Caesa traça medidas para evitar acúmulo de lixo na área da “Caesinha”

visita-caesinha

Em visita a área pertencente à Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa), localizada no bairro Perpétuo Socorro, em Macapá, a diretoria da Caesa definiu, em conjunto com a Associação de Moradores do bairro, as medidas que serão tomadas para evitar ocorrências de acúmulo de lixo no entorno.

A área, popularmente conhecida como “Caesinha”, foi inicialmente, na década de 80, utilizada para a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto. “Atualmente, faz parte do projeto que está sendo elaborado para futuras obras de universalização do esgoto da cidade de Macapá. Será utilizada para a construção de uma Estação Elevatória de Esgoto”, informou Valdinei Amanajás, diretor-presidente da Caesa.

Um dos problemas é o acúmulo de lixo que é formado ao redor da Caesinha e que, muitas vezes, não é gerado por moradores do Perpétuo Socorro. “Já vi moradores de outros locais despejando grande quantidade de lixo, restos de ossadas de animais, diferentes tipos de entulhos. É necessário que a população se conscientize que não seja despejado o lixo na área”, explicou Magno Pantoja, presidente da Associação de Moradores do Perpétuo Socorro.

Amanajás informou que, em 15 dias, a Caesa iniciará o processo licitatório para a contratação de uma empresa para a construção de um muro para proteger o local. Os trabalhos devem começar no mês de setembro.

O diretor-presidente também pontuou sobre a importância das denúncias feita pelos moradores para delatar quem joga o lixo na área. “Contamos com a colaboração dos moradores para que a área continue limpa. Tanto Prefeitura Municipal de Macapá como Governo do Estado se empenham em deixar a área sem o lixo, mas pedimos a ajuda da comunidade, denunciando”, informou.

Os moradores podem ligar ou mandar mensagem, via aplicativo Whatsapp, para o número 98801-3947 e denunciar, à Ouvidoria da Caesa, quem joga lixo no local. “Estaremos enviando as informações à polícia para processar, criminalmente, os que jogarem lixo na área”, finalizou Amanajás.

Clauriana Costa
Assessoria de Comunicação – Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa)
Contato: (96) 98126-7947 (TIM – whatsapp) / 98801-8890 (Oi – corporativo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *