Boletim oficial 13/05, às 14h30: Amapá tem 3.005 casos confirmados de coronavírus; em Macapá são 1.990 casos e 94 óbitos em decorrência do Covid-19 #FicaEmCasa

O Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COESP) traz novo relatório com dados sobre o Covid-19 no Amapá trazendo 95 novos casos confirmados, sendo 24 em Macapá, 27 em Santana, 18 em Laranjal do Jari, 01 em Oiapoque, 11 em Porto Grande, 03 em Serra do Navio, 03 Vitória do Jari, 01 em Tartarugalzinho, 04 em Ferreira Gomes e 3 em Calçoene.

Também há o registro de 8 óbitos ocorridos entre os dias 28 de abril e 13 de maio. Em Macapá, 3 homens, um de 36 anos (com doença respiratória crônica), 72 e 79 anos (ambos sem comorbidades). E uma mulher de 76 anos (cardíaca e diabética). Em Laranjal do Jari, três homens: um de 56 anos (sem comorbidades), outro de 44 ano (sem comorbidades) e o outro de 75 anos (diabético). Em Porto Grande, um homem de 86 anos com comorbidade relacionada a hipertensão.

Painel geral de casos pelo COVID-19:

Casos confirmados: 3.005 (sendo 1.990 em Macapá, 461 em Santana, 07 Calçoene, 30 em Cutias do Araguari, 10 em Ferreira Gomes, 09 em Itaubal, 204 em Laranjal do Jari, 45 em Mazagão, 57 em Oiapoque, 43 em Pedra Branca, 57 em Porto Grande, 01 em Pracuúba, 35 em Serra do Navio, 11 em Tartarugalzinho, 39 em Vitória do Jari e 06 no município de Amapá).

Recuperados: 862
Óbitos: 94

Casos confirmados hospitalizados: 108 total
Sistema público: 60 (26 em leito de UTI / 34 em leito clínico)
Sistema privado: 48 (25 em leito de UTI / 23 em leito clínico)

Isolamento domiciliar: 1.941
Em análise laboratorial: 5.418
Descartados: 3.276

Informações sobre casos suspeitos declarados pelos municípios:

Macapá: 3.690
Santana: 923
Laranjal do Jari: 315
Mazagão: 285
Oiapoque: 151
Pedra Branca do Amapari: 59
Porto Grande: 134
Serra do Navio: 47
Vitória do Jari: 138
Itaubal: 21
Tartarugalzinho: 61
Amapá: 53
Ferreira Gomes: 29
Cutias do Araguari: 69
Calçoene: 36
Pracuúba: 0

Total: 6.011

Casos suspeitos hospitalizados: 167

Assessoria de comunicação do GEA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *