Carnaval 2020: foliões aguardam ansiosos o Desfile das Escolas de Samba em Macapá

A típica frase “O ano só começa depois do carnaval” traduz bem o grau de expectativa para essa festa que atrai olhares de diferentes idades. Aquele grito: “É carnaval”, silenciado por quatro anos, já pode ser ouvido em diversos cantos da capital amapaense. O resgate da folia reflete no sorriso de quem curte o carnaval.

A poucos dias do tão esperado espetáculo, brilho, plumas, paetês, uma miscelânea de cores, contos e olhares toma conta da pequena Macapá, que esbanja e expressa as particularidades de nossa construção cultural. Nesse evento, percebe-se como que em um mosaico, o rosto de índios, escravos, brancos e caboclos, uma mistura que dá ao brincante o tom e a alegria que o faz “brilhar” no cenário da folia.

“É no carnaval que expressamos nossa cultura sem perder nossa identidade. Sou apaixonada pela festa e quando a prefeitura anunciou o resgate do desfile oficial fiquei muito feliz, e já estou preparada para desfilar em três escolas”, diz a professora Raucy Paixão. E em meio a beleza dos sons, confetes e serpentinas, que sempre fazem parte dessa celebração, os brincantes se preparam para o espetáculo de arte e sensibilidade que as agremiações prometem nos próximos dias.

“Aqui em casa todo mundo ama o carnaval. A gente vive essa folia. Estou participando de todos os eventos que acontecem na cidade, mas a expectativa maior mesmo é para o desfile das escolas, nos dias 21 e 22, no meio do mundo” ressalta a publicitária Claudia Gomes. “Em 2014, último ano que teve carnaval em Macapá, eu saí na minha escola do coração, Piratas da Batucada. Depois disso só acompanhei a festa de outros estados, exibida pela TV”, fala a técnica em enfermagem Lucia Maia.

“Eu amo o carnaval, nasci no mês de fevereiro e festejo meu aniversario durante o mês todo com muito samba e diversão. Esse resgate da festa foi um presente para o povo amapaense e sei que, além de mim, centenas de foliões irão prestigiar a festa”, finaliza Lucia.

Confira a ordem dos desfiles:

21/2 – Sexta-feira: primeira noite

Grupo de Acesso:

1ª Escola: A. R. E. S Império do Povo – 22h às 23h20

2ª Escola: G. R. E. S. Emissários da Cegonha – 23h35 à 0h55

Grupo Especial:

3ª Escola: A. R. I. S. Solidariedade – 1h10 às 2h30

4ªEscola: G. R. E. S. Piratas Estilizados – 2h45 às 4h05

5ª Escola: U. S. Boêmios do Laguinho – 4h20 às 5h40

22/2 – Sábado: segunda noite

Grupo de Acesso:

1ª Escola: A. C. E. S. Cidade de Macapá – 22h às 23h20

2ª Escola: E. S. M. I. Império da zona Norte – 23h35 à 0h55

Grupo Especial:

3ª Escola: G. R. C. A. S Unidos do Buritizal – 1h10 às 2h30

4ª Escola: G. R. E. S. Maracatu da Favela – 2h45 às 4h05

5ª Escola: A. R. C. Piratas da Batucada – 4h20 às 5h40

Investimento

A realização do desfile é da Prefeitura de Macapá, Liesap e iniciativa privada, com apoio do senador Davi Alcolumbre. O evento conta também com recurso de emenda parlamentar do deputado federal Vinícius Gurgel. A festa conta ainda com apoio do Governo do Estado.

Mônica Silva
Assessora de comunicação/PMM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *