Cabaré Fora do Eixo – Amapá

O Cabaré Fora do Eixo é um espetáculo de artes integradas (teatro, circo, performances, música, dança, literatura e outros), onde cada artista ou grupo apresenta um numero de 5 a 15 minutos.

Esta iniciativa já vem sendo discutida desde o início do ano entre os agentes do PFdE no Amapá e convidados do segmento, estas conversas resultaram no Cabaré Experimental realizado em março na Casa Fora do Eixo – Amapá (CAFE/AP), atividade avaliada muito positiva e  fortaleceu a ideia do Cabaré Fora do Eixo Amapá que será realizado no dia 4 de maio integrado à plataforma dos demais cabarés do circuito nacional.  

O projeto funciona em diversos pontos do Brasil como uma plataforma de intercâmbio e circulação de artistas nacionais e internacionais. É uma das ações estratégicas do Palco Fora do Eixo (PFE) que cria possibilidades de dialogo e realização de ações integradas entre as diversas manifestações culturais.

O primeiro Cabaré Fora do Eixo trás o tema “Todas as formas de amar”,  uma proposta bem diversificada com música, artes cênicas, stand up, instalações, performances, vídeo dança; o mais interessante é que a maioria das propostas para este primeiro Cabaré são experimentações dos produtores locais a serem apresentadas pela primeira vez ao público.

Programação:

“DESENCANA II”  (Movimento Cultural Desclassificáveis)
Espetáculo baseado no conto “Dama da Noite” de Caio Fernando Abreu onde um travesti solitário conversa com um ser imaginário sobre sua vida.

“FORMAS DE AMOR” (Cia. Theatral Tucuju)
Intervenção teatral, performática e poética, baseada em textos de Robert Sternberg, Augusto Vinicios, Luiz Vaz de Camões e Plínio Marques, onde os personagens, através de manifestações em seus corpos, se expressam através de formas de amor, formas de amar (temática do evento). Cada personagem convive em um mundo diferente, mas estes se juntam com a proposta de fortalecimento do amor pela arte.

“VERTIGEM” (Movimento Cultural Desclassificáveis)
O espetáculo é uma leitura corporal do experimento musical “Tem Deck?” de Otto e Pepeu Ramos


“MORENA EU QUERO CHÁ” (Cia. BemTeVi)
Intervenções poéticas apresentadas no decorrer da programação. Nela os atores entram em cena tomando chá e assim permanecem até o fim, também realizando declamações de textos (de amor, sensuais e eróticos) de Kássia Modesto.

“UM POUCO DE NÓS” (Cia.Supernova)
Instalação-performance que retrata o artista e “fazedores de cultura”. A proposta reutiliza diversos materiais como papel, tecidos, madeira, sobras de cenários, luminárias. E os perfomes interagem com a instalação e com o público presente.

STAND UP COMED: “OS PIORES DO MUNDO” (Grupo Eureca)
Os humoristas Joca Monteiro, Jean Nogueira e Helienson Miranda causam boas gargalhadas.

MÚSICA
“MINI BOX LUNAR”
“TEM DECK?”

VÍDEO-DANÇA
Pré-lançamento da 2ª MIVA-Mostra Internacional de Vídeodança na Amazônia com: “AUTOPSY EROS”

Serviço:

CABARÉ FORA DO EIXO – AMAPÁ

LOCAL: CASA FORA DO EIXO AMAPÁ (CAFE/AP) [Av. Henrique Galúcio, 820. Centro]
Data: 04 de maio (Sexta-Feira) às 19h
Ingresso: 1 utensílio de cozinha para a CAFE/AP
Temática: “Todas as formas de amar”
Classificação indicativa: 16 anos

Realização:
Palco Fora do Eixo Amapá
Casa Fora do Eixo Amapá
Coletivo Palafita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *