Sesc realiza capacitação audiovisual

O Sistema Fecomércio AP, por meio do Serviço Social do Comércio (Sesc), realiza capacitação audiovisual com a proposta “EXPERIÊNCIA AUDIOVISUAL CULTURA E MERCADO NA PRÁTICA”, ministrado por Cezar Augusto Azevedo Moraes. A oficina ocorrerá na unidade do Sesc Araxá, no período de 03 a 07 de junho. Serão ofertadas duas turmas, sendo 20 vagas pela manhã, 08h às 14h e 20 vagas à tarde, 14h às 18h.

Durante a oficina, Cezar Augusto, conduzirá os alunos a etapas do fluxo de produção audiovisual, utilizando técnicas existentes e aplicando na prática os conhecimentos adquiridos; e assim produzir peças audiovisuais, criando conteúdos para diferentes plataformas disponíveis no mercado.

O projeto capacitação audiovisual garante capacitações contextualizadas que subsidiem conhecimentos sobre como desenvolver competências de modo a permitir que no cumprimento das suas funções estejam contempladas as dimensões técnicas, para a ampliação de conhecimentos dos produtores independentes e assim, estimular a produção de filmes, que são igualmente importantes e imprescindíveis ao desenvolvimento e fortalecimento da linguagem audiovisual.

Serviço:

Capacitação audiovisual Inscrições: Setor de Cultura
Local: Sala de audiovisual, na unidade do Sesc Araxá, Rua Jovino Dinoá, Nº 4311, Beirol
Data: 03 a 07/06 Hora: 08h às 12h – 1º turma (Vagas) 14h às 18h – 2º turma (Vagas)
Investimento: 1 kg de alimento não perecível

Coordenadoria de Comunicação e Marketing do Sesc Amapá
E-mail: [email protected]
Fone: (96)3241-4440 (ramal 235)

Congresso de quadrinhos irá reunir pesquisadores da região norte

 


Acontece de 6 a 8 de junho, no Sebrae, o II Aspas Norte – congresso de quadrinhos da região norte. O evento é organizado pela Associação de Pesquisadores em Arte Sequencial – ASPAS – e este ano acontece dentro de um evento maior, o III Comertec.

O I Aspas Norte aconteceu em outubro do ano passado, na Unifap e na Biblioteca Pública Elcy Lacerda, e contou a apresentação de 16 trabalhos acadêmicos sobre quadrinhos de pesquisadores do Amapá e do Pará.

Este ano, além das apresentações de trabalhos haverá uma oficina sobre roteiro para quadrinhos ministrada pelo roteirista Gian Danton.

Para inscrever o trabalho, basta o resumo da apresentação – o artigo completo será enviado posteriormente. O edital pode ser lido no site: https://www.comertec.org/gt-s.

As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de maio através do endereço https://www.comertec.org/eventos. O valor da inscrição é dois quilos de alimentos não perecíveis ou dois quilos de ração.

SERVIÇO

II Aspas Norte
De 6 a 8 de junho
Edital: https://www.comertec.org/gt-s.
Inscrições até o dia 31 de maio através do endereço: https://www.comertec.org/eventos

Poema de agora: A RIMA DOS CONDENADOS (*) – Sílvio Leopoldo Lima Costa (**) – Contribuição de Fernando Canto

A RIMA DOS CONDENADOS

A rima dos condenados
É a rima de mangue sangue
Rimando com o bangue bangue
Dos homens desajustados.
A rima dos condenados
É a rima dos enfermos
Suspirando os últimos termos
Nos leitos desenganados.


A rima dos condenados
É a rima dos patíbulos
Rimando com os prostíbulos
Dos seios dilacerados.
A rima dos condenados
É a rima dos dementes,
Dos velhos, dos indigentes,
Pelos seus abandonados.
A rima dos condenados
É a rima de Hiroshima
Que por si já traz a rima
Dos eternos mutilados.
Rimará custo de vida
Com os bolsos defasados
Rimará pena de morte
Com a sorte dos humilhados.


Rimará punhal agudo
No peito do desafeto,
Rimará censura e veto
E o medo me deixa mudo.
Rimará o amor traído
Rimará muita descrença,
Rimará o céu de juízo
E a discriminada sentença.
Rimarão filhos da fome
Os corrompidos e os viciados


Que a rima dos condenados
É tudo o que nos consome.
É tudo o que se afigura
A nos pungir, revoltados,
A senha da desventura!
A rima dos condenados!

Sílvio Leopoldo Lima Costa

 

(*) Da Antologia “Poetas Brasileiros de Hoje”, Ed. Shogun Arte, Rio, 1982.
(**) Poeta amapaense, autor de “Lira Ligeira” e “Poemas do Fundo da Gaveta”, entre outros.
(***)Contribuição de Fernando Canto

Sesc AP realiza o lançamento dos DVDs da Mostra de Música SESCANTA com homenagens aos artistas amapaenses

O Sistema Fecomércio, por meio do Sesc Amapá realiza hoje (24), às 20h, no Sesc Araxá, o lançamento dos DVDs da 14ª e 15ª edição da Mostra de Música Sescanta Amapá, que foram gravados respectivamente em 2017 e 2018 .

Na noite, os artistas amapaenses que participaram das edições serão homenageados com a imortalização de suas obras através do registro em DVD das mostras Sescanta Amapá 14ª e 15ª edição. Como atração principal, a banda Casa Nova irá conduzir a cerimônia, transformando a noite em um momento especial de homenagens e valorização da cultura musical amapaense.

Compositores que participaram da 14ª Mostra: Ademir Pedrosa & Dilean Monper; Alan Gomes; Augusto Oliveira & Cássio Pontes; Enrico Di Miceli & Joãozinho Gomes; Nice Sales & Sandoval Júnior; João Amorim; Osmar Júnior; Sabrina Zahara; Wellem Silva; Willian Cardoso interpretado por Deize Pinheiro.

15ª Mostra: Alan Gomes; Amadeu Cavalcante & Wilson Cardoso; Brenda Melo; Carla da Silva; Cássio Pontes; Franck Yoleno Cardoso; Josivaldo Santos; Mayara Braga; Nice Sales; Nitai Santana; Nonato Santos; Osmar Júnior; Sabrina Zahara; Dímisson Monper; Willian Cardoso.

Sobre o Projeto Sescanta Amapá:

O Projeto Sescanta representa uma das mais conhecidas Mostra de Música realizada no Estado, tornando-se um campo fecundo ao desenvolvimento da atividade musical do Amapá, num intenso diálogo cultural em que se semeia o encontro entre os diversos seguimentos artísticos, através da participação de poetas, músicos, intérpretes, estudantes e pessoas ligadas à arte de modo geral.

Tendo como proposta valorizar os compositores, músicos, intérpretes e grupos musicais do Estado, capacitando-os e fomentando o surgimento de novos artistas no cenário local. A Mostra de Música Sescanta, desde a sua concepção, incentiva as produções locais e possibilita que o artista busque capacitação, com vistas ao aprimoramento dos
produtos culturais e fomento da cultura regional, de forma a possibilitar a concepção de novas músicas que poderão vir a ser prestigiadas além das fronteiras do Estado.

Serviço:

SESCANTA AMAPÁ
Entrada franca
Local: Rua Jovino Dinoá, Nº 4311 Data: 24/05
Hora: 20h

Coordenadoria de Comunicação e Marketing do Sesc Amapá
E-mail: [email protected]
Fone: (96)3241-4440 (ramal 235)

MP-AP participa de promoção e formatura de Policiais Militares no Comando Geral da PM/AP

O assessor especial da Procuradoria-Geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), promotor de Justiça João Furlan, representando a procuradora-geral de Justiça, Ivana Franco Cei, participou nesta sexta-feira (24), no Quartel do Comando-Geral da Polícia Militar do Estado (PM/AP), da formatura de 245 PM’s dos cursos de Aperfeiçoamento de Sargentos, Especial de Aperfeiçoamento de Sargentos e Especial de Habilitação de Oficiais.

Na mesma solenidade, 92 policiais militares foram promovidos. A ação consiste em ascensão funcional e reforço no efetivo da instituição no combate à criminalidade. Também estiveram no evento o chefe do Gabinete Militar do MP-AP, coronel Jackson Silva.

De acordo com o comandante da PM/AP, coronel Paulo Matias, o treinamento habilitou os alunos em conhecimentos técnico-profissionais necessários para o desempenho de suas futuras funções. Na ocasião, foram entregues medalhas para militares e personalidade civis, bem como oficiais e praças da PM/AP foram promovidos.

O promotor de Justiça ressaltou seu respeito pela PM/AP, bem como a missão institucional da Corporação. João Furlan enfatizou que o MP-AP está à disposição para orientar os policiais caso seja necessário e parabenizou os formandos pelo crescimento profissional.

“Essas medidas capacitam e promovem a valorização do profissional. Desta forma, o policial fica motivado para trabalhar na redução dos índices de criminalidade no Amapá e quem ganha com isso é a sociedade. Parabéns aos formandos e à administração da PM/AP pela gestão”, comentou a promotor de Justiça.

Participaram do evento o governador do Amapá, Waldez Góes; vice-governador do Amapá, Jaime Nunes; o titular da Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp), coronel Carlos Corrêa; o comandante da 22° Brigada de Infantaria de Selva, general Luiz Gonzaga Viana Filho; o comandante do Comando de Fronteira Amapá/34º Batalhão de Infantaria de Selva, tenente coronel Gelson de Souza; secretários de Estado, servidores do GEA, imprensa e sociedade civil organizada.

SERVIÇO:

Elton Tavares
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Sábado tem retirada de mastros no Curiaú para continuar a tradição do Ciclo do Marabaixo

A devoção à Santíssima Trindade continua neste final de semana na Favela, no barracão da Gertrudes Saturnino, com a saída para o ritual do corte do mastro no Curiaú e roda de marabaixo no final da tarde de sábado, 25. Esta programação integra o calendário do Ciclo do Marabaixo 2019, realizado por quatro núcleos de famílias tradicionais de Macapá e um da zona rural, em homenagem à Santíssima e Divino Espírito Santo. O Ritual do Corte dos Mastros será às 8:30, seguido de almoço. A roda de marabaixo inicia às 17h.

O Ciclo do Marabaixo na Favela, chamado atualmente de bairro Santa Rita, iniciou no Sábado de Aleluia com o Marabaixo da Aceitação, quando devotos e público em geral participaram da roda ao som de caixas, versos e “ladrões” tradicionais, na casa da família Costa, de onde descende a família das falecidas Gertrudes e Natalina, pioneiras do Amapá. A Santíssima Trindade, simbolizada pela coroa com o planeta e a pomba, e enfeitada de fitas, foi para o altar de consagração, dando continuidade à tradição das famílias descendentes de negros do início do povoamento de Macapá.

Neste sábado, todos os grupos de marabaixo e familiares que festejam o Ciclo do Marabaixo seguem para o quilombo do Curiaú onde o ritual do corte dos mastros é realizado. Os participantes dos festejos do barracão de Gertrudes Saturnino, por aderirem às campanhas de conscientização ambiental, não cortam mais os mastros que são utilizados até o final do Ciclo do Marabaixo, mas participam do ritual e fazem a reposição de mudas de vegetais para substituir as que são derrubadas.

“Continuamos a tradição de nossos ancestrais, mas tivemos que nos adequar para garantir a sobrevivência de nossa cultura, uma vez que, com o crescimento da cidade, nosso barracão ficou imprensado entre prédios residenciais e comerciais, e a vizinhança mudou, muitos não conhecem as tradições, mas fazemos questão de manter o respeito, e obedecer as leis ambientais. Por este motivo trabalhamos a educação ambiental com os participantes e só soltamos fogos cedo da noite, mandamos fazer um mastro artificial e replantamos os que são retirados”, afirma Vadinete Costa.

No final da tarde deste sábado, a partir das 17h, o barracão estará aberto para a roda de marabaixo, com a distribuição de gengibirra e caldo. O encerramento é à meia-noite. A programação na Favela em devoção á Santíssima Trindade continua dia 7, com as ladainhas, até dia 15 de junho; Marabaixo da Santíssima, dia 9, de 16h às 7h do dia seguinte. No Domingo da Santíssima, 16, inicia com café da manhã, missa, almoço dos Inocentes, baile social e roda de marabaixo; no dia 20, tem Marabaixo de Corpus Christi e dia 23, o Ciclo do Marabaixo encerra com a derrubada dos mastros.

O barracão da Gertrudes Saturnino está localizado na avenida Duque de Caxias, entre Manoel Eudóxio e Professor Tostes.

Mariléia Maciel
Assessoria de Comunicação

MP-AP cede salas da Promotoria de Justiça de Laranjal do Jari à SESA para atendimentos no município

Na manhã desta sexta-feira (24), na sala de reuniões da Procuradoria-Geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP) – Promotor Haroldo Franco, foi celebrado um Termo de Cooperação Técnica entre o MP-AP e a Secretaria de Estado da Saúde (SESA). A medida consolida a cessão de um espaço no prédio anexo da Promotoria de Justiça de Laranjal do Jari, onde a SESA utilizará três salas do imóvel para atender crianças e adolescentes que possuem Transtorno do Espectro Autista (TEA) no município.

O documento foi assinado pela procuradora-geral de Justiça do MP-AP, Ivana Lúcia Franco Cei, e pela secretária de Estado da Saúde, em exercício, Clélia Gondin. O evento contou com a participação da titular da Promotoria de Justiça de Laranjal do Jari, promotora de Justiça Samile Alcolumbre Brito.

De acordo com a promotora de Justiça, a ação otimizará o atendimento às pessoas com TEA na cidade, pois as salas cedidas possuem estrutura física necessária e isto desafogará o Hospital Estadual no município. Samile Brito destacou que a necessidade da medida foi identificada durante o 1º Ciclo de Palestras sobre o Transtorno do Espectro Autista, promovido pelo MP-AP, em parceria com o Estado, nos dias 28 e 29 de março de 2019.

“Identificamos a demanda, pois a sala destinada ao serviço dentro do Hospital Estadual em Laranjal do Jari é muito pequena e, como temos este espaço, conversamos com a PGJ, que se sensibilizou, de modo que conseguimos formalizar a cessão das salas. Assim, crianças e adolescentes com TEA serão melhor atendidos”, disse a promotora de Justiça.

A secretária de Saúde ressaltou que o novo espaço será essencial para melhorar o atendimento aos moradores de Laranjal do Jari.

A PGJ enfatizou o compromisso do MP-AP para com a sociedade em todo o Amapá. “A promotora Samile abriu as portas da Promotoria de Justiça de Laranjal para poder ajudar a comunidade do município. Assino este Termo com satisfação para que as famílias possam ter um atendimento de qualidade”, pontuou a procuradora-geral de Justiça.

Sobre a cessão das salas

A SESA usará o imóvel pelo prazo de 12 meses, podendo ser prorrogado por igual período, quantas vezes se fizerem necessárias, mediante subscrição de Termo Aditivo, desde que haja interesse das partes.

Também presentes na assinatura, os promotores de Justiça Vinicius Carvalho, chefe de gabinete da PGJ e Eraldo Zampa.

SERVIÇO:

Elton Tavares
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

PGJ do MP-AP recebe visita institucional do comandante da PM/AP

A procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Amapá (MP-AP), Ivana Cei, recebeu nesta quinta-feira (23) em seu Gabinete a visita do comandante da Polícia Militar do Estado (PM/AP), coronel Paulo Matias. Também estiveram no encontro o chefe do Gabinete Militar do MP-AP, coronel Jackson Silva, e o chefe de Gabinete do Comando-Geral da PM/AP, coronel Vanderlei de Souza Nunes. O objetivo é estreitar laços entre as administrações e aprimorar o diálogo institucional entre os órgãos.

Na oportunidade, o comandante da PM/AP explicou sobre avanços de seus primeiros 30 dias à frente da Corporação. Coronel Matias também discorreu sobre as demandas operacionais administrativas e judiciais enfrentadas em sua gestão.

“Estamos aqui para explicar um pouco da nossa administração e fortalecer o diálogo com o MP-AP, instituição com alta credibilidade e que poderá nortear procedimentos da nossa gestão à frente da PM/AP”, comentou o Coronel Matias.

A PGJ garantiu total apoio ao comandante. Ivana Cei ressaltou que acompanha o trabalho do coronel Matias e que o MP-AP está à disposição para orientação da PM/AP e possíveis parcerias institucionais.

“Trabalhei por longo período na auditoria militar e sei exatamente dos problemas enfrentados pela PM/AP. Estamos abertos ao diálogo e prontos para orientar caso seja necessário. Desejo sucesso ao comandante da PM/AP em sua administração, pois a Corporação possui uma bela história de dedicação em defesa da sociedade amapaense”, pontuou a PGJ do MP-AP.

SERVIÇO:

Elton Tavares
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Exposição fotográfica organizada pelo TJAP e SAAD sobre famílias que escolheram a adoção pode ser visitada no Macapá Shopping até hoje (24)

A exposição feita a partir de um ensaio com famílias que adotaram crianças e adolescentes é uma iniciativa do Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), em cooperação com a Sociedade Amapaense de Apoio à Adoção (SAAD), e integra a programação da Semana Nacional da Adoção. Com toda criatividade e emoção, as fotografias foram capturadas pelas lentes do publicitário Flávio Lacerda e do jornalista Daniel Alves, profissionais da equipe da Assessoria de Comunicação do TJAP. A exposição está no 3º piso do Macapá Shopping e pode ser vista até as 22 horas de hoje.

O publicitário Flávio Lacerda disse que o ensaio foi pensado como forma de mostrar o amor entre as famílias e incentivar mais pessoas a adotarem. “Foi, sem dúvida, uma experiência profissionalmente enriquecedora e pessoalmente muito satisfatória, fico feliz em poder ajudar a dar visibilidade a uma causa tão bonita e importante”, declarou.

O jornalista Daniel Alves ressaltou a felicidade de ter fotografado as famílias. “Fiquei surpreso e feliz com a exposição”. Ele destacou que a experiência trouxe a oportunidade de conhecer mais o universo e a realidade da adoção. “Na hora que produzimos, foi bem interessante porque no fundo a gente não conhecia como é que funcionava a SAAD e nem tínhamos noção sobre o número de pais e crianças. A gente tinha aquela ideia do processo adotivo, que às vezes demora. Quanto aos pais que já adotaram, não sabíamos da organização e harmonia que mantém entre as famílias”, finalizou.

A mãe e integrante da SAAD, Ana Carolina Cruz, declarou que a exposição teve, na abertura, uma ótima recepção do público e que as pessoas demonstraram bastante interesse por informações sobre o processo de habilitação para adoção.

“A exposição está sendo muito bem recebida, as pessoas estão vindo mesmo, e também com o objetivo de receberem informações concretas sobre como é o processo e como fazer para iniciar”, declarou Ana. Ela destacou ainda a curiosidade dos visitantes a cada fotografia. Perguntas como: “Essas pessoas moram aqui? Foi adotado grande ou foi adotado pequeno?”, o que revela que “estão mesmo curiosos e é muito interessante despertar conhecimento por essas histórias reais aqui tão próximas, na nossa própria cidade”, finalizou.

Assessoria de Comunicação Social do TJAP

Nadadores do Amapá conquistam 11 medalhas em competição no Amazonas

Foto: Sedel

Por Weverton Façanha, com colaboração de Elson Sammer

Atletas mirins da natação amapaense com idades entre 9 e 11 anos conquistaram 11 medalhas no Festival Norte-Nordeste Mirim e Petiz – Troféu Pedro Nicolas Sena da Silva, disputado em Manaus (AM). Com 401 pontos, a delegação do Amapá ficou com a nona colocação geral entre 23 clubes das regiões Norte e Nordeste em uma competição que reuniu cerca de 200 atletas. O estado campeão foi o Amazonas.

Os amapaenses conseguiram dois ouros, seis pratas e três bronzes. Foram sete nadadores que representaram o Amapá na competição. Eles desenvolvem seus treinamentos no Centro Didático Capitão Euclides Rodrigues, a Piscina Olímpica, que é de responsabilidade da Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel).

O vice-presidente da Federação Amapaense de Desportos Aquático e professor do Centro, Marcos Bandeira, acompanhou a delegação em Manaus. Ele destacou que, apesar do número reduzido, os resultados foram além do programado. “Apesar de termos um número menor de participantes, conquistamos um grande número de medalha. E isso mostra que nosso trabalho está produzindo resultados”, avaliou.

As medalhas foram conquistadas por Orlando Eduardo, que levou dois ouros, duas pratas e um bronze. O nadador Kenzo Pinon, faturou uma de prata e duas de bronze. Johislan Souza, Ítalo Rafael e Tomás Guedes conquistaram um bronze, cada um.

Moradores do Residencial Macapaba e parceiros farão ação ambiental

Uma ação ambiental está marcada para o sábado, dia 25 de Maio, a partir das 8:00 no residencial Macapaba . O mutirão em prol do conjunto habitacional será realizado pela associação de moradores do Residencial Macapaba em parceria com o Instituto Guarda Florestal do Amapá e Fundação Marias da Esperança, além do vereador Grilo.

O residencial Macapaba conta atualmente com aproximadamente vinte mil pessoas morando no local, e nos últimos anos vem sendo esquecidas pelo poder público. Então, os moradores resolveram se unir e buscar parcerias para cuidar do local começando pela limpeza, pois o meio ambiente e as pessoas precisam de qualidade de vida.

A ação em prol do Macapaba terá os serviços de arborização na rotatória central do conjunto, roçagem e limpeza trajeto Escola Maria Marly Maria, Roçagem e limpeza Quadra 14.

Serviço:

Ação Ambiental
Local: Residencial Macapaba
Hora: A partir das 8:00
Data: 25/05/2019 (Sábado)
Contato: Emerson Pimentel – Presidente da Associação de Moradores do Macapaba – 98418-2654

Projeto do MP-AP trabalha para a execução de melhorias das moradias e acesso à área portuária na Baixada no Ambrósio

O promotor de Justiça Adilson Garcia, titular da Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente, Conflitos Agrários, Habitação e Urbanismo de Santana, esteve na Baixada do Ambrósio, acompanhado de sua equipe técnica. A visita teve o propósito de produzir imagens aéreas com drone. O material fotográfico e filmagens serão utilizadas no georreferenciamento do local para ações do projeto de intervenção urbanística que a Prefeitura de Santana, em parceria com o MP-AP, executará na comunidade.

O drone utilizado na ação foi doado pela administração superior da Procuradoria-Geral de Justiça – Promotor Haroldo Franco. A equipe foi qualificada com curso promovido pela PGJ, para operar o aparelho no serviço de mapeamento da cidade portuária.

O projeto propõe criação de vias e melhorias na Baixada do Ambrósio, para condições dignas de moradia e acesso à área portuária da cidade. De acordo com a proposta, serão construídas três avenidas e uma rua. Com isso, haverá desapropriação de 243 famílias. Os moradores pedem adaptações, como a destinação de uma área no porto para atracação de embarcações e escoar produtos, como o açaí.

De acordo com a Promotoria, a proposta também prevê melhorias no acesso a atendimento à saúde e a segurança do local. As imagens feitas serão utilizadas pela equipe de georreferenciamento, engenheiros e arquitetos que estão elaborando o projeto de urbanização do local.

Após a realização do mapeamento fotográfico no Ambrósio, houve reunião com as assistentes sociais da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania de Santana (Semasc), para falar sobre os procedimentos para realocar as famílias para abertura de novas vias públicas. Também irão realizar estudos sociais de campo, com a finalidade de diagnosticar a situação das 2.430 famílias que residem na região.

O projeto pretende levar para a comunidade vias públicas, iluminação, água encanada, arborização, construção de escola, creche, posto médico, unidade policial, quadras esportivas, placas de sinalização e centro comunitário.

O promotor de Justiça Adilson Garcia falou sobre os recursos obtidos e das parcerias firmadas para dar prosseguimento com o projeto. “Vamos executar o programa com recursos em torno de R$ 7.000.000,00 a R$10.000.000,00 (milhões de reais), do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) da Anglo Ferrous. Iremos contar com apoio da Prefeitura de Santana para executar o projeto de urbanização dentro do planejamento”, disse.

Georreferenciamento

Georreferenciar é definir um local em sua forma, dimensão e localização, através dos métodos pré-estabelecidos do levantamento topográfico. O Georreferenciamento impõe obrigatoriamente que descreva seus limites, características e confrontações através de memorial descritivo executado por profissional habilitado junto ao Sistema Geodésico Brasileiro.

SERVIÇO:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Festival Internacional de Jazz no Oiapoque promove intercâmbio cultural entre Amapá e Guiana Francesa

Por Araciara Macedo

Um projeto que retrata e, ao mesmo tempo promove um resgate, da história de moradores e descendentes de moradores das comunidades banhadas pelo Rio Oiapoque, assim será o 1º Festival Internacional de Jazz que acontecerá nos dias 30, 31 de maio e 1º de junho no Hangar Lunay e no auditório do IFAP em Oiapoque.

O festival é uma realização do Coletivo Cafez’Oca Jazz e tem na sua programação, exposições, palestras e workshops, além de shows musicais com artistas amapaense e guianenses que vão promover o intercâmbio cultural entre artistas da Guiana Francesa e do Brasil.

Para o cantor amapaense Zé Miguel, um dos padrinhos do festival, o festival estabelece a ponte cultural onde já existe essa ponte física, “todos os artistas têm alguma ligação com a região banhada pelo Rio Oiapoque, é uma confluência de artistas que buscam resgatar sua raízes. Isso representa uma enorme importância para a comunidade”, contou.

Edmar Elfort

Edmar Elfort, relações públicas do evento, explica que o festival surgiu por conta da necessidade de se promover o intercâmbio cultural entre os dois países, “na fronteira não existem diferenças, convivemos de forma pacifica e harmoniosa, muitos brasileiros e franceses tem descendentes e ancestrais dos dois lados, por isso que eu,m Denis Lapassion e Benoit Waddy, nos juntamos para realizar o projeto de intercâmbio cultural, ele reflete o espírito de compartilhamento e irmandade que tradicionalmente reina na região”.

“Não se trata apenas de shows musicais, é o encontro de culturas. Vamos falar sobre a história da região do Rio Oiapoque, as similaridades culturais que unem esses dois povos, vamos falar também da música na Guiana Francesa e da música amapaense”, ressaltou.

A abertura oficial do evento será no dia 30 de maio às 18h, no auditório do IFAP Instituto Federal Amapá – campus Oiapoque, com a palestra de Eugene Epailly, historiadora da Guiana Francesa, que vai falar sobre a história do Cafesoca, seguida pela palestra do cantor e compositor Zé Miguel sobre a música do Amapá. O encerramento das atividades do dia 30 ficam por conta de João Dorismar da Paixão, advogado brasileiro, com o tema história do Oiapoque.

No dia 31 as atividades iniciam com a palestra de Marie-Françoise Pindard, musicóloga da Guiana Francesa e o tema os ritmos crioulos tradicionais da Guiana, seguida por Emile Lanou e o tema jazz feito na Guiana. O encerramento das atividades do dia ficam por conta das apresentações artísticas, sete shows acontecerão no palco do Hangar Lunay a partir das 18h30.

Sábado, 1º de junho, depois das masterclasses para fechar o festival, acontecerá vários shows no palco do Hangar Lunasy, a partir das 22h, uma noite de dança com a apresentação ao vivo de Fineias Nelluty e outros artistas.

Serviço:

PREÇOS

Praça VIP 10 pessoas – 17 5 € / 700 reais
Mesas 4 pessoas – 65 € / 260 reais
Individual – 10 € / 40 reais
Postos de Venda
Cayenne: IFDM – 34 bd Nelson Mandela 97300 CAYENNE
Tel: +594 594 29 32 39
[email protected]
St Georges: Transporte ABG – Rua Elie Elfort 97313 St Georges
Oiapoque: Café Barfé – Café rua Honório Silva nº 391
Sala 102, Centro Oiapoque

Venda no local da noite do show no Hangar Lunay

Evento debaterá a utilização do eSocial no meio rural com contadores e produtores rurais do estado

Estão abertas as inscrições para o evento “eSocial e obrigações contábeis na área rural”, fruto da cooperação entre o Sistema Faeap/Senar-AP/Sindicatos Rurais e a Receita Federal no Amapá. O evento ocorrerá no dia 12 de junho, no horário de 8h às 12h30, no auditório da Receita, localizado na Rua Eliezer Levy, nº. 1350, Centro.

O evento faz parte do Programa Cidadania Rural do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Amapá (Senar/AP), e busca orientar contadores e produtores rurais sobre o eSocial, projeto do Governo Federal que unifica e padroniza o envio de informações fiscais, previdenciários e trabalhistas. Será parceiro da atividade o Conselho Regional de Contabilidade do Amapá (CRC/AP)

O público alvo são contabilistas, empresários do agronegócio, sindicatos, cooperativas, associações rurais e gestores de órgãos públicos estaduais e municipais, além de estudantes de contabilidade. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site do Senar/AP (https://www.senar-ap.org.br/) e também na hora do evento.

Os palestrantes convidados são Izaltina Nazaré Ribeiro (PA), que falará sobre a “Legislação Previdenciária”; Rodrigo Pereira (RN), que abordará o “Cadastro de Atividade Econômica da Pessoa Física – CAEPF”; e Maria Georgia Magalhães (PI), encerrando a manhã tratando sobre o “eSocial para Segurado Especial e Produtor Rural”.

No evento, os participantes serão atualizados sobre a utilização do CAEPF, obrigação que substitui o CEI (Cadastro Específico do INSS). O principal objetivo desse novo documento é permitir a coleta, a identificação, a gestão e o acesso aos dados cadastrais relacionados a todas as atividades de um grupo de contribuintes, entre eles, as pessoas físicas que adquirem produção rural para venda e o produtor rural contribuinte individual.

Serviço:

Data: 12 de junho
Local: Auditório da Receita Federal no Amapá (Rua Eliezer Levy, nº. 1350, Centro)
Horário: 08h às 12h30
Inscrições: https://www.senar-ap.org.br/ e na hora do evento.

Daniel Alves
Assessor de Comunicação
Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amapá
Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Administração Regional do Amapá
Contato: (96) 98131-8844
E-mail: [email protected]
Telefones: (96) 3242-1055/2595/2580
E-mail: [email protected]