Parabéns Espanha!

                                           Por Elton Tavares
Espanha, a nova dona da bola.
É, o futebol é surpreendente. Não que houvesse favorito entre Holanda e Espanha, mas eu achava que ia dar Holanda (queria dizer que perdemos para o campeão). A Holanda levou oito cartões amarelos, não jogou a bola que nos tirou da Copa 2010 e por isso se ferrou. Apesar de ter torcido pelos holandeses, vê-los chorando foi legal, a velha máxima que diz que o “inferno é aqui mesmo” (risos).

O Iniesta não deu o costumeiro toquinho para dentro das redes, o cara não contou história, encheu o pé e matou a parada. Não é a tôa que o título da capa do Gloesporte.com com é “Iniextâse”. O Cassilas também foi muito bem, parou o Roben duas vezes.

O lutador Vega (Street Fighter), o diretor Pedro Almodóvar, os atores Penélope Cruz, Javier Bardem e Antônio Bandeiras e a galera do “Albergue Espanhol”, entre outros, devem estar bêbados, escutando a banda Gipsy Kings e tocando castanholas (risos).

Brincadeiras à parte, a Espanha está de parabéns, eles são os novos donos da bola. Em 2014, seremos os donos da festa. Tomara que eu tenha saúde e grana para ver alguns dos jogos. O futebol é realmente fascinante.

Coito interrompido

                                      Por Elton Tavares
O cara do “futebol moderno”.
As seleções da Holanda e Espanha decidirarão amanhã (11), na África do Sul, quem será o novo campeão mundial de futebol. Que merda! Nós é que deveríamos estar na final da Copa 2010. Como sou um apaixonado pelo futebol, não falo com a razão e sim com a emoção de torcedor frustrado. A eliminação prematura foi um verdadeiro coito interrompido, um aborto emocional.

Já imaginaram como seria? Estaríamos ansiosos, com a festa pronta, cerveja gelando e carne do churrasco no freezer. Bom, paciência, amanhã sou Holanda desde gitinho, quero me auto consolar, fingindo e dizendo que “perdemos para o campeão”.
 Dia desses, li a frase, que ofereço a estes dois desgraçados: “Vocês são cogumelos, deveríamos jogá-los em um quartinho escuro e alimentálos com merda”. Eu queria dizer isso aos dois, Dunga e Felipe Melo.
Para coroar a inconpetência destes dois, ofereço a música “Tô tristão”, dos comediantes do Casseta & Planeta. Afinal, tem coisa melhor do que rir da própria desgraça? (risos).

Tô Tristão – Casseta & Planeta

Eu tô tristão
Tô sofrendo pra caralho
Eu me fudi
Sou carta fora do Baralho 

Mas quem mandou
Quem mandou nascer babaca?
Ela não quis
Eu fui sozinho pro Maraca
Aos dois minutos
O Zicão saiu de maca
E lá em casa
Ricardão fez gol de placa

Marquei com ela
Um cinema e um chopinho
Botei a beca
Fiquei todo mauricinho
Levei um bolo
Mas já estou acostumando
Um dia é Pedro, outro é Luís, outro é Fernando

Sou muito chato
Eu sou meio mais ou menos
E além de burro
Ainda tenho pau pequeno

Eu sou um merda
Um Zé mané, um zero a esquerda
Se eu morrer
Ninguém vai sentir a perda

Adeus Copa 2010…

                                                           Por Elton Tavares
A Copa 2010 acabou de forma melancólica para nós. Não adianta agora enumerar os problemas, que eram muitos, de nossa seleção. Ao término do primeiro tempo, quando vencíamos da Holanda, vivemos um verdadeiro furor, pensávamos:” Cacete! Nosso time é uma máquina!“, ledo engano. Na segunda etapa, uma letargia tomou conta da equipe canarinho.

Como eu disse, não vou falar de muitos problemas, somente de um, o principal. Se não bastasse a apatia do time, “ele” fez o que eu disse no texto “Eu tenho medo do Felipe Melo”, enfim, cagada. Melo é um tipo peculiar de jogador, uma espécie de Dunga piorado. A Glogo cuidará da crucificação do Dunga, mas quem fará isso com o Felipe Melo? Eu queria muito poder dar uma surra. Ah se eu pudesse dar ao menos um murro naquele idiota.

O que dói mais é saber que a Holanda não jogou bola, jogou no erro brasileiro, perdemos para o “bom” desempenho de três jogadores a favor da Holanda, Roben, Sneijder e Felipe Melo, claro. Essa Copa foi foda, cheio de resultados inusitados, placares pífios e zebras africanas. Isso sem falar na bola, culpada pelos frangos jabulânicos e deu muito que falar.

E o Mick Jagger? Égua-moleque-tu-é-doido! O cara é uma zica ambulante. A uruca persegue todo time que ele torce. É incrível, o cara é uma verdadeira “rasga mortalha” (aquela coruja branca, que segundo a crendice nortista, trás má sorte quando emana uma espécie de grito, assim como o agorento roqueiro). O velhote torceu para os Estados Unidos e os americanos foram embora, torceu para a Inglaterra e os ingleses pegaram uma taca da Alemanha. Não satisfeito, o doido torceu para nós e a gente sifu!

E o comercial da Brama? A cervejaria é mesmo ótima em “plano B”, eles já tinham um comercial gravado para a eliminação brasileira. Também né? O garoto propaganda deles é o técnico retardado com nome de anão, o Dunga (risos).

Agora vou torcer para que o título seja conquistado pelo Paraguai ou Uruguai, afinal, a única seleção sulamericana que não gosto é a Argentinha. Ta bom, se os espanhóis vencerem a Copa também está beleza, afinal, eles nunca ganharam uma.

Pelo menos os “hermanos” caíram de quatro hoje, literalmente de quatro. Falando neles, li, no blog Kibe Loco, a seguinte frase: “É melhor chupar laranja do que salsichão!” (risos). É, nem nós e nem eles. Bom, daqui a quatro anos tem de novo e dessa vez, no Brasil.

Cala a boca Galvão, seu merda!

                                                                                                 Por Elton Tavares
Foi plantada na internet uma informação sacana, engraçada e mentirosa, a campanha “Cala a boca Galvão”. Eu soube que tuiteiros brasileiros afirmaram a frase é parte de uma canção inédita da Lady Gaga (aquela feiosa que quer ser a nova Madona), só que o papo ganhou uma versão muito mais paidégua, disseram aos gringos que “cala boca” significaria “salve / salvem”, e que “galvão” seria uma espécie de ave em risco de extinção.

Segundo a potoca, cada vez que a frase “cala boca galvão” é enviada pelo Twitter, US$ 0,10 cairia na conta da “Galvao Bird’s Foundation” (campanha fictícia que corre o mundo, e parte dele pensa que é verdade).

Enfim, Não sei quem foi que começou, mas os gringos pensam que a sacaniada é “De Rocha”. Eu, e a maioria das pessoas que conheço, odeiam as narrações e bordões idiotas do Galvão Bueno. A coisa pegou tanta força que até o Bart Simpson escreveu “Cala a boca Galvão” no quadro, na abertura do desenho animado Os Simpsons. Estou aderindo hoje, justamente porque sei o que quer dizer a frase, pois não agüento mais o “comunicador” da TV Globo.

Além dos comentários idiotas, clichês e colocações medonhas do narrador, Galvão ainda seca os atletas com os seus “agora vai” e afins. Eu queria poder completar a frase com duas palavras: CALA A BOCA GALVÃO, SEU MERDA!!!

Agora é valendo vaga!

Galera unida na torcida pelo Brasil
Chegou a hora da “cobra fumar”, não tem mais chance de erro e afins, a Seleção Brasileira terá que atropelar o Chile e seguir na Copa 2010. Rezemos para a famigerada bola não aprontar contra nossa equipe. Os ingleses e mexicanos voltaram ontem (27) para casa. Se Deus permitir, os chilenos pagarão o mesmo rumo hoje. Vamos Brasil!

Jogo chato

Não tenho muito a dizer sobre o jogo de ontem (25), entre as seleções do Brasil e Portugal, válido pela terceira rodada da Copa do Mundo 2010. A partida foi chata, uma verdadeira bola murcha. O confronto, recheado de estrelas, apresentou um futebol quadrado, desinteressante e sofrível. Deu calo nos olhos.

Mas está valendo, afinal, é Copa. O importante é que o Brasil passou em primeiro do seu grupo e prolongou nossas reuniões “patriotas etílicas” (risos). Vamos Brasil!

Porrada nos padeiros!

                                        Por Elton Tavares

Sei que a Seleção portuguesa tem ótimos jogadores, deu uma taca de 7×0 na Coréia do Norte, time que só ganhamos de 2×1, mas o time brasileiro só estava aquecendo. Hoje vamos dar uma porrada nos padeiros (brincadeirinha portugada). Bom, não tenho muito a dizer sobre os nossos colonizadores, o Cristiano Ronaldo é bola, mas é pôser. Eu gosto é do Liedson, afinal, é cria do mengão, mas hoje ele vai levar uns trancos do Lúcio.

Agora fora de sacanagem, o time deles é bom, mas o nosso é melhor. Tanto que tem três brasileiros lá, DEco, Liedson e Pepe. Como gosto de música e não achei nada mais apropriado para brincar com a suposta “inteligência” dos patrícios, aí vai o Vira Vira, dos saudosos Mamonas Assassinas:

Raiiios

Fui convidado pra uma tal de suruba,
Não pude ir, Maria foi no meu lugar

Depois de uma semana ela voltou pra casa,
Toda arregaçada não podia nem sentar.
Quando vi aquilo fiquei assustado,
Maria chorando começou a me explicar.

Dai então eu fiquei aliviado,
E dei graças a Deus porque ela foi no meu lugar

Roda, roda e vira, solta a roda e vem
Me passaram a mão na bunda e ainda não comi ninguém
Roda, roda e vira, solta a roda e vem
Neste raio de suruba, já me passaram a mão na bunda,

E ainda não comi ninguém!

Oh Manoel olha só como eu estou
Tu não imaginas como eu estou sofrendo
Uma teta minha um negão ‘arancou’
E a outra que sobrou está doendo

Oh Maria vê se larga de frescura
Que eu te levo no hospital pela manhã
Tu ficaste tão bonita monoteta
Mais vale um na mão do que dois no sutiã

Roda, roda e vira, solta a roda e vem
Me passaram a mão na bunda e ainda não comi ninguém
Roda, roda e vira, solta a roda e vem
Neste raio de suruba, já me passaram a mão na bunda,
E ainda não comi ninguém!

bate o pé….
burrp (arroto)
hmm… bate o pé…

Oh Maria essa suruba me excita
Arrebita, arrebita, arrebita
Então vai fazer amor com uma cabrita
Arrebita, arrebita, arrebita
Mas Maria isto é bom que te exercita
Bate o pé, arrebita, arrebita

Manoel tu na cabeça tem titica
Larga de putaria e vá cuidar da padaria.

Roda, roda e vira, solta a roda e vem
Me passaram a mão na bunda e ainda não comi ninguém
Roda, roda e vira, solta a roda e vem
Neste raio de suruba, já me passaram a mão na bunda,
E ainda não comi ninguém!

Vamos lá; todo mundo dançando raios! Todo mundo comigo! Uou, uou, uou, oh Maria si deu mal vamo lá!
Ai, como dói…

A Itália Sifu!!!

                                        Por Elton Tavares
Como já falei, no texto “Copa Jabulainada”, a Copa 2010, realizada na África do Sul, é diferente de qualquer outro mundial de futebol. Foi a primeira vez que a equipe do país sede não se classificou para a segunda fase da competição e duas campeãs do mundo estão fora, a França já havia sido eliminada e hoje (24), a Seleção italiana se ferrou (e olha que foram as duas que decidiram a Copa de 2006).
A “Azurra”, atual detentora do título, perdeu para a inexpressiva e surpreendente equipe da Eslovakia.A Itália era a única que poderia se igualar ao Brasil, como pentacampeã do mundo, tudo bem que o gol do Quagliarela foi muito doido, mas não o bastante.

Os deuses do futebol estão conspirando ao nosso favor (e olhando por outra ótica, também a favor dos argentinos), pois além de duas campeãs mundiais fora, mais duas se cruzaram na próxima fase, Alemanha e Inglaterra se enfrentarão. Não importa quem passe, o importante é que são duas seleções tradicionais e uma cairá. A que passar estará bem passado, por assim dizer, já que nenhuma delas é páreo para o time canarinho.

Já sou México desde de gitinho contra os “hermanos”, mas pelo andar da carruagem, vamos pegar os arrogantes argentinos na final, seria ótimo ver a cara do “Paradona”, após nosso time repetir a atuação de 2009, quando arrebentamos com eles (lá dentro). Vamos Brasil!!

Os Bafanas morreram de pé

                                         Por Elton Tavares
A Seleção de futebol da África do Sul se despediu hoje (22) da Copa 2010. Uma pena, já que eles são os anfitriões e tals. Eu sempre torço pelo time mais fraco, ainda mais contra a França, velha carrasca do Brasil (1986, 1998 e 2006). Mas os “Bafanas bafanas”, como é apelidada a equipe sulafricana, morreu de pé.

Eu realmente queria que eles passassem para a segunda fase da competição, até por causa da história sofrida do país, que está somente 16 anos livre do absurdo regime de discriminação racial e religiosa, o infame Apartaid.

A partida de hoje me lembrou um filme dos anos 90, “Jamaica abaixo de zero”, que contou a história de superação do time jamaicano de corrida de trenó no gelo. Um grupo sem técnica e cheio de limitações que provou o seu valor. Os sulafricanos jogaram bem, não conseguiram a classificação, mas morrerão honrosamente de pé.

A boa notícia é que os franceses estão fora, acho que eles sofrem de Zidanedependência (risos). Na escala de antipatia, ainda faltam os italianos e argentinos darem adeus. É isso aí, vamos ao encontro do mais forte. Bora Brasil!

Agora sim, o Brasil venceu e convenceu

                                               Por Elton Tavares

                                                         Luis Fabiano, o “Fabuloso”

A atuação da Seleção Brasileira contra a equipe da Costa do Marfiim foi primorosa. O Káká e Luis Fabiano arrebentaram, tudo bem que o “fabuloso” (como o Luis Fabiano é chamado na Espanha, onde joga) fez um gol meio irregular, mas não deixou de ser uma pintura. O Felipe Melo, como sempre não fez nada, a única coisa que ele sabe fazer, não fez, dar porrada. Mas está valendo, pois o Brasil venceu e convenceu.

Falando em porrada, os marfinenses largaram a lenha hein? E doido do árbitro expulsa o Káká, putaqueparéu! O importante é que nosso time arrebentou, Maicon jogou bem, a zaga funcionou direito e o Júlio César, nas poucas vezes que apareceu, fez o seu papel direitinho. O jogo foi perfeito, deu até para ganhar o bolão do trampo (eu e mais sete).

Eu passei o findi no interior, sábado (19) e domingo (20), ossos do ofício, quem mandou ser jornalista. Mas, graças a Deus e ao nosso motora (que chinelou na estrada), deu tempo de chegar para assistir o jogo com a família e amigos. Vamos ter uma rodada mais tranqüila na próxima sexta-feira (25), sei que os caras estão de luto pelo Saramago, mas quero que nosso time dê uma porrada nos portugueses. Vamos Brasil!

Copa jabulainada

                                                 Por Elton Tavares
A Copa do Mundo de 2010, realizada na África do Sul, é diferente de tudo que vimos no futebol até hoje. A competição já está na sua segunda fase e vimos, até agora, uma porrada de resultados inusitados, por placares pífios, além de frangos homéricos. Falando nas falhas dos goleiros, muitos atribuem as lambanças a famigerada bola do torneio, a tal “Jabulaini”.

Mas uma coisa me intriga, porque a bola atrapalha todo mundo menos a Argentina? Tudo bem que os “hermanos” não enfrentaram grandes times, mas a nossa seleção também não. Eles já conseguiram uma goleada, tomara que o Brasil dê uma porrada na Costa do Marfim. Queremos o bom e velho futebol, de placares elásticos, dribles e passes geniais, jogadas bonitas, enfim, espetáculo.

Porra, que diabos de Copa é essa? O grande personagem do mundial é o Maradona, um ex jogador (tudo bem, um GRANDE ex jogador) que é um técnico medíocre, putaqueparéu!

Quero que a Seleção Brasileira se sagre hexacampeão, mas será que para isso temos que jogar retrancados, como em 1994? O problema é que, nos dias de hoje, não temos nenhum Romário. Bom, apesar disso tudo, estou na torcida. Vamos Brasil!

Bom, bom, não está, mas tá bom!

                                    Por Elton Tavares
A Seleção Brasileira estreou ontem (15) na Copa 2010, contra a Coréia do Norte, com um resultado magro. Na primeira etapa, vimos um futebolzinho fuleira, uma bola quadrada e tals. Mas o importante é que o Brasil saiu na frente, jogou melhorzinho (nada empolgante), ganhou os três pontos e é líder do seu grupo.

O destaque foi o atacante Robinho, que não marcou gol, mas jogou muito e deu até passe para o meia Elano marcar o segundo. O Káká não jogou porra nenhuma, o Felipe Melo só constatou que é um merda e o Maicon fez o que esperávamos dele. No próximo domingo (20) tem mais.

Alguns, mais otimistas, dizem que o resultado foi bom, que foi só a estréia e Copa do Mundo é assim mesmo. Outros, críticos como eu, acharam a apresentação da Seleção de Dunga frustrante, mas o Robinho jogou bem. Já não posso dizer o mesmo do Luís Fabiano. Enfim, ta valendo.

Pensem bem, poderia ser pior, a Espanha perdeu para o time suíço, a primeira zebra do mundial da África do Sul (risos). Como diz o bordão de uma comediante brasileira: “Bom, bom, não tá, mas tá bom.” Vamos Brasil!

É hoje!

                                                              Por Elton Tavares
Nossa Seleção estréia hoje (15), ás 15h30, na Copa do Mundo 2010, realizada na África do Sul. O primeiro confronto é contra a desconhecida e misteriosa Coréia do Norte, país de regime fechado e regras duras do ditador Kim Jong-il. Falando nele, os coreanos disseram que a vitória em cima do Brasil será em homenagem a Kim Jong-il. Como dizemos por aqui: Tááá jabá!

Outra coisa boa de hoje é que, este espaço completa seis meses de existência, quero comemorar o aniversário do blog com uma vitória “De Rocha” em cima dos coreanos. Tomara que o Brasil dê uma “porrada seca” neles, pois os figuras de olhos puxados disseram não temer a única Seleção pentacampeã do mundo.

Eu confio no resultado positivo, mas quem for religioso que se pegue com seus santos, orixás, simpatias e afins. Tenho certeza da vitória, mas uma fezinha nunca é demais. Agradeço os mais de 6.400 acessos, obrigado mesmo. Vamos Brasil!