Equinócio, poesia no céu do Amapá

            Equinócio – Monumento Marco Zero do Equador – Foto: Márcia do Carmo 23/09/2011



Que o sol em seu esplendor, neste Equinócio de Primavera, nos dê energia para enfrentar o trabalho e iluminar nossos passos pela vida”.
 Fernando Canto

Meu comentário: Click perfeito da fotojornalista e legenda genial do poeta. Realmente o Equinócio é poesia no céu do Amapá.

Colóquio Amapaense de Fotografia chega a sua 3ª edição

A fotografia está presente em todas as fases de nosso cotidiano desempenhando uma infinidade funções: precisamos de fotografias para tirar documentos, para registrar eventos importantes de nossas vidas, para provar algo na justiça, para compor páginas de jornais e revistas, para ilustrar peças publicitárias e por aí vão se multiplicando as diversas possibilidades de uso social da imagem fotográfica.

A fotografia é tão importante que ganhou o dia 19 de agosto para ser a data na qual o mundo inteiro comemora a sua existência. Em nosso estado chegamos, nesse ano de 2011, a terceira edição do Colóquio Amapaense de Fotografia que, desde 2009, vem fomentando e estimulando a prática fotográfica localmente. Essa terceira edição acontecerá entre os dias 06 e 10 de setembro e está sendo conduzida por três realizadores: Museu da Imagem e do Som do Amapá (SECULT/MIS-AP), SESC-AP e o Núcleo de Fotografia Contemporânea da UNIFAP (NUFOC).

A programação desse ano foi ampliada e ganhou um reforço especial com a presença de Miguel Chicaoka, idealizador do projeto Foto Ativa, referência nacional no ensino e na prática fotográfica. Miguel estará em Macapá na abertura do evento que acontecerá dia 06.09, no Teatro das Bacabeiras, às 18h30min, para conduzir a palestra Fototaxia, em busca do elo perdido e, no dia seguinte, a oficina de fotografia intitulada Caixa Mágica I.
O evento também prestigiará os fotógrafos pioneiros do estado que serão homenageados na cerimônia de abertura. Durante toda a semana a fotografia continuará em evidência através de espaços como:
– Mostras de filmes;
– Leitura de portfólios;
– Portfólios comentados;
– Mesas redondas;
– Palestras;
– Cursos;
– Exposições;
– Maratona Fotográfica;
A ideia do evento é promover a arte fotográfica no estado e explicitar seu potencial cultural e artístico, aglutinando fotógrafos profissionais, amadores, entusiastas e a sociedade em geral. Vai ser uma semana repleta de momentos para debater, fazer e pensar a fotografia amapaense.
PROGRAMAÇÃO
06.09 (Terça)
13-15h
Credenciamento
[Auditório do MIS]
15-18h
Início do curso de Introdução a fotografia
[Auditório do MIS]
18h30min – 20h
Abertura Oficial:
– Homenagem aos fotógrafos pioneiros do Amapá;
[Teatro das Bacabeiras]
—————————————————
07.09 (quarta)
10 -12h
Leitura de Portfólio
[Auditório do MIS]
14-18 h
Oficina: Caixa Mágica I
[Casa da Cultura – SESC Araxá]
15-18h
Curso de Introdução a fotografia
[Auditório do MIS]
18h30min – 20h
Exibição comentada do filme:
Nascidos em Bordéis
[Auditório do MIS]
——————————————–
08.09 (quinta)
10 -12h
Leitura de Portfólio
[Auditório do MIS]
15-18h
Curso de Introdução a fotografia
[Auditório do MIS]
18h30min – 20h
Mostra de Portfólio:
(Elaina Rafaela Souza)
[Auditório do MIS]
————————————————-
09.09 (sexta)
13-15h
3º Maratona fotográfica do MIS
[Auditório do MIS]
15-18h
Mostra de Portfólio
(Jonata Lacerda)
[Auditório do MIS]
—————————————————
10.09 (sábado)
13-15h
Seleção das fotos da maratona
[Auditório do MIS]
15-18h
Exposição das fotos da
Maratona Fotográfica
[Praça Veiga Cabral]
18h30min – 20h
Programação Cultural
[Praça Veiga Cabral]

Dia Internacional da Fotografia

Hoje é o Dia Internacional da Fotografia, os momentos congelados, muitos deles, como li  certa vez e não sei onde: “a poesia traduzida em pixels”. Bom, to viajando e sem saco para escrever muito, então deixo umas fotos legais para o deleite de vocês. Tenham um ótimo fim de semana. 
BR 156 em luz e sombras – Foto: Elton Tavares.
Amanhecer no Calaçoene (AP) – Foto: Márcia do Carmo.
Amanhecer na orla de Macapá – Foto: Régis Sanches.
Obs: Aos que gostam de fotografia, o layout deste blog está cheio de fotos de Macapá e do interior do Amapá.