Biossegurança é tema de palestra no MP-AP visando a prevenção à Covid-19 no retorno às atividades presenciais

Orientações sobre biossegurança e os cuidados no retorno das atividades presenciais no Ministério Público do Amapá (MP-AP) foi o tema da palestra proferida na última sexta-feira (24), por meio de videoconferência, pelo professor, Mestre em Ciências Farmacêuticas e doutor em Engenharia Biomédica, Patrício Almeida. A live foi direcionada aos membros e servidores da instituição e promovida pela Procuradoria-Geral de Justiça, por meio do Setor de Saúde Ocupacional e Qualidade de vida do MP-AP.

Com mediação dos Assessores Técnicos da PGJ, José Villas Boas e Carla Pena, a atividade virtual faz parte do Plano de Retomada Gradual das Atividades Institucionais nº 001/2020, e tem como objetivo preparar os trabalhadores para os novos cuidados que devem ser tomados, a partir dos procedimentos de prevenção recomendados pelas autoridades de saúde e adotados pela Instituição.

O epidemiologista introduziu sobre os principais temas que englobam o vírus, e com base na Recomendação na Organização Mundial da Saúde (OMS) explicou como se dá todo o processo de transmissão e quais medidas devem ser tomadas para evitar a contaminação; a importância dos cuidados pessoais; medidas preventivas que devem ser implementadas nos locais de trabalho; e, destacou a importância do engajamento educativo-social para ajudar no combate da disseminação do vírus. Na oportunidade, ressaltou a relevância da testagem para identificar os indivíduos que estão positivados, e assim mantê-los em processo quarentena para evitar a incidência de novos casos.

O MP-AP continua trabalhando efetivamente na testagem em membros e servidores, por meio do Setor de Saúde Ocupacional, no intuito de reforçar os cuidados para o retorno gradual das atividades, sempre adotando as providências necessárias para cuidar da saúde dos profissionais que atuam no órgão ministerial.

Ao finalizar, o pesquisador tirou dúvidas dos participantes e reafirmou a importância do atendimento clínico precoce, recebeu mensagens positivas dos presentes, pela trajetória, trabalho realizado e pela esclarecedora palestra. Participaram a presidente da Associação dos Servidores do MP-AP (Assemp), Telma Freitas, o diretor do Sindicato dos Servidores do MP-AP (Sindsemp/AP), Elton Correa, além de membros e servidores.

“Excelente palestra e explicação, até porque estamos em declínio nessa contaminação e as pessoas têm que ter consciência que existe um novo normal”, contribuiu a corregedora geral do MP-AP, Estela Sá, parabenizando pelo evento.

Nas considerações finais, Villas Boas e Carla Pena agradeceram a participação de todos e do especialista pela contribuição, destacando o trabalho realizado em prol da sociedade amapaense.

Sobre o palestrante

Possui Doutorado em Engenharia Biomédica pela Universidade Brasil (CAPES 4); Mestre em Ciências Farmacêuticas(2016) pela Universidade Federal do Amapá(PPGCF/UNIFAP); Especialização em Epidemiologia pela Universidade Federal do Amapá(2012). Foi presidente do Conselho Municipal de Saúde de Macapá(2013-2014); membro do Comitê Gestor das Hepatites Virais- MS/BRASIL; chefe da Divisão de Epidemiologia do Governo do Estado do Amapá- (2011-2013); responsável técnico pelo Grupo de Enfrentamento de Ebola no Estado do Amapá; dentre outros cargos, e atualmente é docente da Faculdade Meta.

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Coordenação: Gilvana Santos
Texto: Halanna Sanches
Contato: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *