Feliz aniversário, Carol Nascimento!

22508_834019129984453_673734610695467891_n

Hoje é também aniversário da fisioterapeuta, servidora pública, maluca com cara de patricinha, gerente do Underground Rock Clube, apreciadora de Rock and Roll, fuscas e cachorrinhas com nomes engraçados, namorada do Tássio, irmã, filha e tia amorosa e broda deste jornalista, Caroline Nascimento.

A Carol tem um bom humor invejável, carisma, mistura brutalidade e meiguice de forma quase bipolar (isso é um elogio) e tem uma tremenda paciência com tudo ao seu redor. Ela é uma menina inteligente, educada, com bom papo e uma amiga muito querida. Sobretudo, uma pessoa do bem.

Carol sempre fala da sua família com muito orgulho e imenso carinho. Admiro gente assim, pois sou assim também. Ela também possui uma porrada de amigos que a adoram, pois a doida é porreta.

Carol, “tu sabes Patinhas”, Godão aqui é teu brother. Você e Tássio moram no meu coração e são donos “da minha casa” (Underground). Já falamos de tudo naquele balcão. Graças a Deus, 99% coisas felizes seguidas de gargalhadas.

Que Deus lhe conceda tudo que couber no seu conceito de felicidade. Meus parabéns e feliz aniversário, Carol!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Ismênia Suzuki!

1781938_711338045585896_4134007512794769913_n

Hoje é aniversário da administradora de empresas, administradora da Associação dos Magistrados do Estado do Amapá (Amap), apreciadora de vinho e caipirinha, praticante de artes marciais, agente cultural, apreciadora de Rock and Roll, namorada do Alessandro, irmã da Lilo e Fausto, filha da doce Naná, tia amorosa da Laura e minha amiga das antigas, Ismênia Suzuki.

Suzuki faz parte de uma família de amigos queridos, a qual ela é uma das mais antigas nesse negócio de brodagem comigo. Conheço Ismênia há mais de 20 anos, pois a figura é minha contemporânea do velho e bom Colégio Amapaense.

Ismênia é uma mulher forte, trabalhadora, batalhadora, bem resolvida e gente fina. Possui gênio forte, mas ótimo astral. Ela não se importa com a vida alheia, não possui preconceitos, não faz fofoca, é espirituosa e inteligentona. Às vezes, é alterada (e se garante nos argumentos e na porrada).

Eu e Ismênia já nos afastamos uma vez, mas o lance é tão irrelevante que nem vale contar. Ano passado e no início de 2015, ela ouviu minhas lamúrias (e eu as dela) e sou grato pela paciência querida amiga. Há alguns meses, estamos totalmente ausentes há da vida um do outro, mas seguimos velhos e bons amigos.

Querida japa preta, que Deus siga a lhe abençoar com saúde, sucesso, amor e paz. Tu sabes que gosto pra caralho de ti. Meus parabéns e feliz aniversário!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Ana Martel (@anamartelAP!)

showana

Hoje é aniversário da cantora e compositora Ana Martel. Por conta de seu talento, presença de palco, vozeirão e “ziriguindum”, a artista é aclamada dentro e fora do Amapá. Sem falar que ela é uma pessoa inteligente, de ótimo humor, alto astral e uma das gargalhadas mais porretas que já ouvi. Além disso, posso me gabar que a cantadora é minha amiga.

Ana mistura sons de outros ritEueAnaMartelmos de outros lugares do Brasil com nosso Batuque e Marabaixo. A cantora tem repertório vasto e refinado. Ela é a nossa “Branca do Samba”, título mais que justo para Ana Martel, uma das melhores cantoras do Amapá. Sou fã dela.

Este pequeno texto é somente pra reafirmar que sou um admirador da artista e da pessoa.

Ana, queridona, desejo ainda mais sucesso, saúde, paz e tudo o mais que couber no seu conceito de felicidade. Meus parabéns e feliz aniversário!

Elton Tavares

*Texto republicado, mas de coração.

Feliz aniversário, Osmar Júnior!

EueOsmar

Hoje também é aniversário músico, poeta, boemista, compositor e produtor, Osmar Júnior. O “Poetinha”, como é carinhosamente chamado pelos amigos, é um dos ícones da música amapaense e gênio da poesia. Ainda lembro bem do primeiro show dele que vi na vida, foi emocionante e faz mais de 20 anos.

Em sua carreira, o Poetinha compôs canções extremamente lindas como “Igarapé das Mulheres”, “Pra Nunca Mais” e “Pedra do Rio”, entre tantas outras canções que fizeram sucesso dentro e fora do Amapá.

Junto com Val Milhomem, Naldo Maranhão, Fernando Canto e Zé Miguel, Osmar é um dos maiores compositores do nosso Estado.

Osmar Júnior era amigo do meu saudoso pai. Também o considero um amigo. Um cara talentosíssimo e gente fina de quem sou um dos milhares de fãs.

Pelo artista e figura porreta que o Poetinha é, a ele rendo homenagens. Meus Parabéns e feliz aniversário, Osmar!

“Canto porque meu coração é de cantador e agora demora perdido na saudade que você deixou…”, Osmar Junior.

Elton Tavares

Feliz aniversário, Jacke Carvalho ! – @JackeCarvalho_

EuJackeeBel

Hoje é aniversário da fotógrafa, radialista, barista, produtora cultural, filosofa eventual, humornegrista, cinéfila, biriteira, especialista em mídias virtuais, amante de Rock and Roll, assessora de comunicação da PMM, jornalista e queridona amiga deste blogueiro, Jackeline Carvalho. A popular “Jacke”.

Jacke é presepeira, inventiva, malandra, descolada, sagaz, inteligente e muito bem humorada. Além disso, a figura é dona de sacadas incríveis, crítica, autêntica, boa de papo e ótimo gosto musical. Aliado a tudo isso, ela também é competente, determinada e justa.

Jack é meio Jim Morrison, meio Charles Bukowski e os heróis dela morreram de overdose. Combativa e safa, aconselho nunca entrar numa discussão com Jacke se você não tem argumentos consistentes. A moça é pirada, mas se garante.

Sinto saudades de encontrar Jack nas pautas e nos bares. Hoje em dia não saio pra cobrir eventos e nunca mais tive o prazer de beber com a maluca (com a gente, uma simples reunião etílica vira uma noite de goró em excesso, papo e Rock and Roll).

Ainda bem que ela parou de chiar por ter voltado a morar aqui, pois era um papo chato, mas que saia na urina por conta da gentebonisse da broda.

Já teve um tempo, no mundo virtual, que ela foi Alanis Morissete e eu Ian Curtis. A gente ri dessa porra até hoje. E lá se vão muitos anos.

Jackeline Carvalho é uma daquelas pessoas sempre bem vindas, que quando encontro é festa. Nem me lembro de quando a conheci, mas faz tempo. Sim, ela é uma velha amiga. Uma das figuras que valem à pena. E como!

Jacke, sua admirável louca varrida, Godão aqui te adora. Meus parabéns e feliz aniversário!

Elton Tavares

Fernando Brant, um dos fundadores do Clube da Esquina, morre em BH

download

Morreu na noite desta sexta-feira (12) o compositor e músico Fernando Brant, aos 68 anos. Um dos mineiros mais importantes para a música nacional, fundador do movimento Clube da Esquina, Brant morreu por volta das 21h30, no Hospital das Clínicas, em Belo Horizonte, após complicações por uma cirurgia de fígado.

De acordo com Ana Brant, irmã do músico, ele foi submetido a uma cirurgia que precisou ser refeita 48 horas depois. Ele não resistiu ao segundo procedimento. O corpo de Fernando Brant será enterrado no Cemitério do Bonfim, em Belo Horizonte, neste sábado (13).MCE_Fernando-Brant_FT013

Natural de Caldas, Fernando Brant nasceu em outubro de 1946. Formou-se em direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Mais tarde atuou como repórter da sucursal mineira da revista “O Cruzeiro”. Mas foi como músico e compositor que ele fez sucesso.

Na década de 1960, conheceu Milton Nascimento, seu principal parceiro em mais de 200 músicasFernando-Brant-1-Foto02. Em 1967, compôs sua primeira música, “Travessia”, que se tornou um hit nacional na voz de Milton Nascimento.

Bituca, como Milton é carinhosamente chamado no Clube da Esquina, ainda interpretou outros clássicos de Brant, como “Canção da América”, “Nos bailes da vida”, “Maria, Maria”, “Planeta blue”, “Promessas do sol”, “O vendedor de sonhos” e “Encontros e despedidas”, entre outros.

Brant ainda formou parceria com os irmãos Borges, Beto Guedes, Tavinho Moura e Sirlan.20150613073447349825a

Em 1967, Brant participou do II Festival Nacional da Canção, na TV Globo, com três canções escritas em parceria com Milton Nascimento: “Morro velho”, “Maria minha fé” e o hit “Travessia”, que terminou em 2º lugar no evento.

Em 1968, participou do IV Festival de Música Popular Brasileira, na TV Record, com a canção “Sentinela”, cantada por Cynara e Cybele.

clube_da_esquina
Em 1970, escreveu, com Milton Nascimento, a trilha sonora de “Tostão, a fera de ouro”, curta-metragem de Ricardo Gomes Leite e Paulo Laender, com destaque para a canção “Aqui é o país do futebol”. No mesmo ano, Milton Nascimento gravou outras canções de Brant, entre elas “Para Lennon e McCartney” e “Durango Kid”.

Em 1972, as composições “San Vicente”, “Ao que vai nascer” e “Paisagem na janela” foram incluídas no histórico LP “Clube da Esquina” , de Milton Nascimento e Lô Borges.

Em 1998, as canções “Janela para o mundo” e “Louva-a-deus” integraram o repertório de “Nascimento”, disco premiado com o Grammy.

Fonte: G1 Minas Gerais

Meu comentário: Fernando Brant foi um dos grandes. A ele, meu respeito e admiração. Que o compositor faça sua passagem em paz. Valeu!

III “Jork and Roll”: Homenagem rocker ao saudoso músico Jorkdean Vilhena

22201_832861720132775_5504658812796380785_n

Para comemorar o que seria o aniversário de Jorkdean Vilhena, falecido músico amapaense que faria 38 anos de idade no dia 4 de setembro, a família e amigos realizarão no dia 27 de Junho de 2015, a partir das 18h, na Praça da Bandeira, o III “Jork and Roll”.

História

Jorkdean era funcionário da Caixa Econômica Federal e, nos momentos de lazer, possuía uma banda de Rock in Roll cover. Os interesses musicais do Jork eram variados, já que penetravam de Beatles a Raul Seixas passando pelo Heavy Metal de bandas como Iron Maiden, Judas Prist a Death e Dream Theater.

Em 13 de janeiro de 2013 veio à óbito, após uma pancada em sua cabeça,desferida com um capacete por um mototaxista clandestino, o macapaense Jorkdean de Vilhena Silva. O fato ocorreu após uma discussão banal de trânsito que, para piorar tudo, nem envolvia a pessoa que se tornaria o assassino.

Edições Anteriores:

Como uma maneira de lembrar de sua memória, promover uma celebração cultural e ao mesmo tempo contribuir com uma campanha de conscientização social contra a violência no trânsito, parentes e amigos criaram o evento denominado Jork in Roll Fest. Este evento já ocorreu duas vezes.

O primeiro evento ocorreu em 2013, na frente à casa de sua mãe, onde um palco foi montado na rua e am1185317_578561572207671_1224794044_nigos e parentes prestigiaram diversas bandas. As bandas que prestigiaram o evento tocaram músicas de muitas bandas que, em diferentes momentos, estiveram presentes na vida musical do Jork. Ao final, já em clima que “espero que continue”, os amigos e parentes já se preparavam para a continuidade do Jork in Roll Fest.

No ano seguinte, já com a experiência advindas com pequenos problemas que ocorreram na operacionalização do I Jork in Roll Fest, a organização da segunda edição se preparou para a elaboração de um projeto mais ambicioso. Um projeto no qual projetasse essa manifestação cultural e de protesto contra a violência urbana de maneira mais ampliada. O local escolhido foi magistral, a Praça da Bandeira. Esta Praça é uma marca da evolução do Rock no Estado do Amapá que, em certa medida, se confunde com a própria história do Jork, um dos pre10565015_703889573030423_3590169077024369689_ncursores na difusão do estilo musical em Macapá.

Com o apoio recebido pela Prefeitura de Macapá e pela Imperial Music, pudemos fazer um evento verdadeiramente de vanguarda no Rock amapaense. Para coroar o festival, uma banda profissional de Belém (Pará), banda Mitra, fechou o evento com músicas autorais no bom estilo heavy metal.

Nova edição No ano de 2015, esperamos contar com os apoios das edições anteriores e também com novos apoiadores financeiros e técnicos. Nesta edição, queremos trazer uma banda de São Paulo, também profissional e com som autoral chamada Zênite de death metal. Para realizarmos com sucesso a nova empreitada, a chave do sucesso é o apoio! Portanto estará a venda uma rifa no valor de R$10,00 reais de uma super guitarra, ajudem a crescer esse evento e a acabar com a violência no trânsito !!!Jork

Conheci o Jork em 1991, quando cursamos juntos a 7º série juntos, na Escola Alexandre Vaz Tavares (AVT). O cara era um gozador, um sacana gente boa. Ele foi um dos melhores músicos que vi tocar, principalmente Heavy Metal.

Com a banda Sloth, Jork embalou piseiros memoráveis nas noites quentes de Macapá. Tempos bons aqueles. Figura nada ortodoxa,  fazia miséria no baixo. Enfim, o Jork and Roll será um evento não somente de Rock, mas um encontro de velhos amigos.

Serviço:

Evento: III Jork and Roll
Local: Praça da Bandeira, centro de Macapá.
Data: 27/06/2015
Hora: a partir das 18h

Elton Tavares

Feliz aniversário, Nêgo!

1912265_1547668355477763_5341798662933620512_n

Hoje é aniversário do proprietário de um dos bares mais legais de Macapá, vascaíno sofredor, militante da cultura, garçom, empresário e velho amigo meu, Joanildo Santana, o popular “Nêgo”. Ele é, acima de tudo, um cara honesto batalhador, trabalhador, competente, talentoso e gente finíssima!

Acredito que paciência e bom humor são fundamentais para qualquer área, mesmo que eu não tenha a primeira qualidade. O Nêgo te de sobra. Conheci o cara há mais de 10 anos, quando ele trabalhava no Norte das Águas, onde aliás era um funcionário exemplar.

Negrola carrega esse carisma, aliado a sua experiência com público e o dom de fazer amizade. Sempre com um sorriso no rosto e uma sacada de malandragem refinada. Ele é realmente um cara porreta!

Não à toa, quem frequenta seu quiosque no Complexo Beira Rio, às margens do Rio Amazonas, no centro de Macapá, adora o bar. O local foi aberto há pouco mais de oito meses e é sucesso de público e crítica.

Enfim, Nêgo é um cara porreta, que ama o que faz e por quem torço muito. Meu velho amigo, que sigas com saúde e toda essa alegria encruada que tens. Meus parabéns e feliz aniversário!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Zé Loca!!

11196322_1108141099201365_7267850203467373915_n

Hoje (5) é aniversário do pai , filho, marido e irmão dedicado, amigo fiel, lutador de artes marciais, servidor público, flamenguista, acadêmico de Direito, amante de Rock and Roll e querido brother deste jornalista, Juscelino Mira, o popular “Zé Loca”.

Nem sempre gostei de Juscelino, mas era somente má impressão sobre o cara mesmo, pois ele é demais gente fina e isso faz muito tempo. Aliás, nem lembro quando me tornei amigo do Zé Loca, mas por ele tenho grande respeito, admiração e amizade.

Juscelino casou e deu uma sumida, o que não diminui nem um pouco a brodagem entre nós, pois quando o encontro é sempre firmeza. Com ele já curti Rock, tomei muitas cervas e fiz ondas porretas. O cara tem um bom humor invejável e é sempre uma boa companhia (ou má, dependendo do ponto de vista, rs). Já fizemos até um piseiro juntos, quando botamos uns figuras pra correr.

Enfim, Zé Loca um cara legal, da paz, só não o provoquem. Juscelino, meu velho, desejo que tudo que couber no seu conceito de felicidade se realize. Desejo ainda mais saúde e harmonia na sua vida. Meus parabéns e feliz aniversário!

Elton Tavares

Festival em homenagem a roqueiro assassinado quer reunir 5 mil pessoas

22201_832861720132775_5504658812796380785_n

Por Fabiana Figueiredo

Sucessos do rock, conscientização e emoções não vão faltar no 3º “Jork’n’roll”, em Macapá. O festival, que vai reunir 8 bandas, marca homenagens a um músico amapaense que foi morto após uma briga no trânsito, em 2013. A organização do evento espera reunir 5 mil pessoas no dia 27 de junho, a partir das 17h, na Praça da Bandeira, no Centro da capital.

Em memória ao baixista Jorkdean Silva, o “Jork’n’roll” propõe conscientizar a população para a redução de mortes no trânsito. O músico morreu aos 35 anos após ser agredido com um golpe de capacete na cabeça durante uma discussão no trânsito em Macapá. A programação é organizada por familiares e amigos do músico.

Vão se apresentar Zênite, banda de rock de São Paulo, e outras 7 do Amapá, tais como Além do Rádio, Stereovitrola, Motel 69, Obthus, Cerimonial Sombrio e Arsênyo. Jorkdean era o baixista de uma das bandas convidadas para o festival, a Sloth. Também estão programados covers dos Beatles e Raul Seixas no festival.

“Jork’n’roll” surgiu como um evento organizado na casa da família do artista, em 2013, ano da morte do amapaense. No ano seguinte, a programação reuniu cerca de 2 mil pessoas na Praça da Bandeira.Jork

Para ajudar a custear as despesas com o festival, familiares e amigos estão sorteando uma guitarra através de uma rifa, vendida ao preço de R$ 10.

Serviço

3º “Jork’n’roll”
Dia: 27 de junho
Hora: a partir das 17h
Local: Praça da Bandeira
Entrada: franca
Informações: (96) 99172-5792 ou 98123-3412

Fonte: G1 Amapá

Feliz aniversário, Sofia!!

sofia (1)

Hoje é aniversário da aprendiz de violonista, pintora, fotógrafa, desenhista, estudante, amante de rock, filha do Tássio e Rebecca, além de minha afilhada Sofia Braga Callins.

Hoje a Sofi completa 13 voltas em torno do Sol e ainda tem muita vida pela frente. Não sei quase nada do mundo de Sofia, pois sempre fui um padrinho ausente (por pura falta de competência para o cargo), mas me preocupo com ela e sempre a ajudarei no que for preciso.

Sofi, que tudo que couber no seu conceito de felicidade se concretize e que tenhas sempre saúde, amor e paz (e juízo). Fico longe, mas você e seus pais sabem que sempre poderão contar comigo. Meus parabéns e feliz aniversário!

Elton Tavares

Três vivas para o Fernando Canto: viva, viva, viva! – @fernando__canto

10930026_766632073389826_7435023570067575323_n

Completar 61 voltas em torno do Sol muitos conseguem, mas poucos deixam a marca da genialidade, principalmente com essa característica acompanhada de simplicidade e paideguice. Assim é Fernando Canto, o branco mais preto do Laguinho, que nasceu no município paraense de Óbidos, mas ama o Amapá e a sua cultura muito mais do que a maioria dos amapaenses. Hoje é aniversário dele, o Mestre Barbonez.

Fernando é compositor, cantor, músico, jornalista, professor mestre rumo ao doutorado, poeta, contador de ótimas histórias, apreciador de arte, sociólogo, ícone da cultura amapaense, escritor “imparável”, boemista, cronista sem igual, blogueiro, marido da Sônia, amante do carnaval, biriteiro considerado, incentivador e autor da música amapaense, membro do Grupo Pilão, militante cultural e servidor da Universidade Federal do Amapá.

Canto é um dos meus heróis da escrita. Concordo com o poeta Obdias Araújo, que, quando se refere a Fernando, sempre diz: “o maior escritor vivo do Amapá”. Tenho a honra de ser amigo dele e de toda a sua família.

Fernando Canto é uma espécie de Forrest Gump do Laguinho, pois o cara conhece cada causo, história, ladrão de marabaixo ou personagem do bairro. Parece que sempre esteve lá, observando do alto do morro do sapo, como um zelador do pedaço de Macapá que mais ama.

Fico feliz quando ele telefona ou manda e-mail, sempre com muita humildade (rara em alguém tão brilhante): “Elton, enviei uma crônica. Veja se gostas e se gostar, publique no seu site”. Porra! É o Fernando Canto, mermão! Ele nem faz força para escrever um texto sensacional. Além disso, é um cara tranquilo, bem humorado, ponderado, coerente, justo e com um papo sempre agradável.

Mestre Barbowisk, que Deus (ou seja lá o nome do “sindico”) conserve sua saúde, amor da família e dos amigos. Que nunca o cure dessa loucura instigante e gentebonisse crônica que tens. Enfim, que sejas sempre esse cara fantástico, “abenetando” ou não, meus parabéns e feliz aniversário, querido Fernando!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Fineias! – @fineiasnelluty

67400_1624790829383_1524895834_1581858_5250577_n

Hoje é aniversário do produtor musical, músico, cantor, multi-instrumentista, idealizador e organizador do Festival de Música Instrumental do Amapá (Feminsap), pai e marido dedicado, ex Jéssica Candomblé (famosa bicha do Brega), um dos personagens principais da música amapaense, artista multifacetado e talentosíssimo, além de meu amigo de longa data, Fineias Nelluty.

Nem me lembro desde quando conheço Fineias. Com certeza é da época da doideira, quando também fiz amizade com seus irmãos Miquéias e Elias. Há décadas, o cara alegra as noites amapaenses com sua música.

Filho do maestro Tiago e membro de uma família de músicos, Fineias é dono de vasto conhecimento sobre canções, em estilos diversificados como MPB, Jazz, Blues, MPA, entre outros. Um cara admirável pelo bom humor, inteligência e paideguice (sim, ele é um grande sacana).

Rodado, experimentado e aprovado por público e crítica, Fineias é incansável. Já tocou em Tributos a grandes nomes da música nacional (organizados por ele mesmo), comanda a banda de Jazz Amazon Music e, ao mesmo tempo, manda ver sua Zankerada (com ritmos da Guiana Francesa, onde o cara tocou nos anos 90 e do Amapá).

Gosto tanto do sacana que divulgo todo evento que Fineias promove ou toca. Uma vez até dei um sacode num maluco, lá no Norte das Águas, que tava enchendo o saco do brother.

Sempre digo que quem música boa é foda! No Amapá, Fineias está entre os melhores. O cara batalha, arrebenta, agita, encanta e sempre agrada. E ele não é somente um artista completo, mas um ser humano do bem, carismático, boa praça, gente fina mesmo. Ao amigo, meus parabéns. Mano velho, feliz aniversário!

*A gente precisa de uma foto juntos, porra!

Elton Tavares

Feliz aniversário, tio Paulo Tavares! – @paulorptavares

1554507_648427201876981_3593875584054733789_n

Nos tempos de criança, eu gostava quando o irmão caçula do meu pai vinha passar férias em Macapá. O cara sempre foi divertido, brincava comigo e com o meu irmão e sempre tava de bom humor. O figura sempre teve muita energia, dinamismo e ousadia. Eu sempre admirei o homem que ele foi e muito mais o que se tornou.

Pai exemplar, empresário de sucesso, filho amoroso e cuidadoso da Peró e irmão parceiro do meu pai, tios Pedro e Maria, hoje é aniversário de Paulo Roberto Penha Tavares. Homem com inteligência acima da média e que emana energia positiva. Mas que também possui espírito inconformado com as ruindades do mundo, como todas as pessoas de bem.

Tio Paulo é prático, astuto, perspicaz e realizador. Teve a persistência e trabalhou duro pra alcançar o patamar em que está hoje. O cara zerou o jogo da vida, pois possui uma linda família, status, grana e o respeito de todos.1233398_539537609432608_2090142755_n

Claro que, às vezes, ele é meio rabugento. Não podia ser diferente, todos temos um lado meio brabo neste clã, que, aliás, é honrado. Mas o Paulo tem um diferencial, é elegante e gentil. Sabe ponderar e costuma dizer que sempre tem um plano B. Não duvido, ele é realmente brilhante.

O cara era administrador, virou contador e depois advogado. Entenderam como ele é foda? Um homem de vasta cultura geral que soube canalizar um mix de talento, ambição e trampo para uma vida de sucesso. Acompanhei tudo isso é realmente uma história de dar orgulho.

Já disse e repito: admiro Paulo por várias razões. Pelo caráter, honestidade e respeito que ele tem pelos outros, sobretudo por ser um homem de bem e valorizar nossa família.

Tomar umas com ele é sinônimo1510498_621045614615140_922070855_n de sorver conhecimento e diversão. Não, não se trata de somente mais uma biritada, mas sim um papo rico sobre as coisas boas da vida, sempre regado a boa música.

Tio Paulo também é um amigo da vida toda. Sou feliz por ter seu amor e respeito e é uma relação recíproca.

Tio, que estes 53 invernos, no mínimo, se dupliquem para que possas ver, assim como a Peró, seus bisnetos. Que Deus siga a lhe dar saúde e paz, pois o caminho do sucesso tu sabes. Eu e Emerson te amamos, assim como todos os Penha Tavares. Meus parabéns e feliz aniversário!

Elton Tavares