Campanha pede instrumentos para orquestra de projeto social no Amapá

o1

Por Febiana Figueiredo

A Orquestra Essência, fruto de um projeto social no Amapá, lançou uma campanha que objetiva “adotar” o grupo musical. A ideia é encontrar pessoas que façam doação de instrumentos para os músicos da orquestra, que chega a ministrar aulas para 1,2 pessoas por mês, em Macapá.

O Sistema de Bandas e Orquestras do Amapá está começando a montar novos núcleos que ensinam a música erudita em áreas de periferia das cidades amapaenses. Para continuar com o projeto, é necessário proporcionar os instrumentos aos novos alunos.

De acordo com o diretor da Associação Educacional e Cultural Essência (Aece) e maestro da orquestra, Elias Sampaio, o município de Pedra Branca do Amapari é o segundo município a receber o projeto social; em Macapá, havia 10 núcleos em funcionamento, mas atualmente somente um funciona. Ainda há projetos para instalar núcleos em Cutias do Araguari e Serra do Navio.

“Há muitos alunos qo11ue estão chegando em um nível de musicalização que precisam dos instrumentos e não os têm. E atualmente não temos patrocinadores para nos fornecer os instrumentos”, explicou Sampaio.

Segundo o maestro, são contabilizados cerca de 250 atendimentos por semana na orquestra, e aproximadamente 1,2 mil por mês. O projeto é o mesmo que criou a primeira orquestra quilombola do Brasil, que faz parte da Orquestra Regional de Jovens da Amazônia, que proporciona intercâmbio com a Guiana Francesa, entre outras ações.

Para “adotar” a Orquestra Essência basta procurar a coordenação do projeto pelos números (96) 99112-9005, 98803-3686 ou 98117-3401, ou pelo e-mail educar.essencia@gmail.com.

Fonte: G1 Amapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *