Prefeitura divulga programação geral de aniversário da cidade de Macapá

Macapá completa 259 anos no dia 4 de fevereiro. E para comemorar, uma grande festa foi planejada pela prefeitura, com uma agenda bastante diversificada, cheia de atrações gratuitas e atividades feitas em dois dias. Na sexta-feira, 3, tem Samba no Mercado Central; e no sábado, 4, as comemorações iniciam pela manhã, na igreja São José, e só terminam à noite, na Praça Floriano Peixoto.

Por ser um dos principais cartões postais da cidade e sediar tradicional encontro de amigos e visitantes, o Mercado Central é o ponto de início das comemorações, com o Samba no Mercado Central Especial de Aniversário. A festa será das 20h às 22h, comandada pelo grupo Pagodelas e convidados. O evento é uma realização dos amigos do Mercado Central, com apoio direto do Instituto Municipal de Turismo (Macapatur).

No sábado, a movimentação inicia muito cedo, às 7h, com a missa em ação de graças, na igreja matriz São José. A liturgia está regada de tradição macapaense, com músicas regionais e intervenções de Marabaixo, aliado aos ritos cristãos. Ao término da santa missa, os batuqueiros do Banzeiro do Brilho de Fogo já estarão aguardando na porta da igreja para dar início ao cortejo ritmado, com suas açucenas, crianças do Jardim do Banzeiro e dançadeiras de Marabaixo e Batuque.

Todos são convidados a participar do cortejo de aniversário. O Banzeiro segue até a Praça Floriano Peixoto, onde acontece a vasta programação com música, teatro, circo, atividades desportivas, recreativas, dança, contação de histórias, tudo pensado e organizado para agradar a todos os gostos e idades.

Este ano, o aniversário terá participação de empresas privadas como a Faculdade Estácio, que promoverá ações educativas e de saúde ao público. A Claro organizará um espaço para a criançada, com cama elástica, distribuição de brindes e balões, e treino funcional para adultos. A Organização Não Governamental Anjos Protetores (Ongap) disponibilizará uma barraca com a Feira de Adoção e seus voluntários farão uma campanha de conscientização da coleta de fezes do animal em passeio. Também a Escola de Línguas CNA e o Vila Nova Shopping levarão atividades para a Floriano.

Além disso, todas as secretarias, coordenadorias e autarquias municipais estarão na praça desenvolvendo atividades. A Secretaria de Educação, por exemplo, terá um espaço com contação de histórias, clube do gibi, ponto de leitura, pintura de rosto e de desenhos de personalidades negras, exposição de obras e peças feitas a partir de materiais recicláveis, como papel, pneu, vidro, fibras, e também terá oficina de confecção de bonecas.

A Fundação de Cultura, responsável pela programação cultural, montará três espaços para as diferentes atividades: 1- Espaço Literário; 2- Espaço Parquinho, onde haverá apresentações de teatro e contação de histórias; 3 – Palco Lagoa, onde acontecerão os shows musicais e danças.

Veja a programação completa:

Data: 03/02 (sexta-feira)

Samba no Mercado Central
20h às 22h – Grupo Pagodelas e convidados.

Data: 04/02 (sábado)

Missa na igreja São José
6h30 – Grupo Berço do Marabaixo;
6h30 – Grupo Manuel Felipe Bisneto;
7h – Deize Pinheiro;
8h30 – Cortejo Artístico – Grupo Marco Zero;
8h30 – Cortejo Banzeiro do Brilho de Fogo.

Praça Floriano Peixoto

Espaço Parquinho

9h – Palhaçada e dança – Grupo Hemisfério;
10h – As Misuras do Interior – Amadeu Lobato;
11h – Histórias da Minha Aldeia – Lu de Oliveira;
16h – Cortejo Turma da Fanfarra – Cia. Tucuju;
17h – Mutuca de Sol a Solo – Jones Barsou;
17h30 – O Saci que não tinha uma perna só – Rute Xavier.

Espaço Literário

9h às 17h – Exposição Cons&Quência – Josafá Barbosa;
16h – Nave Protonotária e Planeta Agalopado – Ademir Pedrosa;
16h30 – Cenopoética o Charme da Poesia – Carla Nobre.

Palco Lagoa

9h – Espetáculo Infantil Entrei na Roda – Vania Ávlis;
9h30 – Banda Infantil Chocolate com Pipoca;
10h – Espetáculo de dança – Um brinde à Macapá – Cia. Aguinaldo Santos;
10h20 – Espetáculo Quando o Amor Florir – Poetas Azuis;
10h50 – Show Tambores no Meio do Mundo – Grupo Senzalas;
11h20 – Show Cleverson Baía;
11h50 – Show Osmar Junior;
12h20 – Show Julli Marques;
12h50 – Show Canto Minha Terra – Nivito Guedes;
13h20 – Show Cassion Pontes;
13h50 – Show Brenda Zeni;
14h20 – Show Júnior Massa;
14h50 – Show Rosa Amaral;
15h20 – Show Sol do Equador – Adenor Monteiro;
15h40 – Espetáculo O Diferencial É Grande Jeté Cia. de Dança;
16h10 – Espetáculo Corpo que Dança – Cia. Mec Loucos B.Boys.

Rita Torrinha/Asscom Fumcult
Contato: 99189-8067

Eleição Suplementar: Cartório Eleitoral de Calçoene recebe quatro Registros de Candidaturas para prefeito e vice-prefeito

A 3ª Zona Eleitoral de Calçoene encerrou nesta terça-feira (31) o período para registros de candidatura para os cargos de prefeito e vice-prefeito do município. Ao todo foram protocolados quatro (4) pedidos de registros de candidatura. As Eleições Suplementares na cidade para a escolha do Poder Executivo local está marcada para o dia 12 de março de 2017.

No próximo dia 06 de fevereiro ocorrerá sorteio para a ordem de veiculação da propaganda eleitoral, com o início marcado para o dia 10 deste mês. Somente poderão votar eleitores da cidade regularizados até maio de 2016, ou seja, mesmo eleitorado do pleito realizado em 2016.

Registro de Candidatura

Após a convenção, os registros de candidaturas podem ser requeridos. A documentação precisa ser protocolada na Zona Eleitoral do município onde o candidato disputará as Eleições. A medida consiste na oficialização dos candidatos escolhidos pelos partidos, que devem apresentar sua documentação à Justiça Eleitoral, que comprovado o preenchimento dos requisitos, terá deferido o seu pedido. Somente serão deferidos os pedidos daqueles candidatos que comprovarem o preenchimento de todos os requisitos legais, inclusive com relação à sua vida pregressa, ou seja, que tenha “ficha limpa”. Os julgamentos dos Registros serão feitos pela juíza eleitoral de Calçoene até o dia 12 fevereiro.

Eleições Suplementares em Calçoene

A medida se dará por conta do indeferimento do Registro de Candidatura de Reinaldo Santos Barros (PDT) e de seu vice-prefeito, prefeito Antônio de Souza Pinto, do mesmo partido. A chapa majoritária, que obteve o maior número de votos, concorreu no pleito de 2016 com o Registro de Candidatura indeferido com recurso.

A Juíza Eleitoral da 3ª Zona, Dra. Délia Ramos indeferiu o registro de candidatura da chapa em razão da existência de sentença condenatória transitada em julgado proferida em Ação de Improbidade Administrativa, o que deixou o candidato Reinaldo Barros com seus direitos políticos suspensos.

Informações no site do TSE

Já está disponível no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os nomes dos candidatos a prefeito e vice-prefeito de Calçoene nas Eleições Suplementares. As informações podem ser acessadas no endereço: http://divulgacandcontas.tse.jus.br

Para visualizar os candidatos, deve-se selecionar o menu no canto superior direito do site e em seguida selecionar o item “Suplementares”. Após, no campo “Ano Eleitoral” selecionar “2016”, no campo “Estado” selecionar “AP” e clicar no botão “Pesquisar”. Será então exibido o botão “Eleição Suplementar de Calçoene-AP”.

3ª Zona Eleitoral de Calçoene

A 3ª Zona Eleitoral de Calçoene possui oito (8) locais de votação e 25 Seções Eleitorais. Na Eleição Municipal 2016 foram apurados: 7.423 votos (100%), 1.359 com abstenções (18,31%) e o total de cidadãos que votaram foi de 6.064 eleitores (81,69%). Os votos brancos somaram 25 (0,41%), nulos: 2.266 (37,37%) e 3.773 votos válidos (62,22%).

Elton Tavares
Assessoria de Comunicação e Marketing do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá

Livro “Libertando a vida – a revolução das mulheres” é lançado em Macapá


O Setorial de Mulheres do PSOL e Fundação Lauro Campos, lançam nesta sexta-feira (03), a primeira tradução do livro “Libertando a vida – a revolução das mulheres”, de Abdullah Öcalan, que trata da participação das mulheres curdas na luta pela independência de seu povo.

Segundo informações publicadas no site da Fundação Lauro Campos, Öcalan, o autor, é a mais importante referência internacional do movimento curdo pela sua libertação e independência. No texto, ele discorre sobre aquilo que chama “jineologî”, a ciência das mulheres, e a imperativa tarefa da esquerda de promover instrumentos auto-organizados de mulheres nos partidos e no movimento social.

Na mesa do evento estará presente, Denise Simeão, que escreveu Prefácio do Livro e membro da Coordenação Nacional da Setorial de Mulheres do PSOL, Juliano Medeiros, presidente da Fundação Lauro Campos e Alzira Nogueira, Movimento de Mulheres, Coletivo Caboclas e NEAB (Núcleo de Estudos Afro-Brasileiro).

Data: 03 de Fevereiro
Hora: 18:30h
Local: Auditório da Fecomércio (Rua Eliézer Levi, 1097 – Centro, Macapá)

Batuqueiros do Banzeiro do Brilho-de-fogo saem nas ruas em cortejo para festejar o Aniversário de Macapá

No dia 4 de fevereiro, Macapá completa 259 anos de fundação, e o Banzeiro do Brilho-de-fogo mais uma vez homenageia a cidade com o Cortejo, que sai da frente da Igreja São José e encerra na praça Floriano Peixoto. Batuqueiros, mulheres do Cordão das Açucenas, crianças do Jardim do Banzeiro, e dançadeiras de marabaixo e batuque, estarão nas ruas do centro, em grande festa, chamando a população para seguir o cortejo de aniversário.

A preparação para este cortejo iniciou em janeiro, quando os batuqueiros recomeçaram os ensaios na praça Floriano Peixoto, juntando cerca de 250 instrumentistas novos e antigos do projeto, que, sob o comando o maestro Paulinho Bastos, demais coordenadores e instrutores, ensaiaram as músicas que formam o repertório do Banzeiro. Músicas do cancioneiro regional, de domínio popular, e canções próprias do projeto compõem a seleção musical que será acompanhada por tambores e metais durante o cortejo.

Projeto Banzeiro

O projeto Banzeiro do Brilho-de-fogo é de iniciativa de músicos e fazedores de cultura, e queiram colocar nas ruas uma orquestra de percussão que acompanhasse as músicas de artistas amapaenses, e homenageassem a cultura do Amapá. O projeto é dirigido pelos músicos Adelson Preto, coordenador geral, e Alan Gomes, Paulinho Bastos e Ricardo Iraguany. A artesã Melissa Silva coordena a parte visual, de vestimentas e adereços, que também valoriza as tradições amapaenses.

O Banzeiro tem a parceria da Prefeitura de Macapá, e não tem fins lucrativos. A proposta é incluir social e culturalmente pessoas de todas as idades através de uma brincadeira cantada. Ele iniciou em 2014, oferecendo oficinas de iniciação musical, de produção de instrumentos de percussão e adereços que compõem o conceito do projeto. As aulas das oficinas foram ministradas por instrutores, que continuam auxiliando os ensaios e introduzindo os batuqueiros na orquestra.

“A cada ano o Banzeiro reúne mais pessoas, que entram para o projeto como batuqueiro, para formar o Cordão das Açucenas, ou para o Jardim das crianças, e isso mostra a credibilidade do projeto. Todos querem sair pelas ruas cantando as músicas que retratam nossa cultura, rodando a saia de marabaixo, e tocando instrumentos decorados com arte regional”, disse Adelson Preto.

Trajeto

O cortejo sai após a Missa de Aniversário, na antiga Igreja São José. Os integrantes saem pela avenida Mário Cruz, seguindo pela Cândido Mendes, e dobram na Henrique Galúcio e Tiradentes. Para finalizar o cortejo, o Banzeiro entra na avenida Maracá até a praça Floriano Peixoto, onde acontece uma apresentação de artistas locais acompanhados pelos batuqueiros, e uma programação realizada pela Prefeitura de Macapá para festejar a data.

Serviços
Cortejo
Data: 4 de fevereiro
Concentração e saída: Frente da antiga Igreja São José
Hora: após o término da missa de aniversário

Mariléia Maciel
Assessoria de Comunicação/ Banzeiro do Brilho-de-fogo
Fotos: Lee Amil – Grafite Comunicação

Carnaval – Filhos de Zambi faz ensaio nesta quarta na quadra da igreja Jesus de Nazaré

Por Ana Girlene

O mês de fevereiro começa com carnaval na quadra da igreja Jesus de Nazaré. Nesta quarta-feira, 1, acontece o primeiro ensaio do bloco Filhos de Zambi a partir das 19h30.

Bloco Afoxé Filhos de Zambi quer difundir cultura de paz e união

Fundado no último dia 6, na quadra da Igreja Jesus de Nazaré, o bloco “Afoxé Filhos de Zambi” vai desfilar pelas ruas de Macapá, no domingo de Carnaval (26), levando alegria e difundindo uma cultura de paz. Zambi significa “Cidade de Deus” ou “ Deus Universal” e a escolha do nome retrata exatamente o sentido maior da mobilização dos organizadores do bloco.

Dentre os fundadores estão empresários, lideranças sindicais e religiosas, professores, jornalistas, advogados, médicos, artistas plásticos, estudantes, donas de casa, enfim, profissionais de diversas áreas de atuação e pessoas de diferentes idades, concepções políticas e religiosas, mobilizados pelos ideais pacifistas debatidos nos encontros do grupo, consolidados na luta contra todas as formas de violência, intolerância, preconceito e racismo.

O Afoxé Filhos de Zambi pretende congregar o maior número de pessoas identificadas com as premissas humanitárias que o bloco defende e que queiram participar desse momento de festa, alegria e fraternidade. Com autonomia na organização, sem qualquer tipo de apoio ou financiamento público, serão os próprios participantes que contribuirão com toda a estrutura necessária.

Fonte: blog da Alcinéa

Prefeitura de Macapá pede celeridade ao STF em julgamentos de ações municipais

STF – Supremo Tribunal Federal (Valter Campanato/Agência Brasil)

Por Bruno Nascimento

O Supremo Tribunal Federal (STF) recebeu na manhã da última terça-feira, 31, prefeitos e vice-prefeitos de 15 municípios que estiveram pedindo a Corte à aceleração nos julgamento de ações que envolvem os municípios. Macapá está entre as cidades representadas pelas prefeituras que entregaram uma carta com 12 temas prioritários a serem analisados pelo STF, em busca de alivio financeiro.

Entre as discussões abordadas durante a reunião, estavam pautas que tratavam da judicialização da saúde, questões de educação envolvendo vagas em creches, ações que tratam do pagamento de precatórios e a regulamentação do acesso a depósitos judiciais, entre outros.

Sobre a judicialização da saúde, a busca dos prefeitos é que os juízes não imponham valores tão altos aos municípios e que tenham mais conhecimento nas implicações financeiras e da saúde. Pensando nisso, a ministra irá orientar que os juízes chamem primeiro a União, depois o Estado e por último os municípios, na intenção de que a União também assuma com esses gastos que sobrecarregavam os municípios.

Em relação aos depósitos judiciais, as prefeituras querem ter mais acesso e poder negociar com o judiciário mudando as datas para o prazo de pagamento dos precatórios, que são requisições de pagamentos expedidos pelo Judiciário aos municípios com determinados valores que são acima de 60 salários com o prazo de cinco anos para quitação das dívidas.

Em resposta aos prefeitos, a ministra Cármen Lúcia garantiu que dará prioridade a esses julgamentos e que há cerca de 700 mil processos tramitando no tribunal e 11mil são sobre municípios.

Estiveram presentes na reunião os prefeitos de Aracaju (SE), Belém (PA), Campinas (SP), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Macapá (PA), Maceió (AL), Manaus (AM), Palmas (TO), Porto Velho (RO), Rio Branco (AC), Salvador (BA) e Vitória (ES). Porto Alegre (RS) e João Pessoa (PB) foram representados pelos vice-prefeitos.

Fonte: Jornal do Dia

Resultado: mobilização provoca troca de comando no DSEI

O Distrito Sanitário Especial Indígena no Amapá e Pará (DSEI) tem novo comando no Amapá. Por meio da portaria nº 267, Silney Wanderson Anika foi nomeado no lugar de Vanderbilte Barbosa Marques, no fim do mês de janeiro, para assumir o cargo de coordenador distrital. No final de 2016, o Senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP) garantiu total apoio aos indígenas que pediam a mudança, tendo em vista as inúmeras denúncias de casos de corrupção no órgão.

O senador chegou a protocolizar um pedido de exoneração ao Ministério da Saúde, durante a visita dos representantes da Articulação dos Povos Indígenas do Estado do Amapá e Norte do Pará (APOIANP) a seu gabinete em Brasília. “Foram imprescindíveis a organização e a mobilização dos povos indígenas, que contaram com nosso suporte para garantir essa conquista. Vamos nos manter unidos para preservar ainda mais os direitos dos índios”, explicou o senador.


Jornalista/Assessora de Comunicação
Carla Ferreira
Contato: (96) 98110-1234 (Whatsapp)
Twitter: @Carlinha_F
e-mail: [email protected]

Por recomendação do MPF, Sesa se compromete a instalar ponto eletrônico para servidores da saúde

Em atendimento a recomendação do Ministério Público Federal no Amapá (MPF/AP), a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) comprometeu-se a instalar registro eletrônico de frequência de todos os servidores públicos vinculados ao Sistema Único de Saúde (SUS). Com a medida, o MPF/AP quer garantir a existência de mecanismos que inibam irregularidades nos serviços prestados pelo sistema e assegurar o direito dos cidadãos ao acesso à saúde e à informação.

A recomendação decorre de representações que noticiaram a falta de atendimento pelo SUS devido a ausência ou atraso de médicos. Para constatar a ocorrência dos fatos, o MPF/AP solicitou a realização de auditoria nas escalas de plantões dos profissionais. No relatório, estão listadas irregularidades de natureza gerencial, operacional e financeira, danosas para a gestão estadual do sistema. Entre elas, inexistência de folha de ponto para assinatura dos médicos plantonistas e realização de procedimentos cirúrgicos por médicos residentes, sem o registro da presença do cirurgião titular.

Ao cobrar o registro de frequência, o MPF/AP, por meio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão, reforça que é direito do cidadão saber os horários de atendimento dos médicos vinculados ao SUS, tanto para contribuir com o controle do cumprimento de tais horários, como também para evitar esperas e filas desnecessárias.

Acesso à informação – Para garantir o acesso à informação, as unidades de saúde devem instalar em local visível quadros que informem ao usuário nomes dos médicos em exercício no dia, bem como sua especialidade e início e término da jornada de trabalho. É necessário, também, disponibilizar para consulta dos cidadãos o registro de frequência dos profissionais vinculados, de qualquer forma, ao SUS. As mesmas informações devem ser disponibilizadas na internet.

Além da Sesa, a Prefeitura de Macapá, por meio de sua secretaria de saúde, também recebeu recomendação para instalar ponto eletrônico para os profissionais da área. Os órgãos são orientados, ainda, a estabelecer rotinas para fiscalizar o cumprimento da recomendação do MPF/AP. Caso descumpridas as orientações, medidas judiciais serão adotadas.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal no Amapá
(96) 3213 7895

Centro Franco Amapaense oferta vagas gratuitas para curso de francês

O Centro Cultural Franco Amapaense oferta 120 vagas para cursos e oficinas de francês. As vagas são disponíveis para o primeiro semestre de 2017. As matrículas devem ser feitas a partir de quarta-feira, 1º, na sede da instituição.

Estão disponíveis 105 vagas para o curso básico de francês, com turmas pela manhã e tarde, com aulas regulares de três vezes na semana. O curso básico tem carga horária de 160 horas. Outras 15 vagas estão sendo ofertadas para oficina de francês para quem tem conhecimento do idioma.

Os interessados deverão disponibilizar no ato da matricula, cópia e original do comprovante de residência e carteira de identidade, e uma foto de tamanho 3×4. Aos menores, os pais que devem realizar a inscrição com declaração escolar, além da documentação exigida. A matricula é gratuita e deve ser feita na sede da instituição, localizada na Avenida General Gurjão, nº 32, bairro Central.

Assessoria de comunicação do GEA

Confira as vagas de emprego do Sine para 1º de fevereiro em Macapá

O Sistema Nacional de Empregos no Amapá (Sine/AP) oferece vagas de empregos para Macapá. O número de vagas está disponível de acordo com as empresas cadastradas no Sine e são para todos os níveis de escolaridade e experiência.

Os interessados podem procurar o Sine/AP, localizado na Rua General Rondon, nº 2350, na praça Floriano Peixoto. Em toda a rede Super Fácil tem guichês do Sine e neles é possível obter informações sobre vagas em Macapá e Santana. Informações pelo número 4009 9700.

Para se cadastrar e atualizar os dados, o trabalhador deverá apresentar Carteira de Trabalho, RG, CPF e comprovante de residência (atualizado).

Veja o número de vagas de acordo com a solicitação das empresas:

Atendente de lanchonete – 1 vaga
Cartazeiro – 1 vaga
Operador de central de concreto – 1 vaga
Técnico de contabilidade – 1 vaga

Fonte: G1 Amapá

Dia 2 de fevereiro tem Festival para Iemanjá no trapiche Eliezer Levy

No dia 2 de fevereiro, dia de Iemanjá, festejada em todo o Brasil, a Federação Cultural Afro-Religiosa de Umbanda e Mina Nagô (Fecarumina) programou um festival em sua homenagem na orla de Macapá, reunindo fiéis e admiradores de religiões de matriz africanas, e comunidades que realizam festejos tradicionais e culturais com raízes afro. No Amapá, cerca de 300 terreiros estão em funcionamento, e movimentam um grande número de pais, mães e filhos de santos, que cultuam entidades nascidas da natureza, simbolizadas por imagens.

Iemanjá é um Orixá africano, rainha dos mares, protetora dos pescadores e jangadeiros. Assim como outras entidades de terreiros, é professada no catolicismo, e chamada de Nossa Senhora da Conceição, uma das manifestações da Virgem Maria. Em suas festas, devotos e pagadores de promessas a homenageiam com canto, dança e orações, e jogando flores nas águas.


No dia 2, dedicado à ela, a programação inicia às 16h, e segue até 23h, em frente ao trapiche Eliezer Levy. Após a abertura, com a concentração de sacerdotes, tem apresentações de capoeira, makulelê, marabaixo, hip hop, rumpilê e do grupo Tambores Tucujus. Às 17h, as autoridades religiosas fazem um breve pronunciamento, e às 18h acontece o rufar dos tambores em homenagem à Iemanjá. A programação segue com a entrega de oferendas na água e banho de cheiro, e tambor de mina.

“É uma festa aberta para o público, de religiões de matriz africanas ou curiosos que queiram conhecer nossas tradições religiosas. Esta interação é muito importante para desmistificar e acabar com o preconceito por ignorância. Esta é nossa religião, estes são nossos costumes, e assim como as demais religiões, merece respeito. Todos serão bem recebidos e acolhidos”, disse a mãe de santo Iolete Nunes, da Fecarumina.

Mariléia Maciel
Fotos: Márcia do Carmo

Banca Rio’s Beer promove Workshop sobre Cervejas Especiais nos dias 04 e 05 de fevereiro

Por conta da alta procura, a Banca Rio’s Beer, loja de cervejas especiais, abriu vagas para uma segunda turma do 2º Workshop sobre Cervejas Especiais. A primeira, já fechada, ocorrerá às 16h do dia 04 de fevereiro (sábado), nas dependências da Banca. A segunda turma do evento será realizada no domingo (5) seguinte, no mesmo local, horário e número de participantes: 10 pessoas. Garanta logo a sua participação!

O do 2º Workshop sobre Cervejas Especiais terá como palestrante o sommelier (especialista no produto) Andjei Remus, formado pela Escola Superior de Cerveja e Malte de Blumenau (SC) e Presidente da Associação de Cervejeiros Artesanais do Amapá (ACERVA). A iniciativa tem como objetivo difundir o prazer de saborear a bebida, e esclarecer as curiosidades da apreciação do produto feito de forma artesanal.

O workshop explorará temas como: Elementos da cerveja; História da cerveja; Estilos de cervejas; e Curiosidades sobre a bebida. O evento contará ainda com dicas e ensinamentos para a boa degustação de quatro estilos da bebida, a chamada “degustação guiada”. O investimento para a participação no Workshop é de R$ 100,00 por pessoa.

De acordo com Andjei Remus, o evento é voltado para os amantes de cerveja. O palestrante destaca que o workshop alia o prazer da degustação ao conhecimento sobre a bebida.

Portanto, apreciadores de cerveja, está aí uma excelente oportunidade de conhecer mais sobre este delicioso universo etílico com quem entende do assunto, em palestras intimistas e regadas às deliciosas cervas.

Sobre a Banca Rios Beer

A Banca Rios Beer tem somente cinco (5) meses de funcionamento. Trata-se de um estabelecimento especializado em cervas especiais. A loja é sucesso de público e crítica, pois já possui uma grande clientela de cervejeiros que apreciam seus produtos e atendimento de alto nível. O ambiente é agradável e possui uma carta de mais de 300 rótulos da bebida mais saborosa e preferida de nove entre 10 pessoas.

Serviço

2º Workshop sobre Cervejas Especiais
Quando: 04 de fevereiro de 2017 (sábado) e 05 de fevereiro (domingo).
Que horas: 16h às 18h, nos dois dias de evento.
Onde: Banca Rio’s Beer, localizada na Avenida Henrique Galúcio, n. 1644.
Quanto: R$ 100,00
Inscrições e informações:
98128-8081 (Lilian Ferreira)
99148-6773 (Leandro Chiesa)
99101-5713 (Herval Barbosa)
Instagram: @bancariosbeer
Facebook: https://www.facebook.com/bancariosbeer/?fref=ts

Elton Tavares, jornalista, cervejeiro e cliente da Banca Rios Beer.

Presidente do TRE-AP prestigia posse dos novos mandatários da Justiça Eleitoral paraense

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP), desembargador Carlos Tork, prestigiou nesta segunda-feira (30), a posse dos novos presidente e vice-presidente,corregedor do TRE-PA, desembargadora Célia Regina De Lima Pinheiro e desembargador Roberto Moura, respectivamente. O evento foi na sede da Justiça Eleitoral paraense, em Belém (PA). Os magistrados empossados ficarão à frente da instituição no Biênio 2017-2019.

A presidente empossada falou sobre o desafio de estar à frente de um órgão como o TRE dentro do atual cenário político e financeiro de país. “Estamos vivendo tempos de crise por isso é cada vez mais indispensável focarmos na ética, lisura e transparência para garantirmos uma Justiça mais eficiente e eficaz”, disse Célia Regina.

Junto a Desembargadora assumiu a vice presidência e corregedoria o Desembargador Roberto Moura, ele fez questão de corroborar com a ideia de um Tribunal mais descentralizado e presente junto ao eleitor do estado. “Nosso objetivo é trabalhar com afinco para boa administração jurisdicional. O desafio é estruturar os serviços cada vez mais, principalmente, no interior, para que o jurisdicionado tenha a assistência devida.” falou ele.

O presidente do TRE Amapá desejou sucesso aos novos mandatários da Justiça Eleitoral do Amapá e se colocou à disposição dos magistrados para qualquer apoio. De acordo com o desembargador Carlos Tork, a colaboração entre as regionais é fundamental para a gestão, pois desta forma, os tribunais trocam experiências positivas para a melhor prestação de serviço à população.

A cerimônia de posse reuniu autoridades de todas as esferas do poder do estado do Pará, da Ordem dos Advogados do Brasil seção Pará(OAB-PA) e ainda os Presidentes dos TRE’s do Maranhão, desembargador Lourival de Jesus Serejo Sousa e de São Paulo, o desembargador Mário Devienne Ferraz.o Vice-Presidente e Corregedor do TRE-AM, o desembargador João de Jesus Abdala Simões e o Vice-Presidente e Corregedor do TRE-SP, o desembargador Carlos Eduardo Cauduro Padin.

Tribunal Regional Eleitoral do Amapá
Assessoria de Comunicação e Marketing
Elton Tavares, com informações do TRE Pará

“DE SACACA AO MARABAIXO, O BOI GARANTIDO COM OLHOS NO AMAPÁ” – Por @claudiorogerio_

O BOI GARANTIDO traz como temática para 2017, “MAGIA E FASCÍNIO NO CORAÇÃO DA AMAZÔNIA”. O tema de acordo com a comissão de artes do Boi, apresenta “o grito de alerta para salvar o verde da Amazônia diante da destruição cotidiana de gigantescas áreas de floresta e da proliferação de hidrelétricas que agridem e assoreiam os rios.”

Dentro deste contexto são inseridas várias culturas do coração da floresta amazônica e nele aparece o nosso Marabaixo sendo mencionado na toada “QUILOMBOLAS DA AMAZÔNIA”, levando para o mundo uma identidade pouco aparente dentro do Brasil, que é a “africanidade” dentro da Amazônia.

Ouça a toada no link abaixo:

Em 2016, o Boi Vermelho e Branco de Parintins se consagrou campeão do Festival trazendo como tema “CELEBRAÇÃO”, um enredo que mostrou a história de povos ancestrais que se miscigenaram, e formaram nossa gente, nossa arte e cultura.

Entra aí a figura típica regional de nosso Raimundo dos Santos Souza, o nosso SACACA, que inspirou o artista da ilha Tupinambarana a compor a temática dentro de um conjunto alegórico.

No argumento do enredo, a comissão de arte do Boi diz que “SACACA”, “representa para os caboclos curadores de Parintins não um ser humano, mas uma manifestação do espírito ancestral de antigos pajés que podem assumir diversas formas: de gente, bicho, planta, ou de outras formas não perceptíveis ao olho humano.”

MESTRE SACACA virou até toada, ouçam no link abaixo:

https://soundcloud.com/search?q=caboclo+sacaca

Um dos grandes embaixadores em Parintins da cultura Tucuju, é Sandro Conceição, militante do segmento da toada há anos, e tem no Amapá o Grupo Amigos da Toada, representante oficial do Boi Garantido por aqui.

Sandro, sempre leva em sua bagagem, uma gengibirra, um tambor de batuque e marabaixo, além de nossa rica história.

O Amapá visto pela arte! é isso aí

Vai que um dia o MAIS QUERIDO DO MUNDO, O BOI GARANTIDO resolva homenagear o nosso Estado?

Parintins já mandou sinal de fumaça e recebemos com carinho.

Valeu Garantido.

Cláudio Rogério
Jornalista e militante cultural