No bairro Zerão: Companhia Viva de Teatro apresenta o musical Aleluia neste domingo, 27

12033132_1675662029365178_5182795016643118060_n

A Companhia Viva de Teatro apresentará neste domingo (27), a partir das 10h, na quadra da igreja Bom Samaritano, próximo a Arena do bairro do Zerão, o musical “Aleluia”. O espetáculo conta com artistas renomados do Amapá, inclusive com os amigos Guiga e Paiodhy.

É teatro e música que possibilita arte na rua gratuita. Fortalece a cultura popular com muita alegria, talento e irreverência. O espetáculo tem patrocínio da Fundação Municipal de Cultura de Macapá (FUNCULT). Recomendo!

Elton Tavares

Semsa divulga horário de funcionamento das UBS’s durante a Semana Santa

IMG_2843-1

As Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) de Macapá terão seu funcionamento alterado durante a Semana Santa, de 24 a 27 de março. As ambulatoriais, com funcionamento de 7h às 19h, param seus trabalhos na quinta-feira, 24, e só retomam na segunda, 28, a partir das 7h. Por outro lado, as UBS’s de urgência e emergência, que funcionam 24 horas, atenderão normalmente todos os dias, bem como as de funcionamento de 18 horas, que atendem de 7h à meia-noite.

Os pacientes que necessitarem de atendimento de urgência e emergência devem se dirigir a uma das duas unidades com atendimento 24 horas, localizadas nos bairros Jardim Felicidade II e Buritizal. As ocorrências de menor gravidade podem ser atendidas em uma das UBS’s 18 horas, nos bairros Perpétuo Socorro, Santa Inês, Marabaixo e Fazendinha, onde as equipes de médicos e enfermeiros atenderão emergências clínica de baixa complexidade, como aferição da pressão arterial, curativos, administração de medicamentos com prescrição e nebulização, conforme horário de atendimento.

A Semsa orienta para que a população só procure o Hospital de Emergências (HE) em casos de acidentes de trânsito, agressões por arma de fogo e demais ocorrências de alta complexidade. As UBS’s que fecham na quinta e retornam na segunda-feira são: Dr. Álvaro Corrêa; São Pedro; Pedrinhas; Leozildo Fontoura; Brasil Novo; Cidade Nova; Coração; Infraero II; Pacoval e Novo Horizonte.

Já as que terão atendimento durante a Semana Santa são: UBS Dr. Marcelo Cândia (Rua Júlio Maria Pinto Pereira, nº 1.329, Jardim Felicidade II); UBS Dr. Lélio Silva (Rua José Valente dos Santos, nº 126, Buritizal); UBS Marabaixo (Rua 04, s/n, Marabaixo II); UBS Perpétuo Socorro (Rua Rio Xingu, nº 278, Perpétuo Socorro); UBS Dr. Rubim Aronovitch (Av. 06 de Setembro, nº 212, Santa Inês) e UBS Pedro Barros (Av. Passagem Dona Márcia, nº 445, Fazendinha).

Jamile Moreira/Asscom Semsa
Foto: Saulo Silva
Contato: 99135-6508

Prefeito Clécio Luís abre diálogo com servidores e amplia transparência com sindicatos

IMG_9607

Em continuidade à política de negociação e valorização do servidor público municipal instituída desde o início da gestão, o prefeito Clécio Luís e sua equipe de governo receberam na manhã desta quarta-feira, 23, representantes de sindicatos e associações para abertura da Mesa Permanente de Valorização e Negociação do Servidor 2016. A reunião apresentou um balanço da situação orçamentária do município, o cronograma de reuniões com as categorias e a adoção de mais medidas de transparência entre o Executivo e os movimentos sindicais para avaliação e acompanhamento das receitas.

Clécio Luís reiterou os avanços conquistados a partir da implantação da mesa de negociação em 2013, quando a gestão herdou R$ 243 milhões em dívidas, servidores com salários atrasados, com aumentos aprovados na Câmara de Vereadores e não pagos, com necessidades de reajuste e condições precárias de trabalho. O prefeito falou sobre as ações de austeridade adotadas com relação à folha de pagamento e a previsão e frustração das arrecadações e receitas.

“Tivemos consideráveis avanços, como a correção de salários de um quarto de trabalhadores que recebiam menos de um salário mínimo, plano de cargos e salários dos profissionais de engenharia, administração, procuradoria, além da atualização, unificação da data de vencimentos e o pagamento de mais de R$ 20 milhões em salários atrasados. Em 2014 conseguimos fazer recomposição de perdas inflacionárias e em 2015 concedemos 4% linear e prosseguimos com as negociações com as categorias. Criamos uma cultura anual de abrir a Mesa de Negociação com os servidores para tratar sobre as pautas remuneratórias específicas e gerais, sobretudo, esclarecer a situação do orçamento do Município, que ainda é muito dependente dos repasses constitucionais”, afirmou Clécio.

Coordenada pela Secretaria Municipal de Administração (Semad), a primeira reunião da Mesa de Valorização apresentou o quadro econômico aos servidores, mostrando que nos três primeiros meses deste ano, a Prefeitura de Macapá teve perdas de receitas de R$ 17.234.124,20, uma redução de 54% em repasses. Uma frustração de expectativas como a do IPVA, que caiu 43%; o ICMS, que despencou na ordem de mais de 30% comparado com 2015; do Fundeb; além do atraso de repasses das cotas do Governo do Estado, que já ultrapassam R$ 8.250.000,00 e devem gerar ações judiciais nos próximos dias, acionadas pelo Município.

“Ao invés de não abrirmos negociação com as categorias, optamos por manter a Mesa de Negociação e colocar às claras a situação das receitas do Município. Mais uma de nossas medidas de transparência será criar uma senha provisória e entregar para a direção de cada sindicato, para que possam fazer uma busca ativa no sistema, avaliar as contas, o orçamento que incide no pagamento de suas categorias, permitindo ampliar o debate e abrir para contestação, a fim de que possamos negociar com base no esclarecimento e diálogos”, disse prefeito Clécio Luís.

O representante do Sindicato dos Servidores Municipais de Macapá, Pedro Santos, considerou fundamental a proposta da Mesa de Negociação buscando atender as reivindicações dentro das possibilidades financeiras, mas ampliando o debate acerca das revisões salariais, acordos e correção da inflação dedicada aos mais de 8 mil servidores municipais.

Os líderes sindicais receberam as datas do cronograma de reuniões com as categorias, que iniciará no dia 30 deste mês com os profissionais da Educação. Participaram da primeira mesa de negociação representantes do Sindicato de Enfermagem e Trabalhadores de Saúde do Estado do Amapá (Sindsaúde); Profissionais dos programas Agentes Comunitários de Saúde e Saúde da Família do Estado do Amapá (SINDPPEA); Auditores e Fiscais de Tributos (SINAPST); Engenheiros (SINGE); Guardas e Inspetores (SIGIMMA); Servidores Públicos em Educação (Sinsepeap); Associação dos Procuradores do Município de Macapá (Aproma); de Fiscalização de Macapá (SINDIFIMS) e os titulares das secretarias municipais de Administração, Assuntos Extraordinários, Governadoria, Planejamento, Finanças, a controladora-geral do Município, Nair Mota e os vereadores Gian do Nae e Ulysses Parente.

Asscom PMM
Foto: Max Renê

Semana Santa: programação de espetáculos teatrais inicia nesta quarta-feira

Uma Cruz para Jesus _ Arquivo (1)

Iniciam nesta quarta-feira, 23, as apresentações de espetáculos teatrais alusivos à Semana Santa. Com apoio da Prefeitura de Macapá, as montagens que integram a programação foram selecionadas por meio de Chamada Pública da Fundação Municipal de Cultura (Fumcult).

Na seleção foram contempladas iniciativas do Perpétuo Socorro, Infraero II, Brasil Novo, Santa Inês, Centro, Laguinho, Buritizal, Zerão, Jardim Felicidade I, Novo Horizonte II, Vila do Coração e Santa Rita. Os espetáculos serão apresentados em locais públicos escolhidos pelos próprios artistas, o que facilita a acessibilidade e a democratização das linguagens artísticas envolvidas, assim a Prefeitura de Macapá contribui para a descentralização do produto cultural na cidade.

O Messias_ Arquivo (3)

Os Autos da Paixão são iniciativas culturais reconhecidas não apenas pelos fatores religiosos, mas também, enquanto produções artísticas desenvolvidas por grupos locais, com ampla aceitação e participação popular e que se tornaram tradição durante o período da quaresma. As encenações, com base em textos bíblicos ou adaptados, abordam a história dos últimos dias de Jesus Cristo, encerrando com a sua morte, ressurreição e ascensão aos céus. As peças se desenrolam em palcos, praças, salas de espetáculos e espaços alternativos, sempre visando a acessibilidade e a participação ativa da comunidade que, muitas vezes, entra em cena ou apoia as produções.

As propostas que compõem a programação foram selecionadas por meio de criteriosa avaliação realizada por uma Comissão de Seleção formada por representantes da Fumcult, do Colegiado de Teatro da Universidade Federal do Amapá (Unifap) e do Conselho Estadual de Cultura (Consec/AP). Na primeira etapa foram verificadas a documentação solicitada pelo edital. Já a segunda foi constituída de avaliação técnica e artística dos projetos, que serão realizados até o dia 31 de março.

Seguidores 03
Programação

23/03 (quarta-feira)

– Os Milagres de Jesus (Grupo de Teatro Maré)
Local: Escola Castro Alves (bairro Perpétuo Socorro)
Hora: 19h

– Cristo Por Elas (Movimento Cultural Desclassificáveis)
Local: CEU das Artes (bairro Infraero II)
Hora: 19h30

24/03 (quinta-feira)

– Saga de Cristo (Grupo Teatral Marco Zero)
Local: Praça da Unidade de Polícia Comunitária – UPC (bairro Brasil Novo)
Hora: 20h

– Via Sacra Paixão e Morte de Cristo (Movimento de Jovens do Bairro Santa Inês)
Local: Igreja Santa Inês (bairro Santa Inês)
Hora: 20h30

25/03 (sexta-feira)

– Uma Cruz para Jesus (Cia. Teatro de Arena)
Local: Anfiteatro da Fortaleza de São José (Centro)
Hora: 19h

– O Auto da Paixão (Cia. de Teatro Cristã Art’s Sacra Amapá)
Local: Praça Chico Noé (bairro Laguinho)
Hora: 20h

26/03 (sábado)

– Nazareno: o Filho de Deus 2016 (Artes Piracui)
Local: Praça da Caixa D’água do Buritizal (bairro Buritizal)
Hora: 20h

27/03 (domingo)

– Musical de Páscoa Aleluia (Cia. Viva de Teatro)
Local: Igreja Bom Samaritano (bairro Zerão)
Hora: 10h

– O Messias 2016 (Grupo Sant’Arts)
Local: Igreja de Santa Cruz (bairro Jardim Felicidade I)
Hora: 19h30

– O Cordeiro de Deus (Cia. Teatração)
Local: Praça Raimunda Capiberibe / Praça do Lago da Vaca – (bairro Novo Horizonte II)
Hora: 20h

29/03 (terça-feira)

– Jesus a Luz do Céu (Movimento Cênico Artheatrum)
Local: Praça da Vila do Coração (Vila do Coração)
Hora: 18h

30/03 (quarta-feira)

– Seguidores (Cia. de Artes Tucuju)
Local: CEU das Artes (bairro Infraero II)
Hora: 19h

31/03 (quinta-feira)

– Um Certo Jesus (Cia. De Artes Grande Porte)
Local: Abrigo São José (bairro Santa Rita)
Hora: 10h

– Jesus O Salvador (Grupo de Teatro Educ’art)
Local: Escola Antônio João (bairro Santa Rita)
Hora: 17h30

Paulo Rocha/Asscom Fumcult
Contatos: 98116-7007 / 99189-1081

Serviços de recuperação e manutenção de vias continuam na cidade

santacatarina

A Prefeitura de Macapá continua com os serviços de recuperação e manutenção de ruas e avenidas. A medida busca melhorar o trânsito e prevenir acidentes nas vias públicas do município. De acordo com o coordenador de Obras e Infraestrutura Urbana da Semob, Eleison Pelaes, a Rua Santa Catarina é um dos pontos mais críticos.

“No verão fizemos serviços de pavimentação e drenagem na via, mas o rompimento de uma tubulação da Companhia de Água e Esgoto do Amapá prejudicou a base e a camada asfáltica. Estamos atuando para solucionar esse problema e em outros pontos da cidade com sete equipes, para garantir trafegabilidade e comodidade aos moradores, motoristas e pedestres”, informou Eleison.

sãojosé1

As vias que estão recebendo serviços de recomposição do pavimento são: Rua Santa Catarina (bairro Santa Rita); Rua São José (Centro); Rua Acésio Guedes (Perpétuo Socorro); Rua Eliezer Levy (Trem); área interna do Quartel do Corpo de Bombeiros (Pacoval); Rua Manoel Pacífico Cantuária (Pacoval); Avenida Raimunda Alencar (Centro); Rua Goiás (Jesus de Nazaré) e Avenida Bahia (Pacoval).

Texto e fotos: Cliver Campos/Asscom Semob
Contatos: 98126-0880 / 99175-8550

Movimento vai espalhar mais de mil poemas para comemorar o Dia da Poesia, nacional e mundial

SONY DSC
Movimento Poesia na Boca da Noite

Março é o mês em que se comemora o Dia Nacional da Poesia (14), e o Dia Mundial da Poesia (21), e a comemoração do Movimento Poesia na Boca da Noite mais uma vez será espalhando poemas na cidade, para quem quiser ouvir ou ler. Os integrantes escolheram o dia 20, próximo domingo, para encher a praça da Bandeira de lirismo, e das 17h às 19h, mais de mil poesias estarão enfeitando o local, nos varais e origamis poéticos.

Os varais irão formar três Caminhos da Poesia, que levam até palanque onde estará estendido o Pano da Poesia, com declamações, música ambiente, poetas e admiradores da arte. O espaço também estará aberto para escritores e poetas que queiram comercializar, trocar e autografar seus livros.

Origamis de poesia
Origamis poéticos

Todos os anos o Movimento Poesia na Boca da Noite faz a homenagem para os poetas e distribui poesias em pontos da cidade, seja em forma de declamação ou impressos em delicados origamis e brindes. Os próprios integrantes do Movimento fabricam os brindes manualmente e com recursos próprios. Neste ano também serão distribuídos poemas impressos em papel envelhecido.

Movimento Boca da Noite1
Flores com poesias

“Colocamos os versos impressos em pergaminhos, dentro de garrafinhas e outros brindes, penduramos em árvores, declamamos, e assim, vamos distribuindo afeto e poesias, e descobrindo talentos”, disse Neth Brazão. O Movimento Poesia na Boca da Noite é formado por poetas, escritores e amantes da literatura, que se reúnem para dialogar, ler e declamar, levando o Pano da Poesia para ruas, praças, escolas, hospitais, penitenciária, e outros lugares da cidade, onde chegam de surpresa ou são convidados.

No dia 20 de março, qualquer pessoa pode participar da programação, para visitar, declamar e até levar um poema de sua autoria.

Mariléia Maciel

Fumcult divulga resultado parcial da seleção de espetáculos teatrais para Semana Santa

Seguidores 03

A Fundação Municipal de Cultura (Fumcult) divulgou na segunda-feira, 14 de março de 2016, o resultado parcial da seleção de projetos teatrais alusivos à Semana Santa. Os proponentes que não tiveram seus projetos habilitados neste primeiro momento podem comparecer à Fumcult (localizada na Rua Eliezer Levy, n° 1610, Centro) para receber as devidas orientações. Os grupos não selecionados poderão ainda impetrar com recurso no prazo de dois dias, a partir da data de divulgação da parcial, cabendo à Comissão de Seleção respondê-los em até 24 horas.

Seguidores 01

Confira o resultado parcial no link:

http://www3.macapa.ap.gov.br/editais/RESULTADO_PARCIAL_SEMANA_SANTA_FUMCULT2016.pdf

Paulo Rocha/Asscom Fumcult
Contatos: 99189-1081

Prefeito monitora ações contra alagamentos

12814531_854180408025533_1149428053645085378_n

A Prefeitura de Macapá tem feito constantemente a limpeza de galerias de escoamento de águas pluviais, mas por conta das chuvas que têm caído nos últimos dias na região, as ações foram intensificadas nesses locais, como prevenção aos possíveis alagamentos. Nesta sexta-feira, 11, o prefeito Clécio Luís e equipes da Defesa Civil Municipal, Obras e Limpeza Pública acompanharam os serviços em trechos dos bairros Santa Rita e Beirol.

Durante o monitoramento, prefeito e equipe constataram mais uma vez que os alagamentos são provocados pelo aterro de áreas de ressaca, acúmulo de lixo arrastado pelas chuvas, além do comportamento incorreto de moradores. No Santa Rita, onde a prefeitura executou serviços de drenagem, microdrenagem, terraplenagem e pavimentação em sete vias, técnicos identificaram no fim da Rua Orlando Pinto que uma espécie de tampa foi colocada na entrada do canal, impedindo a vazão da água e provocando o alagamento da última quinta-feira, 10.

10360337_854180441358863_6107875606494603146_n

Clécio Luís lembra que, mesmo com poucos recursos e equipamentos, a prefeitura tem garantido a limpeza da cidade, mas a população tem que fazer a sua parte. “Nessas vias do Santa Rita, onde moradores sofriam há mais de 20 anos com os alagamentos, a prefeitura fez um serviço de drenagem conectando com os canais de vazão natural da água. Neste trecho da Santa Catarina, por exemplo, o alagamento aconteceu pela intervenção incorreta de um único morador que prejudicou um bairro inteiro”.

A autônoma Renilda Almeida recordou os prejuízos causados pelos alagamentos por pelos menos 20 anos e disse que a vida melhorou após os serviços da prefeitura, sobretudo, em período chuvoso, e reconheceu que o cidadão deve ter sua parcela de contribuição para a manutenção dos serviços. “Lembro quando na outra gestão o técnico vinha aqui no canal tirar a água com uma bomba e não resolvia o problema. Clécio fez e acabou com a nossa preocupação, cabe a nós fazermos a nossa parte”.

IMG_8767

No canal do Beirol, trecho que vai da Feliciano Coelho ao bairro Pedrinhas, o prefeito acompanhou o serviço que iniciou no fim de fevereiro e se estende neste período de inverno, com a desobstrução de drenagens. Na Avenida Desidério Coelho, os técnicos identificaram que o armazenamento incorreto de resíduos de uma obra foi levado pela chuva, entupindo os bueiros. Em diálogo com os moradores, Clécio reforçou que é preciso a colaboração de todos, não jogando lixo nas ruas e nos canais.

“Quando falamos em limpeza urbana, o cidadão precisa entender que ele também é responsável. A prefeitura não se exime de seu trabalho e realiza os serviços constantemente, sobretudo, neste período para minimizar os problemas causados pela chuva, que comumente acomete a capital, mas é indispensável que a população entenda que sua colaboração é importante para manter o bem-estar da comunidade em geral”, alertou o prefeito.

IMG_8749

Desde fevereiro, equipes da Defesa Civil Municipal mantêm o monitoramento diário das áreas de risco e possíveis pontos de alagamento na capital neste período chuvoso. Os serviços de limpeza e desobstrução de galerias pluviais continuam em outros pontos da cidade.

Veja como você pode ajudar a prevenir alagamentos:

– Não jogue lixo, móveis ou entulhos nos córregos; não obstrua bueiros, canos ou bocas de lobo; não obstrua a vazão natural das águas no esgoto; não jogue aterro em áreas impróprias, não jogue lixo nas ruas, pois eles irão para os canais;

– Se identificar que próximo a sua casa ocorre ou haverá alagamento, entre em contato imediato com a Defesa Civil Municipal (98802-8378) ou ligue para o Corpo de Bombeiros (190).

Fonte: Diário do Amapá

Projeto com sessões de cinema para mamães e bebês chegará ao Amapá

11350549_922577564431403_5622242406134020503_n

Por Jéssica Alves

Em um ambiente que promete ser agradável para mamães e bebês, com direito a trocadores de fraldas e tapete emborrachado, o projeto ‘CineMaterna’ chegará ao Amapá no dia 9 de março. O lançamento ocorrerá com uma sessão gratuita em um cinema de um shopping na Rodovia JK, na Zona Sul de Macapá.

A sessão será às 14h e o filme será escolhido pelas próprias mães, por meio de enquete no site da Ass12802866_816563821806750_3452817025227933012_nociação CineMaterna, criadora do projeto.

Nas sessões do CineMaterna o ambiente é preparado para receber mamães e bebês de forma confortável, com som e ar condicionado suaves, sala levemente iluminada e tapete emborrachado para que mães e crianças fiquem mais à vontade no chão, informou a instituição.

De acordo com a associação, o projeto foi criado para que mamães que querem ter vida social, mas que às vezes são impedidas por não ter um ambiente que proporcione lazer e ao mesmo tempo cuidados com o bebê, possam frequentar o cinema de maneira mais adequada.

O projeto foi criado em São Paulo, por Irene Nagashima, uma mulher apaixonada por filmes que em 2008, após um fórum de discussão sobre maternidade na internet, combinou com um grupo de mães de irem juntas ao cinema.IMG_7729

O grupo solicitou sessões especiais nos cinemas para elas e os filhos, para que nenhuma delas precisasse abandonar as salas de exibição, ao mesmo tempo em que outras pessoas não se sentiriam incomodadas com a presença dos bebês.

Segundo a coordenação do shopping em Macapá, mães voluntárias vão recepcionar o público nas sessões. A capital é a 95ª cidade brasileira a receber o projeto, que terá exibição uma vez por mês, ainda sem datas definidas.

Serviço:

Lançamento do CineMaterna em Macapá
Data: 9 de março
Hora: 14h
Local: Cinépolis do Ampá Garden Shopping (Rodovia JK, Zona Sul de Macapá)
Entrada: gratuita para mães e bebês

Fonte: G1 Amapá

Poema de agora: Passagem de uma alquimista (homenagem de Fernando Canto à dona Euda, que partiu há 3 anos)

euda

Poema de Fernando Canto

Para Fernando Bedran

“Felix qui potuit rerum cognoscere causas” (Virgílio) (*)
“Otium cum dignitate” (Cícero) (**)

I – Panegírico insuspeito: da morta que viajou

O Eu da Dona Euda deixou presságios no ar
Como se fosse um aziago destino posto no céu
Um voo de curto percurso bramindo as asas da dor
Talvez a voz do caminho no curso da fonte à foz
Talvez um nó desprendido da corda da existência
Talvez um trajeto oculto da noite definitiva
No tênue rio que se torce em busca de um mar de luz

II – Ritual e penitência: da aventura e desterro

Palavras clivam a matéria e um grito exorciza o mal
– Que ritos, que liturgias me trazem esses anjos loucos,
Essas estrelas caídas, sedentas de novos cosmos?
– São gestos que purificam a pena dos degredados
No ato de libação à borda dos precipícios.

III – Platônicas paixões: da intemperança dos deuses

Do útero da caverna a morte espreita silente
Por ser um caminho de almas de irreversível viagem
(-Falava o republicano nas ágoras helenistas.)
Mas arde um fogo e a esperança nas sombras que se projetam
Em busca de elevação e do libertar das correntes
Dos laços, dos elos duros aos quais chamamos paixões.

Evoca-se (de chofre) o sopro – a alma viva – o início
Uma energia circulante por dentro dos alimentos
Dos deuses desesperados, visto a falência do Olimpo.

IV – Herança de Cagliostro: da aprendiza aplicada

Onde a ambrosia – néctar imortal, bálsamo que cura?
Onde o alecrim, a hortelã e os elixires,
A Alquimia misteriosa – a erva/o aguardente/as mãos habilidosas?
Onde, onde? Insiste o vento-remoinho em sua estada no bar
– No âmbar que protege e liga
O fio da vida à Alma Universal
(- Dizem os querubins obesos nas notas de suas trombetas.)

V – Epifanias em curso: do amor e dos equinócios

Decerto, agora, não haverá mais o vazio – o abismo temerário.
E nem a angústia, mas uma luz acima acesa e envolvente
E o amor que nutre o instante e move o tempo – de passagem
Na retidão do equinócio mais perfeito da tua alma.

Macapá, 19.03.2013
__________________________________
(*) Feliz daquele que pode conhecer as causas das coisas.
(**) O descanso honrado.

(***) Dona Euda partiu há exatamente 3 anos.

Sobre a emocionante arte da música e a absurda falta de apoio (Égua-moleque-tu-é-doido)

12801290_993645580704837_716974773378563465_n
Abner Campos e o maestro João Carlos Martins – Foto: Elias Sampaio.

Os leitores deste site sabem: sempre divulguei e divulgo cultura em todas as vertentes. Além disso, elogio quem brilha neste sublime campo de atuação e também critico quando é preciso.

Amo minha terra. Sério. Mas tem cada coisa que acontece aqui.

12795474_1304394766244711_2427005662794088416_n
Abner e o maestro João Carlos Martins – Foto: Valdici Fernandes.

O violinista amapaense Abner Campos, de 13 anos, talento descoberto há anos pelo maestro Elias Sampaio no projeto social do músico, e que por conta disso chegou a conhecer a Orquestra Filarmônica de Berlim, em 2014, foi convidado para tocar em um concurso de música erudita, que será realizado na Guiana Francesa (FRA), neste mês de março.

Só que o jovem violonista amapaense, a exemplo da maioria dos talentos locais, seja na arte ou no esporte, não tem grana (sim, dinheiro, patrocínio, recursos financeiros, etc) padownload (4)ra sair do Estado. O maestro Elias fez barulho, todos nós ajudamos nas redes sociais, e pelo que sei, ainda sem sucesso na arrecadação de recursos para enviar Abner para o concurso “Les Pirogues Musicales”, na cidade Saint-Laurent-du-Maroni, na fronteira da Guiana Francesa com o Suriname.

Aliás, os custos são somente com passagens, pois estadia e alimentação serão pagos pela organização do concurso. O jovem e o maestro precisam de R$ 1,5 mil. Eu não tenho essa grana. Mas isso aí é troco pro Governo do Amapá, Prefeitura de Macapá (ou qualquer instituição que tenha verba para a Cultura) e muitos empresários locais. Então qual o motivo dessa constante falta de apoio para músicos, esportistas e seja lá qual talento amapaense ?

10392204_1126543187380219_2424188170214607460_n
Abner Campos – Foto: Marco Leal

Hoje o caso foi mostrado no programa matinal “Encontro”, da Rede Globo de Televisão. Aliás, ao tocar seu violino, Abner emocionou nada menos que João Carlos Martins, renomado maestro, um dos maiores pianistas do mundo e maior intérprete de Bach, que também participou do programa. Se faltava convencer os que mandam na cultura local, ta aí, né não?

maestro-elias-sampaio
Maestro Elias Sampaio

Abner é um prodígio no violino. Aluno do maestro Elias Sampaio que ensina música a crianças e jovens carentes de Macapá e com eles fundou a maravilhosa Orquestra Essência, da Associação Educacional e Cultural Essência (Aece).

Em janeiro de 2014, o Fantástico mostrou a orquestra, o trabalho do maestro. Foi lindo!

Mas eles

68428_580846101991703_178750387_n

ainda precisam de doações e todos podem saber como fazer pelo telefone (96) 98100-2457.

E aí, um garoto com todo esse talento reconhecido por um maestro respeitado mundialmente, além de todos que amam música, ainda vai ficar sem apoio? Quem tem como ajudar tem a obrigação de fazer isso. A Cultura do Amapá agradece!

Elton Tavares

Improir e Conselho de Igualdade Racial trabalham juntos no Plano de Ação para 2016

1º dia de planejamento_OAB

A semana foi de construção e formação para os funcionários do Instituto Municipal de Política de Igualdade Racial (Improir) e os membros do Conselho Municipal de Políticas de Promoção de Igualdade Racial (Comigualdade). Reconhecendo a legitimidade do controle social nas mãos dos movimentos, o Instituto chamou os conselheiros – representantes de segmentos negros – para definir, junto com a gestão, o planejamento das ações que serão executadas ao longo de 2016 pelo Governo Municipal e discutir políticas de ações afirmativas.

Foram três dias de planejamento (2, 3 e 4 de março), onde o presidente do Improir, Maycon Magalhães, abriu um espaço de diálogo entre governo e sociedade civil. No dia 2 foi a abertura do planejamento, que aconteceu no auditório da OAB, aberto para a sociedade, e cujo foco principal foi a luta do combate ao racismo. Palestrante convidado, o paulista Joselicio Freitas, coordenador do Movimento Negro Nacional Círculo Palmarino, falou da importância do governo abrir este canal de diálogo com a sociedade.

“O governo abrir um espaço para a sociedade discutir algo tão importante, como buscar mecanismos efetivos para combater o racismo, é atender a uma reivindicação histórica, para, a partir dessa discussão, se implementar políticas públicas de ações afirmativas. Poder contribuir em um espaço como este é dar passos largos no sentido de avançar na política de Promoção da Igualdade Racial”.

Os dias 3 e 4 foram de prática. No auditório da Guarda Municipal de Macapá, equipe do Improir e os conselheiros do Comigualdade passaram duas tardes estudando, planejando e definindo em quais ações o Instituto irá atuar em 2016. O presidente apresentou aos conselheiros o quadro financeiro do Improir: orçamento, financeiro, investimentos, gastos administrativos e com pessoal, no que foi aplicado o recurso em 2015. Para este ano, com um orçamento bastante limitado, com uma sobra de 100 mil para fomentação de propostas, o Grupo de Trabalho priorizou eventos reconhecidamente inseridos no calendário cultural do município, como o Encontro dos Tambores e o Ciclo do Marabaixo, e redimensionou algumas propostas. Há, inclusive, uma indicação de lançamento de edital.

O Governo Municipal também articula junto com o conselho a construção do Plano Municipal de Promoção da Igualdade Racial, que permitirá políticas públicas a curto, médio e longo prazo. Nesse sentido, as discussões ainda estão iniciando. “Acho que é a primeira vez que a representação social ajuda o Improir a executar políticas públicas que são para eles. Estamos otimistas com essa dinâmica, pois nos aproxima, enquanto gestores, dos movimentos. Esta gestão tem a total convicção de que o controle social tem de estar nas mãos da sociedade. Esta é uma determinação do prefeito Clécio, que em todos os setores abre processo de escuta da sociedade e que, por pensar assim, implementou em Macapá o Congresso do Povo”, disse Maycon Magalhães.

O Controle Social é um instrumento democrático no qual há a participação dos cidadãos no exercício do poder, colocando a vontade social como fator de avaliação para a criação de metas a serem alcançadas no âmbito de algumas políticas públicas. Por permitir que os próprios cidadãos participem de alguma forma da gestão, da coisa pública, o Controle Social propicia a vivência da própria Democracia, pois, ao praticar esse controle, os cidadãos podem interferir no planejamento, na realização e na avaliação das atividades do governo. Esse contexto define bem o papel dos conselheiros do Comigualdade, que têm a missão de, mais do que fiscalizar, serem porta-vozes da sociedade civil organizada, acompanhando cada ação do Improir, e o Instituto está de portas abertas.

Texto e fotos: Rita Torrinha/Asscom Improir
Contato: 99189-8067

Prefeitura de Macapá entrega últimos prêmios da Campanha IPTU Premiado

IMG_7714 (1)

O prefeito de Macapá, Clécio Luís, entregou na noite de sexta-feira, 4, os 51 prêmios do 3º sorteio do IPTU Premiado 2015. A promoção visa o incentivo à contribuição em dia e o aumento da arrecadação municipal. A campanha é bastante comemorada pela população pela oportunidade de concorrer a valiosos prêmios, incluindo um carro 0 km.

Foram entregues ainda dois televisores de LED 42’’, dez tablets, cinco refrigeradores, 15 fogões de quatro bocas, três bicicletas elétricas e 15 smartphones. O secretário municipal de Finanças, Jesus Vidal, explica que a campanha faz parte do planejamento da prefeitura. “Esse projeto ocorreu durante o ano de 2015 e foi dividida em três etapas. Hoje finalizamos a entrega do último sorteio”.

O 3° sorteio ocorreu em dezembro e foi acompanhado por contribuintes, fiscais e técnicos da Secretaria Municipal de Finanças. Por meio de processo eletrônico, os números do Código de Cadastro do Imóvel (CCI) e os nomes dos ganhadores foram conhecidos. A dona de casa Maria Amélia Souza ganhou um refrigerador no sorteio e destacou que sempre pagou o IPTU em dia. “Muitas pessoas não sabem a importância de contribuir com seus impostos e eu considero importante para que possamos melhorar a nossa qualidade de vida em Macapá”.

IMG_7770

O IPTU destina-se a custear todos os serviços e investimentos públicos no município de uma forma geral, sem quaisquer outras vinculações. Poderão custear realizações na área da Educação, Saúde, Transporte, Desenvolvimento Econômico e Social etc. A cabeleireira Maria Ionete Sucupira foi a grande sortuda da noite, pois ganhou um carro 0 km. “O IPTU é importante para que a prefeitura possa investir na cidade. Pois se não pagarmos, como podemos cobrar os benefícios para a população?”.

O prefeito Clécio Luís destacou que a campanha visa, além de melhorar a arrecadação, aproximar a relação entre o contribuinte e a prefeitura, e foi por isso que fez questão de entregar pessoalmente cada prêmio. “Isso é um voto de confiança, pois as pessoas pagam para ser revestido em benefício para a população. O IPTU foi um desafio para a administração, pois tínhamos que estimular as pessoas em um momento muito delicado, que é o da crise. E a dificuldade estava exatamente em tentar aumentar a arrecadação sem criar novos impostos e, por isso, a campanha cumpriu o seu papel e conseguimos atingir nossos objetivos”.

Adryany Magalhães/Asscom PMM
Fotos: Max Renê

CEU das Artes firma parceria com Corpo de Bombeiros e leva projeto para zona norte

Projeto Bombeiro Cidadão no CEU das Artes_Fotos_Arquivo Fumcult (1)
A parceria entre o Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU das Artes) e o Corpo de Bombeiros Militar continua neste ano com o Projeto Bombeiro Cidadão. As inscrições para as atividades letivas de 2016 estão abertas e podem ser feitas no CEU, no bairro Infraero II. Pais ou responsáveis por jovens interessados em participar têm até o dia 11 de março para efetuar inscrição. São 60 vagas distribuídas nos turnos da manhã e tarde.
Projeto Bombeiro Cidadão no CEU das Artes_Fotos_Arquivo Fumcult (3)
O Bombeiro Cidadão atende adolescentes de ambos os sexos, de 14 a 16 anos de idade. Para realizar a inscrição basta apresentar certidão de nascimento ou carteira de identidade, além do comprovante de residência atualizado. No CEU das Artes serão desenvolvidas atividades que envolvem noções de prevenção e combate a incêndio, técnicas de salvamento, higiene e primeiros socorros, instrução militar, prevenção de acidentes domésticos, educação ambiental e para o trânsito, cultura e arte, esporte e lazer, e educação para a cidadania.

Paulo Rocha/Asscom Fumcult
Contato: 98116-7007
Fotos: Arquivo PMM