Hoje Eric Clapton completa 74 anos. Três vivas para o velho bluesman!

LONDON, ENGLAND - MAY 14: Eric Clapton performs at Royal Albert Hall on May 14, 2015 in London, United Kingdom (Photo by Neil Lupin/Redferns via Getty Images)
O velho Bluesman

Apesar de ter furado o olho de George Harrison, Eric Clapton é um dos heróis da música mundial. Aliás, a música Layla (escrita para a ex do Beatle citado e então melhor amigo de Clapton, por quem Eric apaixonou perdidamente) quase o transformou o Eric Clapton no vilão do rock’n’roll.

O lendário guitarrista chega aos 74 anos hoje. Ronaldo Rodrigues já explicou: Claptomaníaco é quem rouba disco do velho guitar hero, mas também podemos chamar assim os fãs deste genial músico.

Clapton é um dos sobreviventes de uma longa vida repleta de sexo, drogas e rock and roll. Dono de uma música fantástica, tanto no Blues, quanto no Rock ou com ambos misturados. Ele é considerado o segundo melhor guitarrista da história, atrás de nada mais, nada menos, que Jimmi Hendrix.

Clapton sempre foi gênio, desde os tempos das bandas Yardbirds e do Cream.

Meu amigo Régis Sanches escreveu em um texto : “Eric Clapton, chamado de Deus em pichações nas paredes do metrô de Londres, no final da década de 1960, disse “Ninguém consegue tocar blues honestamente de barriga cheia”. Mister Clapton é a alma dos guitarristas, uma espécie de Fênix que sobreviveu a todas as tragédias. Como mestre de George Harrison, roubou a mulher do melhor amigo. Transtornado, mergulhou e emergiu do mundo negro das drogas. Certa ocasião, seu filho caiu da janela do apartamento. Seu coração ficou dilacerado. Mas a resposta veio na forma da sublime “Tears in Heaven”.

Esse é Clapton, um cara que transforma amor ou dor em arte. A sublime arte da música. Seus riffs já entraram para a galeria dos Deuses e ecoaram pela eternidade. Vida longa a Eric Clapton!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Thiago Soeiro! (@ThiagoSoeiro)

Eu, Pedro e Thiago, os queridos Poetas Azuis – 2016

Hoje aniversaria o filho amoroso da dona Raimunda, escritor de cartas, trovador do amor, jornalista, produtor da TV Equinócio (Record AP), que também atua como assessor de comunicação, blogueiro, excelente declamador de poemas, cantor, namorido do Pedro Stkls e poeta azul, Thiago Soeiro.

Juntamente com o Igor de Oliveira e Pedro Stkls, Thiago forma o sensacional grupo Poetas Azuis, donos de uma linda poesia musicada, da qual sou fã, divulgo e acompanho. Sempre digo que essa galera ainda será descoberta pelo Brasil. Eles são nossos “queridinhos cults”.

Thiago possui fino trato, inteligência, talento e muita paideguice. É um cara gentil, gente boa demais e que chega aos 30 anos feliz com sua arte. O cara já me emocionou alguma vezes durante as apresentações dos Poetas Azuis, quase estraga minha imagem de bruto (risos). A ti, amigo, rendo homenagens hoje.

Soeiro, tu és brother. Que Deus te abençoe com mais sucesso ainda, muita saúde e sabedoria. Que tenhas uma vida longa, com muita poesia, amor, paz e felicidades.

Meus parabéns e feliz aniversário!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Renato Santos!

Como todos sabem, gosto de parabenizar os amigos em seus aniversários. Quem roda o calendário neste domingo (24), é o pai, filho e marido amoroso, empresário e proprietário R. Santos Materiais de Construção, ilustre filho de Laranjal do Jari, além de muito meu brother, Renato Santos.

Renato é um cara virado, trabalhador, inteligente, bem humorado, observador, e gente finíssima. Um figura sorridente, prestativo, sensato e equilibrado, entre outras paideguices, sobretudo, um homem de bem.

Gosto muita do Renato. Nutro respeito, consideração e brodagem pelo cara. Ele é demais paid’égua!

Renato, mano velho, que sigas pisando forte em busca de seus objetivos e que tudo que você conceitua como felicidade se concretize. Que tenhas sempre saúde e sucesso junto aos seus amores. Parabéns pelo teu dia e feliz aniversário!

Elton Tavares

Hoje o Aog Rocha gira a roda da vida. Feliz aniversário, amigo! – @aogrocha



Hoje gira a roda da vida o velho e querido amigo, Aog Rocha. Apesar de ter perdido totalmente o contato com o cara, ele sabe que é um brother considerado por este jornalista aqui.

Aog é biomédico, artista plástico, pirata dos bares, produtor cultural, remista e tricolor (freguês), cinegrafista, professor de fotografia, entusiasta do underground, humanista, colaborador deste site e fotógrafo PHoda, Aog Rocha.

Aog é um homem trabalhador, sem frescura e do bem, excelente profissional e um amigo querido, apesar de hoje em dia termos raros encontros. Além de mim, Aog possui uma legião de amigos, principalmente no movimento cultural e artístico do Amapá. Sim, ele é queridão da galera.

Aog é mais um paraense que escolheu o Amapá para viver. Um cara de boa índole com quem tive o prazer de trabalhar e constatei que ele não é só gente finíssima no convívio social, mas também no trampo. Realmente um ótimo profissional, em todos os aspectos. É competente, discreto, não reclama e é muito prestativo. Dono de um de olhar diferenciado que costuma fazer belas fotos.

Conheci Aog Rocha em 2000, quando eu e Edmar Campos (o “Zeca”), tínhamos um bar no bairro Santa Rita, em Macapá (AP). Bons tempos aqueles, pois fizemos muitas amizades por conta do saudoso estabelecimento.

Depois, convivi bastante com Aog na faculdade Seama, sempre acompanhado de seu melhor amigo, Alexandre Brito.

Bom, como já disse aí em cima, admiro Aog Rocha como pessoa, um cara simples e essencialmente do bem. Aê, mano, tenho orgulho de dizer que és meu amigo. Espero que um dia, a gente divida os perrengues diários novamente. Enquanto isso não acontece, vamos nos encontrando nas mesas de bar e nas festas de rock.

Parceiro, que tenhas sempre saúde e ainda mais sucesso. Sigas na busca dos teus sonhos. Torço para que consigas alcançar teus objetivos e que sejas sempre feliz. Meus parabéns e feliz aniversário!

Elton Tavares

*Texto republicado, mas de coração. 

Feliz aniversário, João Ícaro! – @mendigato_

Ícaro, eu e Herval (outro brother nosso) – King’s Pub – 2016

O bartender do restaurante 313, ex-gerente do King’s Pub, namorado da Fabryne, mestre em birita, fã de Rock and Roll e cinema, além de querido amigo deste jornalista, João Ícaro.

Conheci o Ícaro em 2015. O cara é gente fina demais. Um figura trabalhador, honesto, inteligente, prestativo, irreverente, engraçado, observador e de bem com a vida e dono de um humor invejável.

Passei noites inteiras batendo papo com o sacana durante dois anos, período em que bebi no King’s Pub pelo menos duas vezes por semana (tinham semanas que era toda noite). Papo sempre bacana, regado a som firmeza e bons gorós. Sem dúvida alguma, ele é um cara autêntico. Sobretudo, um homem de bem.

João Ícaro em ação, no 313. Moleque bom!

Ícaro, mano velho, que tenhas sempre saúde e sucesso junto aos teus amores. Que teu novo ciclo seja ainda mais promissor. Parabéns pelo teu dia e feliz aniversário!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Maurício Abdon! – @luismabdon

amigos111111

Hoje (13) é aniversário do Doutor, pesquisador, atleta de dominó, professor universitário, servidor do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá (Iepa), metaleiro, amante de Rock and Roll, leitor deste site, torcedor fervoroso (sofredor convicto) do Clube do Remo e amigo gente boa, Maurício Abdon.

Maurício é um cara paid’égua. Sempre sorridente e divertido. É um prazer encontrá-lo nos eventos de Rock em Macapá. Conheci o figura por meio da “galera da piscina”, velhos amigos que temos em comum.

Sem muita firula, desejo a você, Maurício, muitas bênçãos em sua vida. Saúde, paz e mais sucesso (muita onda porreta também). Meus parabéns e feliz aniversário, meu amigo!

Elton Tavares

*Republicado, mas de coração. 

Hoje é o Dia do Bibliotecário – Viva os nobres profissionais!

1982234_595633303855509_834302931_n-1 (2)

Hoje é o Dia do Bibliotecário. A celebração da data é em razão do nascimento do escritor e poeta Manuel Bastos Tigre, primeiro bibliotecário concursado do Brasil. O dia foi instituído pelo Decreto nº 84.631, de 12 de abril de 1980, por isso é comemorado em todo o território nacional em 12 de março.

Os bibliotecários são profissionais fundamentais para a formação de milhares de pessoas que buscam nos livros conhecimento e sabedoria. Eles cuidam do acervo, cadastram todo o material bibliográfico para o empréstimo ao público, além de renovar as obras e arquivamento de documentos. Portanto, auxiliam na disseminação da informação, conhecimento, desenvolvimento cultural e social do país.

Daina Silva e Josivaldo Silva

Portanto, hoje rendo homenagens a todos os bibliotecários do Amapá e do Brasil em nome  dos amigos Daina Silva e Josivaldo Silva, bibliotecários do MP-AP e Senac/AP, respectivamente e a minha bibliotecária ´referida (que desenvolve um grande trabalho na Embrapa/AP) e minha muito querida amiga Adelina Belém, nossa estimada “Adê”.

Profissional experiente na área, Adelina já foi bibliotecária da Escola Santa Bartolomea, Sesc/AP, faculdades Fama e Seama. Além de extremamente competente e culta, ela é um doce de pessoa e uma amiga muito querida. Parabéns pelo seu dia, Adê!

A bibliotecária Adê Belém com o filósofo e escritor Mário Sergio Cortella – Foto: Elton Tavares

Manoel Tigre

Manoel Tigre prestou concurso para ingressar no Museu Nacional do Rio de Janeiro como bibliotecário e assim se classificou em primeiro lugar com o estudo sobre a Classificação Decimal. Transferido, em 1945, para a Biblioteca Nacional, onde ficou até 1947, assumiu depois a direção da Biblioteca Central da Universidade do Brasil, na qual trabalhou, mesmo depois de aposentado, ao lado do Reitor da instituição, Professor Pedro Calmon de Sá.

Fonte: Wikipédia
Elton Tavares

Hoje é o Dia do Guitarrista (meu texto sobre a data e homenagem aos Guitar Heroes)

B_xeNQ4WIAA8N6n
Hoje, 10 de março, é o Dia do Guitarrista, aquele cara ou menina que nos emociona com solos, riffs e acordes do instrumento mais legal do Rock and Roll. Músicos que nos alegram os ouvidos, coração, alma e mente. Não encontrei a origem da data, mas tá valendo!

A guitarra é o instrumento mais popular e influente na história da música e, é claro, do rock´n roll. O conceito diz: “guitarrista é um músico que toca guitarra. Sejam elas acústicas ou elétricas, solo, em orquestras ou com bandas, em uma variedade de gêneros. Mas a gente gosta mesmo é dos roqueiros doidos, né não?

5DB

Tenho uma inveja branca de quem toca, compõe ou canta. Quem faz música é foda! É, são pessoas que fazem a trilha sonora da vida, sejam nas madrugadas em bares enfumaçados, teatros, boates ou palcos ao ar livre que precisam ser festejadas.

Eu poderia falar do espetacular John Frusciante, o performático Slash, Angus Young e sua dancinha muito foda, dos lendários Jimmy Page, Carlos Santana, Stanley Jordan, Body Guy,Robert Cray, David Guilmour, Pepeu Gomes, Bruin May, Eric Clapton, B.B. King e suas Lucis, Eddie Van Halen ou Jimi Hendrix, o “Pelé da Guitarra”, ou até de Robert Johnson, que, segundo a lenda, vendeu a alma para o diabo para ser um guitarrista extraordinário, entre tantos outros guitar heroes históricos, mas prefiro homenagear os bateras amigos. Portanto, meus parabéns músicos:

O Régis, o “Beck” ou “Anjo Galahell”, um dos melhores guitarristas que vi tocar; Alexandre Avelar (o Cabelo); Ruan Patrick (stereo); Ronilson Mendes (Manoblues); Cleverson Baía; Wendril Ferreira da Psychocandy (ex Godzilla); Adriano Joacy; Irlan Guido; Ozy Rodrigues; Geison Castro; Wedson Castro; Sandro Malk; Ewerton Dias; Finéias Nelluty; Weverton Nelluty; Alan Gomes; Israelzinho; Zé Miguel; Edivan Santos (Ito); Ricardo Pereira; “Zezinho”, “O Sósia”; Rulan Leão, entre outros. Enfim (acho que esqueci alguns), todos os meus queridos amigos que tocam o sublime instrumento. “Parabéns!

Ziggy tocava guitarra…”.

Assista ao vídeo 100 Riffs (A Brief History of Rock N’ Roll) : 

Elton Tavares

Hoje é o Dia Internacional da Mulher

dia-da-mulher-homenagem-500x331
Hoje (8) é o Dia Internacional da Mulher. Neste domingo, rendo homenagens à minha mãe (rainha e mulher mais importante na vida), avós, cunhada, sobrinha, algumas tias e primas, colegas de trabalho e muitas amigas queridas.

Eu não seria ninguém sem a insistência, amor e zelo de algumas mulheres. Sobretudo da minha mãe, a amorosa e batalhadora Lúcia, o maior exemplo de amor e luta por direitos feministas que conheço (como diz o Veríssimo: “as mães são a comunicação direta com Deus”). Parabéns para minha cunhada, guerreira que cuida dos meus amores Emerson e Maitê, essa última ainda criança, mas que será uma baita mulher. Boto fé!

Agradeço pelos anos de dedicação da vó Peró e tia Maria (as duas são uma espécie de mãe para mim).

Minha gratidão pela amizade de tantas mulheres que é difícil nomeá-las aqui. Se assim o fizesse, cometeria algumas injustiças.

Sou grato ainda à aquelas que foram minhas amigas e por conta das curvas na estrada da vida, deixaram de ser, mas que tiveram papéis fundamentais em algum momento desta caminhada.

Ah! as mulheres!!! Mulheres!!! Sem vocês seríamos apenas um espermatozóide vagando à esmo; como um barco bêbado rumo ao infinito imprevisível” – Régis Sanches.

A origem da data

A data foi marcada por uma greve em uma fábrica de tecidos em New York, no dia 8 de março de 1857. As operárias protestaram e só queriam melhores condições de trabalho. Como acontece até hoje, a manifestação foi reprimida violência. Mas lá foi mais desumano que o “habitual”. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Ao todo, 130 tecelãs morreram carbonizadas. Triste, fatídico e histórico.

Só em 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o “Dia Internacional da Mulher”, por conta da barbárie de 1857 e em homenagem as vítimas. Como tudo para os seres humanos do sexo feminino é difícil, somente em 1975, a data foi oficializada pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Enfim, agradeço a todas vocês, mulheres da minha vida, por tudo. Muito obrigado e meus parabéns pela data!

Elton Tavares

Meus parabéns, Thomé Azevedo! – @ThomeAzevedo (aniversário do querido cineasta)


Hoje aniversaria o servidor público, produtor, roteirista e Diretor de Televisão, com passagem pela TV Cultura do Pará, diretor e ator de teatro, publicitário, radialista, especialista em marketing, cineasta e documentarista, membro da Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-metragistas do Amapá (ABDeC-AP), militante da cultura amapaense e renomado profissional do audiovisual amapaense, Thomé Azevedo.

A reputação de Thomé o precede. Eu já sacava o cara muito antes de conhecê-lo. Aliás, nem sempre como o encontrei na vida. Provavelmente foi em uma mesa de bar (risos). O cara é inteligentão e inventivo, um figura que é tão competente, quanto gente boa.

Com mais de 53 voltas em torno do sol, Thomezinho possui uma brilhante e maluca trajetória artística. E que vida!

Thomé, amigo querido, que tenhas sempre saúde e sucesso junto aos seus amores. Que teu novo ciclo seja cinematográfico e engenhoso, como sua brilhante carreira. Parabéns pelo teu dia. Feliz aniversário, mano velho!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Dulcivânia! (@DulcivaniaF)

Com as jornalista Celle Nunes e Duci Freitas

Gosto de parabenizar amigos em seus natalícios, pois declarações públicas de amor, amizade e carinho são importantes pra mim. Quem gira a roda da vida nesta quarta-feira de cinzas é a colorida (de tanta alegria que ela irradia) jornalista Dulcivânia Freitas.

A “Dulci”, como a chamo carinhosamente, veio de Guarabira (PB), passou por Belém (PA) e, para nossa sorte, ancorou em terras tucujus. Com credibilidade e carisma junto à imprensa, é senhora do seu ofício.

No Amapá, aliás, desenvolve um brilhante trabalho há anos. Além de competente assessora e analista de Comunicação da Embrapa/AP, ela é uma jornalista querida por todos na imprensa amapaense. E nós, seus amigos (que não são poucos), amamos essa mulher.

Dulci também é a mãe dedicada e amorosa do “pequeno lord” e esposa apaixonada do também gente boa Ricardo (infelizmente, só tomei cerveja com ele uma vez na vida). Além disso, é a louca das selfis (ela consegue fazer mais fotos que eu), fã de boa música, extrovertida, carinhosa, muito inteligente, sagaz, simpática, palhaça, prestativa, e divertida.

Jornalistas Mariléia Maciel, Dulcivânia Freitas, eu, Alcinéa Cavalcante e a fotojornalista Márcia do Carmo. Gente querida!

Já disse e repito: se alguém não gosta da Dulci, desconfie desta pessoa. A admiro. Sempre admirei. Não somente pela excelente profissional que é, mas pela pessoa íntegra e de caráter incontestável que essa mulher possui.

Enfim, este texto é um registro do carinho, respeito, amizade e amor que nutro por Dulcivânia Freitas. Queridona, que teu novo ciclo seja ainda mais porreta. Saúde e sucesso sempre. Parabéns pelo teu dia e feliz aniversário!

Elton Tavares

Meus parabéns, Antônio Fernandes! Hoje é aniversário do Malária!

Hoje é aniversário do marido da Aline, pai de três lindos moleques, dedicado consultor técnico, talentoso arquiteto, experiente skatista e brother “das antigas” Antônio Fernandes, o popular “Malária”. Trata-se de um home de bem, trabalhador e gente fina. Um velho e querido amigo.

Antônio é um cara importante para a cultura underground amapaense. Ele fez história quando foi vocalista de uma das melhores bandas que tivemos em Macapá, a Little Big. Eles tocaram juntos da segunda metade dos anos 90 até meados de 2002. Os caras agitavam qualquer festa. Quem foi ao Mosaico, African Bar, Expofeiras, Bar Lokau, festas no Trem Desportivo Clube e Sede dos Escoteiros sabe do que falo.

Naquela época, tomei muitos porres memoráveis com o Malária, sempre ao som de Rock, papo bacana e rodeados de amigos.

Antônio virou pai de família e dá conta do recado de forma sublime. Gosto de ver sua evolução profissional e estou feliz pelo seu sucesso, pois ele batalhou para ser o excelente profissional que é hoje.

Hoje em dia, a gente pouco se encontra, mas quando rola, é festa, pois eu e Antônio Malária nos gostamos muito, coisas assim que o tempo não destoa. Só fico puto pelo motivo do sacana não envelhecer. Engordei pra caralho e tô cheio de cabelos brancos. Malária completa 44 invernos com a mesma cara de 1994 (risos).

EuMalariaeEdricy
Edricy, eu e Malária – Underground Clube Rock Bar – 2015 – Foto: Aline Amaral

Malária, mano velho, que a força sempre esteja com você. Desejo tudo de melhor pra ti e sua linda família. Que tenhas sempre saúde e sucesso. Meus parabéns e feliz aniversário!

Elton Tavares

*Texto adaptado e republicado, mas de coração.

Feliz aniversário, Leandro Bicudo!

Hoje é aniversário do saxofonista, violonista, um dos grandes instrumentistas amapaenses, tenente do Corpo de Bombeiros Militar do Amapá (CBM/AP), instituição da qual integra a banda, pai amoroso de três filhos e e velho amigo meu, Leandro Coutinho, o popular “Leandro Bicudo”.

Leandro é um cara gente boa demais. Bicudo também é ciclista e integra o grupo que pedala pelas ruas de Macapá, rodovias e estradas do Amapá, além de promover o “Pedal Retrô”, quando usam roupas e bicicletas antigas para fazer uma passeio porreta pela capital amapaense.

Eu e Bicudo, no antigo Underground Rock Club – 2015

Leandro é um músico de alto nível e como roqueiro, integrou a Banda Cidade Oculta, que embalou a juventude de Macapá lá pela segunda metade dos anos 80 (os outros caras do grupo eram Alexandre Patifão, Helder, Célio e Adriano Bago). Quem faz boa música é foda! É o caso do Bicudo.

Admiro o Leandro talento musical, tranquilidade e serenidade. Sim, um baita cara porreta. O brother, criado no Formigueiro (centro de Macapá) chega aos 47 anos de vida com uma índole invejável e caráter inabalável, pois ele é um homem de bem.

Eu e Leandro, na semana passada, durante um evento do CBM/AP.

Enfim, Bicudo, sabes que és considerado e este texto é somente um registro da amizade e respeito que tenho por você, mano velho.

Meus parabéns e feliz aniversário!

Elton Tavares

Feliz aniversário, Max! – @max_rene

Gosto de parabenizar amigos em seus natalícios, pois declarações públicas de amor, amizade e carinho são importantes pra mim. Quem gira a roda da vida neste domingo de Carnaval é competente fotógrafo, funcionário público, pai amoroso de dois moleques, marido apaixonado, vascaíno sofredor convicto e meu muito querido amigo, Max Renê Santana.

Ele é um cara sereno, risonho, prestativo, trabalhador, batalhador, responsável, muito parceiro e gente fina. Sobretudo, um homem de bem. Conheci o brother em 2011. Trabalhamos juntos e construímos uma relação recíproca de brodagem. Ele é bem humorado, discreto e honesto. Fotógrafo dos bons, Max possui talento de sobra e é um estudioso da fotografia. Ao longo dos anos, o amigo tornou-se um exímio fotojornalista e todos nós, que gostamos pra caralho dele, estamos felizes com seu sucesso.

Com Max já pulei uma fogueira e é uma história impublicável, mas no final deu tudo certo. A gente sempre ri dessa merda (risos).

Além de brother, Renê sempre me salva. Digo que não sou fotografo pra todo mundo. E é a verdade. Nas pautas da vida, quando minhas imagens ficam ruins (o que é comum), peço auxílio ao Max e ele, muito gentilmente, como lhe é peculiar, me cede seus registros. Sou muito grato por essas bacanagens.

Max, mano velho, tu sabes que és do coração. Que tu sigas pisando firme no teu batalho, talento e boa vontade não lhe faltam. Que tenhas sempre saúde e sucesso junto aos seus amores, meu amigo.

Meus parabéns pelo teru dia e feliz aniversário!

Elton Tavares