Campanha de Vacinação contra Gripe já imunizou 15 mil pessoas e segue cronograma para crianças e idosos

O Município de Macapá iniciou a Campanha de Vacinação contra a Gripe, no último dia 16 de abril, e segue com cronograma por grupos prioritários. O primeiro público-alvo a ser atendido foi o dos profissionais de saúde, que tiveram até 27 de abril para procurar uma unidade e se vacinar. Durante esse período, foram aplicadas 15.588 doses da vacina.

Mais dois grupos começaram a ser atendidos nas Unidades Básicas de Saúde. São bebês a partir de seis meses, crianças menores de cinco anos e idosos a partir de 60 anos de idade. Eles têm até 11 de maio para se vacinar. Este ano, o Município tem a meta de imunizar 91.181 pessoas. Destes, 38 mil são crianças e 28 mil idosos.

“São os dois maiores grupos preconizados pelo Ministério da Saúde para receber a vacina, que está disponível em todas as unidades de saúde até as 17h, e logo em seguida teremos o dia D de vacinação para alcançar o maior número de pessoas vacinadas”, destaca a coordenadora de Imunização, Jorsette Cantuária.

Além deles, a vacina é disponibilizada para gestantes, puérperas (mulheres que tiveram filhos nos últimos 45 dias), pessoas com doenças crônicas, povos indígenas, professores de escolas públicas e privadas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais deverão apresentar documentos como laudo médico, receita, carteirinhas dos programas de saúde, prescrição médica ou outro documento que comprove a sua condição clínica para receber a vacina. Crianças a partir de seis meses que nunca foram imunizadas contra a Influenza precisam receber duas doses, com intervalo de 30 dias entre elas.

Confira o cronograma:

16 a 27 de abril – trabalhadores da Saúde;
30 de abril a 11 de maio – crianças de 6 meses a menores de cinco anos, indivíduos com 60 anos ou mais;
14 a 18 de maio – gestantes, puérperas, povos indígenas;
21 a 25 de maio – professores, profissionais do sistema prisional, população privada de liberdade e adolescentes de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas;
28 de maio a 1º de junho – portadores de doenças crônicas;
12 de maio – Dia D de Mobilização Nacional;
30 de maio a 1º de junho – 2ª dose das crianças.

Jamile Moreira
Assessora de comunicação/Semsa
Contato: 99135-6508

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *