oscar nasceu em 11 de janeiro de 1971. É instrumentista, cantor e compositor amapaense. Iniciou os seus estudos musicais no antigo Conservatório Amapaense de Música, concluiu o curso técnico em violão erudito pela escola de música da Universidade Federal do Pará, e graduou-se em licenciatura plena em Música pela Universidade do Estado do Pará. Já participou de vários festivais de músicas no Amapá e em outras cidades brasileiras, com diversas conquistas.

14440756_10210747326989013_8556760327300905527_n

Helder Brandão é cantor e compositor amapaense, com formação no curso de Licenciatura Plena em Letras pela Universidade Federal do Amapá, atualmente exerce a função de músico na Banda de Música da Polícia Militar do Amapá, participante como compositor e interprete, de diversos festivais em nível local e nacional.

O show de lançamento do CD São Batuques vai acontecer dentro do Projeto MPA, nesta sexta-feira, 30, no bar ‘O Barril’, esquina da avenida Procópio Rola com a rua Hamilton Silva – Centro, às 21h.

Artistas convidados especiais: Amadeu Cavalcante, Nitay Santana, João Amorim, Roni Moraes e Joãozinho Batera.

Fonte: Diário do Amapá

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*