Feliz aniversário, Carlinho! – @CarlosNilson

Todos nós temos amigos queridos, mas meio distantes. E também aqueles velhos amigos de infância, que sempre estão lá, nas memórias afetivas, no meu caso, dos anos 80. Uma dessas pessoas é o Carlos Nilson Júnior. O “Carlinho”.

Conheço o cara desde que éramos moleques. Filho do casal Nilson e Regina, amigos dos meus tios e dos meus pais, além de parceiros de velhos carnavais, Carlos é pai do Luís, marido da Gláucia irmão do Veridiano, Claudio e Tainá. “tutti buona gente“, como dizem os italianos.

Carlinho também é servidor público, jogador de basquete, comentarista da NBA no Twitter, vascaíno sofredor inconformado, apreciador de boas cervejas e cinéfilo e fã de Rock and Roll.

Nós estudamos juntos no ensino fundamental, na Escola Tiradentes. A gente sempre se deu bem. Acho que Carlos completa 43 abrils amazônicos hoje, mas tem cara de moleque. Eu com a mesma idade, pareço ter 55 anos. (risos).

Perdemos no tempo e nos reencontramos há poucos anos. Foi um bom resgate de amizade, pois quando rola uma reunião etílica com ele e Gláucia, é sempre porreta. Filho de poeta e escritor, o cara tem vasta cultura geral e é dono de um papo pai d’égua. E essas reuniões são sempre regadas a muita birita, pois a gente é chegado num goró sim.

Como já disse em outro texto, nutro respeito, consideração e brodagem por Carlinho e Gláucia. Eles são daqueles casais que até me dão uma rápida vontade de arrumar uma esposa (mas é muita rápida mesmo. Ainda bem que vontade dá e passa logo).

Meus parabéns pelo seu dia, Carlinho. Dou valor no senhor, mano velho. Que tenhas sempre saúde e sucesso junto aos seus amores. Feliz aniversário!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Herval Barbosa! – @Hherval

Gosto de parabenizar amigos em seus natalícios, pois declarações públicas de amor, amizade e carinho são importantes pra mim. Quem gira a roda da vida nesta quarta-feira (24) é o Herval Barbosa.

Filho, irmão e tio amoroso, biriteiro, meio cagueta, meio facista (bocudo e fã do Bozo, pois ninguém é perfeito), apreciador de cervas artesanais, ciclista, fã de Rock and Roll, Cinema e jogos eletrônicos (piloto de F1 Digital), colaborador da escola de idiomas Minds Macapá, além de brother deste jornalista, o cara é uma figura.

Conheci o Herval em 2016. De lá pra cá, bebemos uns 10 anos em 3. Passei noites inteiras batendo papo com o sacana. Conversas sobre a vida e nossas presepadas, tudo sempre regado à muita cerveja.

Herval, mano velho, já disse e repito: Que sigas pisando forte em busca dos teus objetivos e que tenhas sempre saúde e sucesso junto aos teus amores. Muita luz pra ti. Parabéns pelo teu dia e feliz aniversário!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Ximena!

Gosto de parabenizar os amigos, pois é preciso dizer de quem gostamos. Hoje aniversaria a funcionária da iniciativa privada, mãe da Alice, filha mais nova da dona Sabá e do seu Waldemir, irmã dos amigos Anderson, Tuca, Gago, Shirley e Bediel, cunhada da Adê (sim, é grande e querida a família), marombeira, louca varrida, gaiata engraçadíssima, amante de cervas, parceira de velhos carnavais e encontros memoráveis, além de muito amiga minha, Shirlene Miranda, a nossa popular “Ximena”.

Conheci a Ximena no início dos anos 2.000. De lá pra cá foram incontáveis momentos festivos que dividimos com amigos e sua família. Nestes 19 anos de amizade, a broda de berço hoje nunca fez qualquer coisa que me desagradasse. Pelo contrário, sempre foi uma menina alegre, prestativa e de astral contagiante.

A Ximena é muito divertida, inteligente, parceira, bonita, cômica, bem humorada, criativa, responsável e trabalhadora. Sobretudo, uma mulher de bem. Ah, ela é mãe da linda Alice, o que diminuiu a sua frequência entre nós, farristas exemplares. Mas não a nossa brodagem de longa data e sem prazo de validade.

Enfim, Ximena, tu mora nos nossos corações, pois essa galera toda te ama pelos motivos citados, entre outras qualidades. Que tenhas sempre saúde e sucesso na tua caminhada. Meus parabéns e feliz aniversário!

Elton Tavares

*Texto republicado, mas de coração. 

Robert Smith completa 60 anos e 39 de Rock and Roll! – Happy 60th birthday to #RobertSmith of #TheCure.

 

cure4

Hoje é aniversário de Robert James Smith, o popular Robert Smith. Ele é líder, vocalista, guitarrista e compositor da lendária banda inglesa The Cure. Aliás, o único membro da formação original do grupo. O cara é um ícone do Rock e da música alternativa mundial.

563022_480979601955076_1522168739_n
Show do The Cure em São Paulo – Foto: Elton Tavares – Clique e veja a imagem em tamanho original.

Robert nasceu em 21 de abril de 1959, em Blackpool (ING). Portanto, completa 60 anos de vida, sendo que trinta e  nove deles à frente de sua influente banda oitentista, que por muito tempo foi considerada a maior e mais importante no cenário gótico/pós-punk.

DSCN4594
Show do The Cure em São Paulo – Foto: Elton Tavares – Clique e veja a imagem em tamanho original.

O The Cure é uma das bandas que fazem parte da trilha sonora da minha vida. Ao som dos britânicos, fizemos muitas festas, noitadas, reuniões com amigos e tantas outras lembranças legais.

Eu e meu irmão assistimos, em 2013, um show histórico do The Cure, em São Paulo. Se já não bastasse tamanha felicidade, ainda encontrei a banda no Aeroporto de Guarulhos e consegui uma foto com o Rockstar.EueRobert

Vida longa ao talentoso e carismático Robert Smith. Que ele toque, componha e cante por mais 60 anos.

Elton Tavares

Feliz aniversário, Grazi Suzuki! – A amada “Lilo”

“Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos”, disse uma vez o escritor Paulo Sant’Ana. É verdade. Alguns fazem parte de nossa história. Entre os relevantes e que estão na minha lista de brothers “das antigas” está Graziela Suzuki. Hoje é aniversário dela, a nossa amada Lilo.

Sim, é o novo ciclo da professora, Chef, turismóloga, filha da querida Naná, mãe de duas crianças lindas e esposa do Rodrigo, Graziela Suzuki. Chamo-a de “Grazi” ou “Lilo” (por conta da semelhança dela com a menininha da animação “Lilo e Stitch”).

Lilo sempre foi safa e inteligentona. Uma pessoa meiga, educada, bem humorada e muito querida por mim e por uma legião de amigos, além de sua linda família de japoneses negões tucujus.

Um dia ela me disse que se orgulha de mim, do que me tornei. Faço minhas as palavras dela sobre a vida que ela conquistou. Aliás, sempre parafraseio o sábio e querido Fernando Canto para falar de velhos amigos com quem perdi o contato: “do tempo que fomos para sermos o que somos”.

Com Grazi, travei discussões homéricas sobre tudo, sempre com uma bebida e um som legal. Minha histórias com Lilo são recheada de momentos sensacionais e memoráveis. Alguns deles totalmente impublicáveis e hilários. Amo essa mulher e sou feliz em ver que ela zerou o jogo da vida, pois ela está feliz profissionalmente, casou com um cara foda e tiveram pequenos lindos.

Graziela faz parte de minha memória afetiva nisso. Ela foi embora há tempos, morou em muitas cidades e agora reside em São Luiz (MA) com sua linda família. Veio aqui há pouco tempo e graças a Deus, nos vimos, conversamos, rimos e bebemos. Como sempre foi.

Lilo, que teu novo ciclo seja ainda mais porreta. Tenho sorte e orgulho de ser seu amigo. Sigo a torcer por ti, de longe, mas aqui dentro do coração. Que tenhas sempre saúde e sucesso junto aos seus amores. Parabéns pelo teu dia. Feliz aniversário!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Maksuel Martins!

Hoje aniversaria o esposo da Aline, idealizador do Ninja Box , empresário, membro da equipe de comunicação do Governo do Amapá, agente cultural, cinegrafista, vocalista da banda Amatribo e fotógrafo talentoso, Maksuel Martins. O “Mak”, como é chamado por alguns amigos. Um cara com olhar diferenciado e apaixonado pela fotografia.

Adoro fotografar, mas sou somente um apertador de botões. Tenho sorte de ser amigo de bons fotógrafos – o Mak e muitos outros. Invejo a sensibilidade de pessoas como Maksuel, que conseguem fazer poesia com pixels.

Curiosamente, o cara é a lata do Thom Yorke, líder e vocalista da banda inglesa Radiohead (só que moreno). Só duvido que o astro inglês tenha o carisma, paideguice e gentibonisse do Mak.

Vez ou outra, preciso de fotos e recorro aos amigos, que sempre me salvam. Mak é um deles e sou grato por isso.

Não lembro quando conheci o Maksuel, mas faz um tempo. Dou valor no maluco.

Enfim, este é um registro do respeito e apreço que tenho pelo ilustre e muito gente boa, Maksuel Martins. Mak, que sigas com saúde e sucesso, sempre pisando forte em direção aos seus objetivos. Parabéns pelo teu dia e feliz aniversário!

Elton Tavares

Meus parabéns, Pedro Aurélio (te amo, tio!)

Peró e seus filhos: Maria, Pedro e Paulo. Meus amados avó e tios.

Entre os amigos que tenho e que possuem o mesmo sangue que eu, Pedro Aurélio Penha Tavares é um deles. Além de meu tio, o cara é um conselheiro, parceiro e socorrista (já precisei dele e o irmão de meu pai não me faltou). Um dos figuras que me orgulho de levar o mesmo sobrenome.

Terceiro filho da Peró e “Juca”, pai de quatro filhos, avô de um lindo casal, marido da Lúcia, administrador de empresas, bacharel em Direito, maçom, fazendeiro e conselheiro substituto do Tribunal de Contas do Estado (TCE/AP), Pedro Aurélio é um cara PHODA.

Longe de ser um homem perfeito, genioso, combativo e questionador, mas leal e honesto, tio Pedro é um exemplo. O que lhe falta em leveza, sobra em atitude. Gosto disso. A gente até discorda. Sobre política principalmente, mas de forma respeitosa, como deve ser.

Inteligente, trabalhador, corajoso, culto, decente e cheio de manias, Pedro Aurélio é o segundo filho preferido da Peró, minha avó e esteio de nossa família. Segundo por motivos de ser impossível competir com a tia Maria, a filha mais zelosa que uma mãe poderia ter.

Já disse e repito: sou parecido com Pedro Aurélio. Não fisicamente, pois o sacana tira sarro comigo por eu ser um gordo. Mas é que ambos somos pontuais (detestamos esperar), esquentados e não levamos desaforos para casa. Também gostamos de cumprir promessas, o que nos leva a cobrar os compromissos assumidos. Ressalto que somos semelhantes, mas o tio nunca teve a porra-louquice que tento amenizar dentro de mim.

Conversar com ele é sempre porreta. Um aprendizado e uma alegria em cada encontro (a gente já até comeu tamoatá com vinho chileno, rs). Quem tem a sorte de ser amigo dele, sabe do grande coração do cara. Nem sei o momento exato em que Pedro Aurélio deixou de ser somente o meu crítico tio e se tornou esse grande amigo. Mas agradeço a Deus por ter nos aproximado, pois ter seu respeito, amizade e amor é importante pra mim. Muito importante!

Enfim, cheio de moral e boas histórias ao longo da jornada, Pedro Aurélio nunca foi somente mais um. Sua tenacidade sempre o fez autêntico, daqueles caras que marcam presença, pisam na beira e dão o recado (ou fazem o que é preciso) como poucos que conheço. Tem sempre os patetas que não gostam de pessoas assim. Mas estes, além de desafetos ou fãs, são somente plateia. Já eu, dou valor!

Tio, tu completas 66 “abrils” hoje e já torço pra ires até pelo menos os 120 invernos amazônicos. Seja nas fazendas Santa Lúcia e São Pedro ou na cidade, que tenhas sempre saúde e felicidades ao lado da muito querida Lúcia e demais amores de tua vida.

Sou imensamente grato pelo apoio de sempre. Eu e Emerson (pois sei que posso falar também pelo meu irmão) amamos você pra caralho (leia-se intensidade). Parabéns pelo teu dia e feliz aniversário!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Marcelo Guido!

Alguns amigos fazem parte de nossa história. É difícil acessar a pasta de memória afetiva sem esses personagens estarem lá. Uns com muita importância, outros nem tanto. Entre os relevantes e que fazem parte da minha lista de brothers “das antigas” está Marcelo Guido.

O cara é pai da Lanna e Bento, marido da Bia, jornalista e assessor de comunicação, ateu (daqueles chatos) ex-blogueiro, vascaíno calejado (com muito amor por esse time e resignado pelo sofrimento), remista, colaborador deste site, amante de rock and roll e futebol, fã Nº 1 dos Ramones e velho amigo deste editor.

Eu e Guido é um lance meio amor e ódio. Ele já falou mal de mim e eu também o detonei. A gente também ficou brigado por anos, inclusive sem contato algum. Mas, ainda bem, sempre foi mais amor que ódio.

Para quem não é da época (ou não sabe), nos anos 90, eu e Marcelo éramos de uma galera de malucos. Ele sempre foi daqueles que topava qualquer parada e sempre vencíamos tudo assim. Tempos de impulsos, precipitações e loucuras. Sim, sensatez era outro departamento.

Foi nesse contexto que encaramos incontáveis brigas de rua, noites etílicas com biritas de procedência duvidosa, que quase sempre resultavam em amanhecidas memoráveis. Em muitas outras dessas noites, o encontro era somente pra jogar conversa fora.

Eu chegava na casa do cara, ali no centro da cidade e a gente sempre armava um churrasco de galeto com vinho barato. Também éramos andarilhos da madruga, pois nunca tivemos carangos e nem motocas. Muito menos desinteirávamos o do goró pra pegar ônibus, táxi, etecetéra e tals. Foi um tempo de vacas magras, mas muito feliz. A gente sobreviveu por um milagre (sim, no texto de parabéns a um ateu).

Guido também era meio potoqueiro, mas ele nunca admitiu e nunca admitirá isso (risos). Marcelo também foi um dos caras que me deram força na época da morte do meu pai, em 1998. Sou grato por isso.

O Guido segue com um temperamento explosivo. Ainda esbraveja aos quatro cantos quando provocado. Eu um pouco menos que antes. Mas ele é um cara do bem, mesmo com suas regras severas sobre pessoas com quem se relaciona (sempre converso com o brother sobre isso).

Já disse e repito: admiro o pai de família que o Guido se tornou. Às vezes, ele ainda me tira do sério e fico puto com o figura. O sacana vive tirando onda comigo por ser gordo, o que me deixa mordidaço. Sorte dele que come que nem uma escavadeira hidráulica e não engorda, o frescão. Mas depois passa e a gente segue amigos.

Com o passar dos anos, Guido também se tornou brother do meu irmão, Emerson. E aí formou geral a “fina flor da sociedade” (risos) dos malucos.

O mais legal é que nos tornamos caras bacanas (muita gente pode discordar disso), que não queremos nada que não seja nosso por direito ou batalho. E quase coroas doidões, mas bem menos que antes, pois este futuro em que vivemos “não é mais como era antigamente”. Graças a Deus.

Guido, mano velho, em linhas gerais, tu és um cara que sei que posso contar. A gente já viveu muita onda errada pra eu ter essa certeza. E é um lance recíproco. Este texto é um registro do amor, amizade, respeito e parceria mútua.

Que tu tenhas sempre saúde e sucesso junto aos seus amores. Parabéns pelo teu dia e feliz aniversário!

Elton Tavares (e falo também pelo Emerson Tavares, meu irmão, que também é irmão do Marcelo Guido). 

Meus parabéns, Alzira Nogueira!

Hoje aniversaria a socióloga, assistente social, militante das causas sociais, sobretudo do movimentos de mulheres e afrodescendentes, servidora do Ministério Público do Amapá (MP-AP), membro do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da Universidade Federal do Amapá (NEAB-Unifap), mãe da linda Maria Cecília, minha colega de trabalho e amiga, Alzira Nogueira.

Sou suspeitosíssimo para falar da Alzira, pois ela já me ajudou e sou eternamente grato por isso. Além do mais, essa mulher é inteligente, engajada em nobres causas, trabalhadora, competente, articulada, temporizadora, entre outras tantas paideguices que possui.

Alzira é doce, bem-humorada, educada, carinhosa, simpática e brincalhona. Só assim para ela dar conta de tudo que se propões. Ah, e se garante , pois a mulher é uma maquina em organizar, explicar, convencer e planejar. Tudo que ela tem excelentes resultados.

Alzira, minha querida, este registro é só pra ressaltar o meu respeito, admiração e amizade por ti. Que tenhas sempre sucesso e saúde junto aos teus amores. Parabéns pelo seu dia. Feliz aniversário!

Elton Tavares

*Texto republicado, mas de coração. 

Meus parabéns, Joel Mário! (hoje é aniversário do “Scablef”)

Eu, Marcelo Guido, Edmar Santos, Joel Mário (Scablef), Fabrício e Adílson Cavalcante – Quiosque Vou Vivendo, na praça Beira-Rio, em Macapá – 1998.

Hoje também aniversaria o pai e marido dedicado, fã de Rock and Roll e DJ de Reggae, amante de cervas enevoadas, praticante de artes marciais, maluco das antigas e velho amigo meu, Joel Mário, o nosso popular “Scablef”. Trata-se de um cara trabalhador, honesto, gente boa e, sobretudo, um homem de bem.

Não lembro quando conheci o Joel, mas faz muito tempo. Juntos, aprontamos muito na Macapá dos anos 90 e graças a Deus, sobrevivemos. Scablef pilotava um fiat que não pegava mal olhado e nem quebranto, de tão benzido pelos deuses loucos daqueles tempos. Ainda lembro da gente pulando a janela da casa do saudoso Jork, tédoidé! (risos).

Pouco encontro o Joel. Na verdade, não nos vemos há tempos. Mas tenho certeza que ele tem o mesmo respeito e amizade que nutro por ele, comigo. Nós vivemos o underground, o submundo da juventude de Macapá e conseguimos “virar gente”. Este registro é só pra marcar a data do natalício desse querido amigo.

Scablefe, mano velho, siga pisando forte em busca dos teus objetivos. Que tenhas sempre saúde e sucesso junto aos teus amores. Muita luz pra ti.

Meus parabéns e feliz aniversário!

Elton Tavares

*Texto republicado, mas de coração. 

Feliz aniversário, Spot! – @mhSpotlight

Hoje é aniversário do pai da linda Alice, filho da querida Alcinéa e do Soeiro, profissional de T&I (bem “Mr. Robot” mesmo, pois o cara é PHODA nas tecnologias e virtualidades do universo midiático “internético”), organizador do projeto “Electronic Square”, DJ de música eletrônica, observador da Lua, apreciador de cervas enevoadas, meu ex-colega de trabalho e amigo, Márcio Spot.

Trata-se de um “bichão” muito gente fina. Um figura calado, irônico, observador, muito inteligente, malandro e safo. Spot é um cara que manja das paradas. Um maluco que se garante, pois conhece os atalhos invisíveis aos olhos dos pregos.

Além de esperto, sagaz, sarcástico, Spot é bem humorado, tem boa vontade e ótimo caráter.Com excelente papo, é um parceiro bom de ter ao lado, seja no trampo ou numa mesa de bar.

Já disse e repito: o malandro some, às vezes pira sozinho, mas quando resolve aparecer, é festa. E uma festa com muita cerveja. Agora o cara tá com uma filhinha linda e mais quieto, mas é sempre bem vindo quando quiser “molhar a palavra”.

Enfim, Márcio, mano velho, que tenhas sempre saúde e sucesso junto aos seus amores, Gosto muito de você, mermão. .

Parabéns, mano velho. Feliz aniversário!

Elton Tavares

*Texto republicado, mas de coração. 

Meus parabéns, Paulo Silva! – @PauloSilva1955

Hoje, completa mais uma volta em torno do Sol, Francisco de Paula Silva Santos, o popular Paulo Silva. Pai da Mary, Mario e Marcos, além de avô do João. Fervoroso torcedor do Botafogo, Ypiraranga e Pirata da Batucada, ele é um dos grandes da imprensa amapaense. Não somente pelo tamanho, mas pela trajetória, postura e credibilidade.

Colunista político do Jornal Diário do Amapá, integrante da bancada do programa Luiz Melo Entrevista e um dos melhores radialistas da história do rádio amapaense, Paulão possui coerência e sensatez. O cara é rodado (no melhor sentido da palavra), já que trabalhou em todas as rádios do Amapá. Hoje, completa 64 anos. Destes, 45 dedicados ao jornalismo, nobre profissão que Paulo Silva abraçou como repórter esportivo.

Eu nunca fui muito próximo do Paulão, mas ele sempre me tratou muito bem. Não só por ser amigo dos meus pais, mas pelo homem de bem que é. Além disso, sou fã de seu texto, das colocações inteligentes e dos pontos de vista do querido jornalista. Me orgulhei quando ele me elogiou algumas vezes na rede social Twitter e sou grato por isso.

Paulão é respeitado por jornalistas, políticos, empresários e as demais classes da sociedade amapaense. Ele é um formador de opinião consistente, imparcial, faz uma crítica séria e com senso de Justiça. Um verdadeiro exemplo de jornalista para os que atuam nesta profissão.

Livre-pensador, um exemplo de colega e um amigo que admiro e respeito, além de jornalista brilhante, hoje rendo homenagens ao Paulão. Parabéns, amigo. Que tenhas sempre saúde e sucesso junto aos seus amores. Feliz aniversário!

Elton Tavares

Meus parabéns, Josi!

 

Josi e eu – Gosto muito desse cara!

Hoje aniversaria o empresário, sócio proprietário do Colégio Albert Einstein, marido da Lidiane e pai da Júlia (duas funções que ele desempenha com muito amor e devoção), filho mais velho da dona Socorro, irmão da Mary e Jaci, além de meu amigo , Josimauro Rocha. Um cara gente fina, inteligente, amável, boa praça e querido por todos que tem o prazer de conviver com ele.

O Josi manja demais de política, pois foi coordenador em muitas campanhas políticas. Aliás, a política faz parte da sua história de vida, é algo com o qual lida com serenidade, discrição e competência. Principalmente em Santana, sua ilha natal. Além disso, é um pescador de mão cheia e um cara que sempre me surpreende positivamente, seja por sua sobriedade diante da vida ou pelas gentilezas do cotidiano.

O Josi é o irmão mais velho e durante muito tempo, foi mais que isso, pois ajudou a cuidar das irmãs, conforme os muitos ‘causos’, relembrados pelas duas meninas, vez ou outra. O tipo de pessoa que nasceu para uma família.

O cara é um homem de bem, um excelente pai, marido e amigo. Este texto é para deixar registrado o meu respeito e amizade pelo Josi, um baita cara porreta de quem posso me gabar de ser amigo.

Enfim, o Josimauro é uma excelente pessoa. Um cara simples, de boa índole e que faz de tudo para fazer os seus felizes.

Josi, mano velho, tu sabes que és considerado com o Gordão aqui. E eu sei que é recíproco. Que tenhas sempre saúde (muita saúde) e sucesso em sua jornada. E que a gente sempre faça essas reuniões porretas onde costumamos confraternizar. Meus parabéns pelo seu dia, meu amigo. Feliz aniversário!

Elton Tavares

*Republicado, mas de coração. 

Meus parabéns, Andreza Gil!!

Eu e Andreza Gil – Projeto Botequim- 2014 – Foto: Fábio Gomes

Hoje aniversaria a dançarina de marabaixo, militante da cultura, pesquisadora da Música Popular Amapaense, membro do grupo Poesia na Boca da Noite, poeta, membro da equipe de comunicação do Tribunal de Justiça do Amapá e jornalista, além de querida amiga minha, Andreza Gil. Ela completa 23 anos hoje.

Eu e Andreza Gil cobrindo manifestação contra o Temer – 2017

Andreza Gil era leitora do meu antigo blog, depois passou a ser colaboradora, sempre mandando poemas lindos. Ao longo do tempo, virou broda. Nos aproximamos ainda mais no fim de 2018 e início deste ano.

Sabem, Andreza e eu somos pessoas com uma diferença de idade grande, duas décadas precisamente. Mas sempre nos gostamos muito. Apesar de ambos possuirmos gênios fortes e difíceis (sim, a gente brigou algumas vezes), rola muito amor e respeito mútuo. Sei que já a decepcionei em alguns momentos e peço desculpas aqui, publicamente, no mundo virtual.

Perfeccionista e com mente de gente velha, Andreza aparenta ter menos de 23, mas seu comportamento é maduro, responsável, admirável. Sempre digo a ela, em vão, para não exigir tanto de si mesma. Com vinte e poucos anos é preciso viver, fazer umas cagadas e demais coisas da idade. Gil não. Ela é uma velhinha responsa e íntegra.

Além de todas as contribuições culturais já dadas ao Amapá (sim, ela divulga, participa, organiza, poetisa, apoia, já participou de Bienal e tals), Gil é uma daquelas pessoas que você tem certeza que ainda surpreenderá a todos positivamente, e muitas vezes.

Andreza é uma pessoa brilhante, linda por dentro e por fora e muito querida por todos que têm a honra e o prazer de conviver com ela.

Boto fé na menina!

Andreza, parabéns pelo teu dia. Que sigas firme nos teus propósitos e que teus sonhos se realizem. Talento tens de sobra. Vontade idem. O resto será consequência. Que tenhas sempre saúde para toda a lindeza que te aguarda. Amo você do meu jeito. Feliz aniversário!

Elton Tavares