Breve resenha do show “Psicomusical”, apresentado ontem (7), no Teatro das Bacabeiras

Sou fã de Renato Russo, Raul Seixas e Cazuza. Nessa ordem mesmo. Ontem (7), o psicólogo, produtor cultural, músico e cantor pernambucano Samuca Luna, apresentou o show “Psicomusical”, com projeções, poemas, músicas e muita curiosidades sobre os três saudosos ícones do Rock Nacional. Foi muito legal!

Carregado de memória afetiva e mensagens bacanas sobre a vida, em alguns momentos, o show mexeu com os sentimentos do público. Em 2017, assisti o show “Cronovisor: Renato Russo, de corpo e alma”, também de Samuca, no mesmo local e igualmente porreta!

Em Psicomusical, Samuca Luna pontuou fases do psicológico dos três artistas, que resultaram em canções, todas sucesso de crítica e público. O psicólogo e músico descreveu a luta, os conflitos internos, vícios, medos e angústias de Renato, Raul e Cazuza que viraram música, tudo com som e imagem.

O projeto, visto por quase 30 mil pessoas em 8 países e todos os estados brasileiros (neste mês de março rolou em Belém (PA) e aqui, no meio do mundo, é premiado, pois venceu o concurso “Venda Seu Peixe”, do Banco Santander.

Além disso, Psicomusical foi indicado pela Revista Galileu com o projeto Musicalizando, entre os 10 melhores do mundo.

Quando o cara tocou “Vento no Litoral” e “Só por hoje” então, foi Phoda! A apresentação abriu gavetas da minha memória afetiva.

Eu queria que todos os meus amigos estivessem ali, ontem. Ainda bem que a jornalista e queridona por mim, Cíntia Souza, tava lá comigo. Enfim, foi tudo dentro de um feliz esquema de projeções e canções à altura da beleza do conteúdo musical, poemas e muita criatividade. Simples e bem produzido ao mesmo tempo. É foi assim.

Elton Tavares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *