Apresentação poética ‘Xapiri-Curuocangô’ integra programação cultural no Sesc Araxá

O Sesc Amapá promove a apresentação sonora ‘Xapiri-Curuocangô’, com o Grupo de Poesia Tatamirô, no dia 01 de novembro, às 19h, no salão de eventos do Sesc Araxá. Promovendo ações de capacitações que visam contribuir para o fomento à produção local e nacional, além de facilitar acesso a produções literárias por meio das inovações propostas por cada momento, sendo estes apresentados, nos encontros com os artistas ou por meio das oficinas com os profissionais da linguagem literária.

A suíte ‘Xapiri-Curuocangô’ é uma performance poética do Tatamirô Grupo de Poesia, fruto de três anos de estudos dos cantos, rituais de etnias indígenas da Amazônia e da leitura interminente do livro “A queda do céu” do xamã yanomami Davi Kopenawa e do antropólogo franco-marroquino Bruce Albert, que culminaram em Poesia Sonora.

A apresentação da Suíte compõe o duo: palestra e espetáculo. Desta forma, o grupo acredita estar contribuindo para a divulgação das sonoridades de povos tradicionais, possibilitando, também, o contato com outras sonoridades (poesia sonora); levando o público ao experimento transcultural por intermédio da Literatura.

SOBRE O GRUPO TATAMIRÔ

O Tatamirô Grupo de Poesia, grupo macapaense, que atua há dez anos fomentando a leitura com ações voltadas para as artes em âmbito geral—destacando a Poesia—, tem se dedicado a difundir a Poesia Sonora com palestras, oficinas e apresentações no Amapá e outros Estados. Dentre elas, a suíte sonora “Xapiri-Curuocangô”, poesia sonora resultante de três anos de pesquisa dos sons, cantos, rituais de etnias indígenas da Amazônia e da leitura do livro “A queda do céu” do xamã Davi Kopenawa e do antropólogo Bruce Albert.

Adriana Abreu – 46 anos, é amapaense, professora de Literatura e Língua Portuguesa, arte-educadora, contadora de histórias, declamadora, coautora do livro “Macapá – a Capital do Meio do Mundo”, publicado pela Ed. Cortez, São Paulo/2008. É integrante do Tatamirô Grupo de Poesia e do Pium Filmes – Movimento do Cinema Possível em Macapá.

Herbert Emanuel – 56 anos, é amapaense, poeta e professor de filosofia, com vários livros de poemas publicados, com traduções para o castelhano e catalão. Apresenta-se também como poeta performático, com poesia sonora, em vários encontros de literatura e poesia no Brasil. É integrante do Tatamirô Grupo de Poesia e do Pium Filmes – Movimento do Cinema Possível em Macapá.

Paulo Rocha – 33 anos, é paraense, formado no Curso de Letras com Habilitação em Língua Francesa (UEAP) com atuação efetiva na rede pública de ensino amapaense e no setor administrativo da Fundação Municipal de Cultura de Macapá para a gerência de programas e políticas do setor cultural. É fotógrafo, produtor e diretor de arte com experiência em multilinguagens artísticas e que durante os anos de 2011 e 2015 participou do Grupo Eureca Educação Arte e Cultura. Atualmente, integra o Movimento de Contadores de Histórias no Amapá, a Cia. Supernova de Teatro Experimental, o Coletivo de Artistas, Produtores e Técnicos em Teatro do Estado do Amapá (CAPTTA) e o Tatamirô Grupo de Poesia.

Informações: SESC Araxá, Setor de Cultura – Rua Jovino Dinoá, 4311 – Beirol – Tel. 3241-4440, Ramal 239.

Assessoria de comunicação do Sesc/AP

Hoje é o Dia do Professor

Hoje (15) é o Dia do Professor. A origem da data é em razão que, no dia 15 de outubro de 1827, Pedro I, então Imperador do Brasil baixou um Decreto que criou o Ensino Elementar Nacional. De acordo com a resolução, “todas as cidades, vilas e lugarejos teriam que ter escolas de primeiras letras”. Foi assim.

A profissão é talvez a mais nobre de todas, afinal o professor é o norteador dos futuros profissionais em todas as áreas de atuação que existem. Tive dezenas de bons professores, como a saudosa Gorete Monteiro. Excelente educadora, lecionava Português na Escola Polivalente Tiradentes, foi com ela que comecei a escrever melhor.

Falando de nossa língua, também exalto a professora Catarina Moutinho, que me deu aula no Colégio Amapaense e que reencontrei no Seama, onde formei em Comunicação. Não posso deixar de falar do Carlos Magno, profissional brilhante, que abriu minhas idéias.

Ah, também homenageio aqueles que, além de bons professores, se tornaram meus amigos pessoais, caso do Alexandre Brito e Silvio Neto (ambos professores universitários). Enfim, tenho muitos brothers que lecionam e é impossível enumerá-los neste post.

Com a professora Maria Lúcia, minha mãe.

Sou filho de uma professora e orientadora educacional, Maria Lúcia Vale Cardoso, que muito honrou a profissão. Minha mãe ralou pra caramba em salas de aula nos aos 80. Depois formou-se e seguiu contribuindo com a educação de centenas de pessoas, que hoje trabalham nas mais distintas áreas. A ela, em nome de todos os professores, minhas homenagens!

Feliz Dia do Professor aos trabalhadores da nobre e tão pouco reconhecida profissão. Esse é o profissional dos profissionais, com toda a certeza, a profissão que mãe é de todas as outras.

Torço para que, um dia, o Brasil faça Justiça e valorizes seus educadores com condições de trabalho e salários dignos. Parabéns, mestres!

Elton Tavares

Prefeitura de Macapá lança edital de licitação inédito para concessão que irá reestruturar o transporte coletivo na capital

A autorização de licitação da concessão inédita do transporte coletivo urbano da capital foi anunciada pelo prefeito de Macapá, Clécio Luís, nesta terça-feira, 15, durante coletiva de imprensa. A proposta de restruturação da rede de transporte público em Macapá foi apresentada e debatida em duas audiências públicas, realizadas em maio e setembro de 2019, respectivamente.

Durante a coletiva, Clécio explicou que, com a publicação do edital, poderão participar empresas brasileiras isoladas ou reunidas em consórcio. A concorrência será feita em dois lotes. O critério de julgamento será o de menor valor tarifário e o prazo da concessão será de 20 anos, podendo ser prorrogado por mais 5 (cinco). O processo e a publicação do edital sairá na próxima semana, com previsão de até quatro meses para se declarar os vencedores. A intenção da prefeitura para a implantação do novo sistema é de quatro a seis meses após a assinatura do contrato.

O prefeito Clécio disse que o novo sistema permitirá autonomia e segurança para diferentes usuários. “Essa licitação é para atender quem usará, de fato, o transporte público, como os trabalhadores, pessoas com deficiência, idosos, crianças, diferentes usuários. Além disso, não terá mais autorizações precárias. A empresa vencedora será a que oferecer menor valor tarifário, beneficiando assim toda a população que utiliza o transporte público. Portanto, vale lembrar a segurança jurídica que o processo oportuniza, além da transparência da gestão dos recursos públicos, que é uma política correta, onde todos são beneficiados. A empresa vencedora precisará renovar 50% da frota já no primeiro ano, para poder começar a operar”, explicou.

Com a concessão inédita, as empresas que vencerem o processo deverão promover diversos benefícios aos passageiros, como otimização do sistema, a redução do tempo de viagem, otimização do uso da frota, minimização do custo geral do sistema, além de implantar estações de integração e bilhete único, e demais diretrizes, como, por exemplo, as especificidades da frota, que deve ter idade máxima de 8 anos e média de 4 anos, contemplando 100% de acessibilidade, com local para cadeira de rodas e assentos para atender as pessoas com deficiência, Wi-fi, sistema de controle e operação de elevador, GPS e bilhetagem eletrônica. Como forma também de preservar o meio ambiente, as empresas terão que apresentar um plano para trabalhar com frota que funcione a base de energia limpa.

O chefe do Executivo municipal pontuou ainda que o edital prevê que os ganhadores da licitação aumentem o itinerário dos ônibus de 348 para 392 quilômetros de vias atendidas. Além disso, a empresa vencedora fará um contrato que garanta direitos e deveres dos usuários, com foco na redução da tarifa pública para o usuário. Outro ponto explicado pelo prefeito Clécio, que estará no contrato, é que os profissionais que atuam no transporte público deverão ser absorvidos com o novo sistema.

“Esse é um marco histórico para Macapá, pois é a primeira vez que se tem um processo licitatório no transporte público. Queremos, com isso, melhorar toda a mobilidade urbana, ampliando a cobertura para atender as comunidades, antes sem acesso ao serviço, e levar à toda população da cidade um transporte com preço justo, mais eficiente e com mais qualidade”, finaliza o prefeito de Macapá, Clécio Luís.

Além de toda a imprensa, participaram a procuradora do Município de Macapá, Taísa Mendonça, secretário de Governo, Jorge Pires, diretor-presidente da Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá, André Lima e o consultor da EGL, George Teixeira.

Lilian Monteiro
Assessora de comunicação/PMM
Contatos: 99903-5888/99970-1352
Fotos: Gabriel Flores / Nayana Magalhães

Promotoria da Saúde apoia projeto aprovado na Assembleia Legislativa, que obriga transparência nas listas de espera do SUS

Pacientes que aguardam por consultas médicas com especialistas, ou esperam por cirurgias, exames e quaisquer outros procedimentos oferecidos pela Rede Pública de Saúde do Estado do Amapá, terão seus cadastros publicados na internet. O projeto de lei, de autoria do deputado estadual Dr. Furlan (Cidadania – AP), foi aprovado nesta terça-feira, 15, e tem como objetivo dar mais transparência ao Sistema Único de Saúde (SUS) no estado.

O projeto foi sugerido ao deputado pela Promotoria de Defesa da Saúde, como parte de uma Ação do Conselho Nacional do Ministério Público que visa dar mais transparência às listas de espera do SUS em todo o Brasil.

De acordo com o projeto, a Secretaria Estadual de Saúde (SESA) deverá publicar e atualizar, em seu site oficial na internet, a lista de espera dos pacientes que aguardam por consultas (discriminada por especialidades), exames, intervenções cirúrgicas e quaisquer outros procedimentos na sua área de gestão, incluindo as entidades conveniadas.

A divulgação das informações deverá observar o direito à privacidade do paciente, que poderá ser identificado pelo número do Cartão Nacional de Saúde (CNS) ou pelo Cadastro de Pessoa Física (CPF). Em suma, a lista de espera deverá conter a data da solicitação do atendimento, a posição que o paciente ocupa, a especificação do tipo de consulta, exame, intervenção cirúrgica ou outros procedimentos, além disso, a estimativa do prazo para o atendimento solicitado.

“A proposição busca alcançar, por meio de publicação na internet, a humanização do atendimento com direito à igualdade de condições de acesso com informações claras e precisas aos usuários”, reforçou Dr. Furlan.

O promotor de Justiça de Defesa da Saúde do Ministério Público (MP-AP), André Araújo, esteve presente no momento da votação e ressaltou que o Projeto de Lei vai assegurar aos usuários do SUS melhores condições de atendimento e fiscalização dos serviços prestados.

Mas não é só na internet que as pessoas terão acesso à lista de espera. As unidades de saúde também serão obrigadas a fixar as relações em locais estratégicos para visibilidade, em suas dependências, contendo as principais informações da lei.

O projeto agora deverá ser encaminhado ao Governador do Estado para sanção.

SERVIÇO:

Com colaboração de Laiza Mangas – ASCOM Deputado Estadual Dr. Furlan
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Disputa entre Mazagão e Santana abre os jogos das quartas de final do Intermunicipal

Começa nesta quarta-feira, 16, a rodada das quartas de final do Campeonato Intermunicipal 2019, realizado pela Federação Amapaense de Futebol (FAF). Oito times chegaram à essa fase do campeonato e o primeiro jogo entre as ligas de Mazagão e Santana acontece no Estádio Aluizio Videira, em Mazagão. Na partida de volta, que será realizada no sábado, 19, os times jogam em solo santanense, no Estádio Augusto Antunes.

A liga de Mazagão voltou ao campeonato com a desclassificação da liga de Pedra Branca, penalizada pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Amapá por não entrar em campo com todos os jogadores regularizados conforme determinação da CBF.

Próximas partidas

Os jogos da Chave F, entre Pracuúba e Calçoene, acontecem nos dias 23/10 (ida) e 26/10 (volta) nas próprias localidades sedes.

Pela Chave G, Porto Grande e Mangueirão se enfrentam nos dias 29/10 e 01/11, com partidas nos Estádios Augusto Antunes e C.Brito, em Santana e Porto Grande, respectivamente.

Os últimos jogos da rodada acontecem dias 06/11 e 09/11, entre Amapá e Cutias, nas próprias localidades sedes.

Os primeiros cruzamentos das semifinais estão marcados para começar dia 13/11 com local a definir. A final do Intermunicipal 2019 deve acontecer no dia 07 de dezembro, conforme planejamento da FAF.

Comunicação FAF
Marcelle Nunes

Prefeitura de Macapá dá continuidade aos serviços de pavimentação nas vias dos bairros Açaí e Renascer

A Prefeitura de Macapá dá continuidade à execução dos serviços de pavimentação de vias do bairro Açaí, zona norte da capital. Ao todo, doze ruas receberão asfalto, drenagem superficial e meio-fio. A obra está sendo executada por meio de convênio do Município com o Ministério da Defesa, Departamento do Programa Calha Norte, emenda de bancada federal com articulação do senador Davi Alcolumbre.

“Neste primeiro momento, nossas equipes estão fazendo a limpeza das vias que serão pavimentadas, onde estão sendo detectados muitos gargalos de acúmulo de resíduos, o que causa um certo atraso no andamento das obras de pavimentação”, conta o secretário de Obras, David Covre.

O bairro Açaí faz parte dos cinco lotes que compõem o convênio entre Município e Ministério da Defesa, Departamento do Programa Calha Norte, por meio de emenda da bancada federal, que contou com a articulação do senador Davi Alcolumbre. O repasse é de R$ 4,6 milhões, com contrapartida do Município.

O Município também retomou as obras de pavimentação no Renascer. Máquinas voltaram a trabalhar no nivelamento das vias do bairro. O serviço está sendo executado por meio de emenda da bancada federal, com articulação do senador Davi Alcolumbre, no valor de R$ 4,6 milhões, com contrapartida da Prefeitura de Macapá. Cerca de 20 vias receberão pavimentação, drenagem superficial e meio-fio.

O autônomo Manoel Luiz mora há mais de 20 anos na Av. Antônio Rufino da Paixão, bairro Pantanal. Sentado na calçada de sua residência, acompanha o trabalho das máquinas. “Sou um dos primeiros moradores daqui e sempre pedimos ao poder público melhorias. Sabemos que não é fácil sair asfaltando, tem custo alto. Mas agora ver que seremos contemplados, chega a emocionar, pois passamos muitos anos na lama e, no verão, poeira. Agora, marcaremos um churrasco para comemorar”, relata.

“Tivemos um atraso de cerca de 15 dias devido a uma decisão judicial por liminar, dada a uma empresa que recorreu após perder o certame. O relator entendeu que a decisão não tinha fundamento para a paralisação do serviço e que os maiores prejudicados são os munícipes. Diante disso, emitiu uma decisão de agravo interno, derrubando a liminar, permitindo a continuação do serviço, já iniciado pela empresa ganhadora do certame”, conta o secretário de Obras, David Covre.

Os serviços iniciaram pela Rua Grécia, que já recebeu drenagem e terraplenagem. Também está sendo executado o nivelamento das vias Antonio Rufino da Paixão e Benedito Rodrigues Ferreira.

Serviço:

Aline Brito
Assessora de comunicação/Semob
Contato: 98803-9633

Projeto de Lei que obriga transparência nas listas de espera do SUS é aprovado na Assembleia Legislativa do Amapá

Pacientes que aguardam por consultas médicas com especialistas, ou esperam por cirurgias, exames e quaisquer outros procedimentos oferecidos pela Rede Pública de Saúde do Estado do Amapá, terão seus cadastros publicados na internet. O projeto de lei, de autoria do deputado estadual Dr. Furlan (Cidadania – AP), foi aprovado nesta terça-feira, 15, e tem como objetivo dar mais transparência ao Sistema Único de Saúde (SUS) no estado.

De acordo com o projeto, a Secretaria Estadual de Saúde (SESA) deverá publicar e atualizar, em seu site oficial na internet, as listas de espera dos pacientes que aguardam por consultas (discriminada por especialidades), exames, intervenções cirúrgicas e quaisquer outros procedimentos na sua área de gestão, incluindo as entidades conveniadas.

A divulgação das informações deverá observar o direito à privacidade do paciente, que poderá ser identificado pelo número do Cartão Nacional de Saúde (CNS) ou pelo Cadastro de Pessoa Física (CPF). Em suma, a lista de espera deverá conter a data da solicitação do atendimento, a posição que o paciente ocupa, a especificação do tipo de consulta, exame, intervenção cirúrgica ou outros procedimentos, além disso, a estimativa do prazo para o atendimento solicitado.

“A proposição busca alcançar, por meio de publicação na internet, a humanização do atendimento com direito à igualdade de condições de acesso com informações claras e precisas aos usuários”, reforçou Dr. Furlan.

O promotor de Justiça de Defesa da Saúde do Ministério Público, André Araújo, esteve presente no momento da votação e ressaltou que o Projeto de Lei vai assegurar aos usuários do SUS melhores condições de atendimento e fiscalização dos serviços prestados.

Laiza Mangas – ASCOM Deputado Estadual Dr. Furlan
Contato: 96 98103-4812

MP-AP sedia X Encontro Nacional de Memoriais do MP nos dias 31 de outubro e 1º de novembro

O Ministério Público do Estado do Amapá (MP-AP) sediará, nos dias 31 de outubro e 1ª de novembro de 2019, na Procuradoria-Geral de Justiça – Promotor Haroldo Franco, o X Encontro Nacional de Memoriais do MP. O evento, voltado para representantes de Memoriais do Ministério Público, integrantes do Ministério Público e representantes de Centros de Memória, tem por objetivo promover o compartilhamento de informações e troca de experiências entre profissionais e instituições ligados às áreas de documentação e memória.

O simpósio, realizado com o apoio da Procuradoria-Geral de Justiça do MP-AP, contará com palestras de especialistas de temas relacionados ao resgate da memória institucional.

A abertura será no dia 31 de outubro, com a palestra “A Prática da História Oral no Âmbito do Ministério Público”, ministrada pelo pós-doutor em história oral, Gunter Axt, experiente na área de memória institucional. Em seguida, o Memorial do MP-AP será apresentado ao público pela procuradora-geral de Justiça MP-AP, Ivana Lucia Franco Cei, juntamente com o coordenador do MP-Memória/AP, procurador de Justiça do MP-AP, Márcio Augusto Alves, e o presidente da Comissão Memorial, o promotor de Justiça do MP-AP, Ricardo José Ferreira.

Já no dia 1º de novembro, a abertura do segundo dia do evento será com a palestra “Imagens e narrativas na construção da história do Ministério Público”, que será proferida pelos coordenadores do Memorial do MP/Espírito Santo, Paulo José da Silva e Simone da Silva Ávila.

Nos dois dias de programação ocorrerá visita ao Memorial do MP-AP, no Complexo Cidadão do Centro, a apresentação do memorial de outros MPs estaduais e, no encerramento, acontecerá uma visita turística a Mazagão Velho, cidade com diversas riquezas históricas e tradições.

MP-Memória

Instituído em 2005, o MP-Memória funciona na Avenida FAB, centro de Macapá, e tem a missão de resgatar a história da instituição no Amapá. Aberto ao público em horário comercial, é frequentemente visitado pela comunidade, especialmente alunos do ensino médio e acadêmicos de instituições de ensino superior. É possível acessar mais informações também pelo hotsite: http://www.mpap.mp.br/portais/memorial

O procurador de Justiça e coordenador do MP-Memória, Márcio Alves, foi designado no início de julho de 2017, pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), para atuar como integrante do nível decisório do Comitê Gestor do Plano Nacional de Gestão de Documentos e Memória do Ministério Público (Coplaname). Com a nomeação, Márcio Augusto Alves passou a representar os MPs da Região Norte, tendo como suplente o promotor de Justiça Ricardo Ferreira, também do MP-AP.

Confira a programação completa do Encontro aqui: http://www.mpap.mp.br/portais/memorial?view=article&id=8528&catid=136

SERVIÇO:

Elton Tavares
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Resultados apontam público muito satisfeito na realização do Luau na Samaúma

Por Denyse Quintas

Luau na Samaúma – 3ª Temporada, apresenta os resultados do evento em outubro, com expectativas similares para 15 de novembro e 13 de dezembro, das 17h às 23h. O Luau é uma realização do Ministério Público do Estado do Amapá (MP/AP), em parceria com a Prefeitura Municipal de Macapá (PMM) e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/AP) e acontece na Praça Samaúma, em frente à Procuradoria-Geral de Justiça – Promotor Haroldo Franco, no Araxá, em Macapá.

Sebrae

O diretor superintendente do Sebrae no Amapá, Waldeir Ribeiro, parabeniza o MP/AP, por colocar a Praça Samaúma, à disposição da população amapaense e agradece, em nome da instituição, pela parceria. “O evento multicultural é uma oportunidade para os empreendedores locais, gerarem negócios e fortalecerem a cidadania”, disse o diretor superintendente do Sebrae no Amapá, Waldeir Ribeiro.

De acordo com diretora técnica do Sebrae no Amapá, Marciane Santo, a partir dessa 3ª Temporada, o Sebrae se integra ao Luau na Samaúma, um evento consolidado e que traz para Macapá um conceito diferenciado de ocupação de espaços públicos. “É uma bela praça que pode reunir várias pessoas que gostam de poesia, boa música, literatura, arte e principalmente, ter acesso aos produtos e serviços dos empreendedores que participam do Luau, e que estão distribuídos em vários espaços, entre eles, Praça de Alimentação, Feira de Produtos do Campo, e no Espaço de Economia Criativa”, declara a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Marciane Santo.

Ela, destaca a participação das crianças nas Oficinas de Mini Chefs, que foram ministradas em duas (2) turmas, na produção de pipoca gourmet. “Um público muito interessante de criança, foi mostrado a eles, inclusive o conceito de boas prática na manipulação de alimentos, todos saíram com o kit personalizado (touca e avental), e aprenderam a receita e que certamente irão replicar nas suas casas”, ressalta a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Marciane Santo.

Capacitação

O Sebrae ministrou capacitações de Boas Práticas na Manipulação de Alimentos, preparando os empreendedores para estarem apresentando bons produtos e para servir a população de uma maneira adequada. “Estamos extremamente felizes com o resultado nessa 3ª Temporada, no Luau na Samaúma e temos certeza que nos meses de novembro e dezembro, estaremos aqui novamente com esse ambiente maravilhoso, com esse luar lindo, às margens do Rio Amazonas, fazendo negócios e propiciando negócios ao empreendedor local” enfatiza a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Marciane Santo.

Mini Chefe

As Oficinas de Mini Chefes, gratuitas e aconteceram no primeiro quiosque do Complexo do Araxá, para crianças de 5 a 12 anos; com inscrições na hora do evento.

Feira

A Feira de Produtos do Campo, com 15 expositores da agricultura familiar, oriundos das localidades do Km 9; Vila do Coração e Porto Grande. Os produtores estarão comercializando frutas, hortaliças, castanha do Pará e mel.

Pesquisa

O Sebrae aplicou 472 pesquisas, para medir o nível de satisfação do público, no Luau na Samaúma, que apontou muito satisfeito em 50,8% e satisfeito em 48,7%. O evento contou com colaboradores da Unidade de Inovação Competitiva (Unic); Unidade de Gestão Estratégica (UGE); Unidade de Administração e Finanças (UAF); Unidade de Atendimento Coletivo – Comércio e Serviço (UAC-CS); Unidade de Atendimento Coletivo – Agronegócio e Indústria (UAC-Agrin) e Unidade de Marketing e Comunicação (UMC).

MP

A procuradora-geral de Justiça do MP/AP, Ivana Lúcia Franco Cei, afirma a importância do Luau na Samaúma para estreitar os laços entre o cidadão e o órgão ministerial, bem como da PMM e Sebrae. “O evento possibilita uma política pública ampla e coesa de economia criativa na capital amapaense. Esse projeto é maravilhoso, pois aproxima a população de forma eficaz do MP-AP e dos parceiros. Assim a sociedade se diverte, participa e a comunidade se sente acolhida. O Sebrae veio somar conosco nesta terceira temporada, o que profissionalizou empreendedores da economia criativa e assim promovemos a geração de renda, além de cultura e lazer com segurança”, pontuou a procuradora-geral de Justiça do MP/AP, Ivana Lúcia Franco Cei.

PMM

“Essa é uma bela parceria. Fazer o Luau com MP/AP e o Sebrae é um prazer. Essa nossa política de ocupação dos espaços urbanos, como é o caso da Praça da Samaúma, combina perfeitamente com a proposta deste evento, com este cartão de visitas maravilhoso que o Ministério Público tem na frente de sua sede. É a sociedade aproveitando o que nós temos de melhor”, finaliza o prefeito de Macapá.

Luau

Segundo a Guarda Civil Municipal de Macapá (GCMM), o público que circulou no Luau na Samaúma, foi cerca de 4 mil pessoas. O evento contou com apresentações de poesia, música, gastronomia, exposições de arte, intervenções artísticas, literatura e shows musicais. Dentre as atrações, estavam a discotecagem da Selecta Branks; Banda da Guarda Civil Municipal de Macapá (GCMM); Cortejo Produções Artísticas; espetáculo da Companhia de Dança Aguinaldo Santos – Corpo & Movimento. Shows dos cantores, Bebeto Nandes, Sabrina Zahara, Afro Brasil e Osmar Junior.

Comercialização de artesanato, com a Feira Afro, Projeto Mulheres que Fazem, do Instituto Municipal de Política e Promoção de Igualdade Racial (Improir) e Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres; Tenda Literária com exposição e comercialização de livros e declamações poéticas por integrantes da Associação Literária do Estado do Amapá (Alieap).

Cortejo de Fanfarra para o público infantil; exposições de arte das galerias Samaúma e Trokal; vendas e comercialização de comidas típicas e foodtrucks; exposição e comercialização de discos de vinil do Lado B.

O evento apresentou o trabalho pedagógico realizado pela Arte Educadores da Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá e Município de Macapá (CTMAC) e simulador de impacto da CTMAC.

Fonte: Ascom MP/AP

Serviço:

Sebrae no Amapá
Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832

Prevenção: MP-AP é co-realizador da 4° Corrida Contra o Câncer

A ONG Carlos Daniel realizará a 4° Corrida Contra o Câncer no dia 24 de novembro. A ação ocorrerá na orla de Macapá e o Ministério Público do Amapá (MP-AP) é co-realizador da prova. O objetivo do evento é promover a conscientização para prevenção do câncer e arrecadar recursos para que a organização não governamental execute suas ações de combate à doença.

O projeto da ONG Carlos Daniel, que ajuda crianças e adolescentes na luta contra o câncer, tem como objetivo estimular ações solidárias, destacando a importância dessas atitudes para a construção de uma sociedade melhor, menos desigual e mais justa. Além disso, a programação é uma forma de incentivar a prática esportiva como fator de prevenção e melhoria da qualidade de vida.

Além da corrida, o evento contará com uma ação de saúde e ofertará serviços de vacinação e testes rápidos, buscando promover para a população uma manhã de lazer e prevenção à saúde.

Agradecemos a parceria do Ministério Público e o apoio nessa luta contra o câncer, que é um desafio de todos. Ter o MP-AP como co-realizador desse evento é muito importante para nós, devido ao excelente trabalho desta instituição em favor da sociedade”, pontuou Agenilson Pereira, diretor da ONG.

De acordo com a procuradora-geral de Justiça do MP-AP, Ivana Cei, o órgão abraçou a causa por ser uma iniciativa positiva para a saúde da sociedade amapaense.

A prevenção é essencial no combate ao câncer. O MP-AP trabalha pelo bem-estar do cidadão e a corrida prestará um serviço fundamental para a saúde pública dos amapaenses. Portanto, o MP-AP será co-realizador da prova e daremos todo o apoio para o sucesso do evento”, comentou a PGJ.

Percurso

A corrida terá largada em frente ao Parque do Forte (Lugar Bonito), e terá em seu trajeto a Avenida Beira Rio, seguindo pela Rua Jovino Dinoá, passando pela Avenida Desidério Antônio Coelho, e volta para a Avenida Beira Rio finalizando no ponto de largada, no Parque do Forte.

As premiações ficaram destacadas como: Geral, Cadeirante e Deficiente Visual. Para a corrida Geral, o 1° colocado ganhará R$ 800 (oitocentos reais) mais troféu, o 2° lugar ganhará R$ 600 (seiscentos reais) mais troféu e o 3° colocado ganhará R$ 400 (quatrocentos reais) mais troféu. Nas categorias Cadeirante e Deficiente Visual, os prêmios são os mesmo para os respectivos 1°, 2° e 3° lugar.

O evento contará com a participação do campeão da Corrida São Silvestre de 1997, Émerson Iser Bem, que será um apoiador do evento, e a participação especial do corredor “Biel”, portador de necessidades especiais. Biel corre em sua cadeira de rodas junto com seu pai, Rodrigo Rocha, dupla bastante conhecida no Brasil pela participação em corridas de rua.

Outros apoiadores serão a Prefeitura Municipal de Macapá e Vara de Execuções Penais, do Poder Judiciário.

Inscrições

Para participar, basta se inscrever no site da corrida com documento de identidade. O valor para participação será de R$50 reais e 1kg de alimento não perecível.

Programação:

Concentração: 5h30
Largada: 6h15
Distâncias 6 km
Local: Brasil – Macapá – Parque do Forte, na Avenida Cândido Mendes – Centro.

Retirada de kit
Data: 21 e 22/11/19.
Horário: 14h às 19h.
Local: Estação da Beleza
Endereço completo: Rua Tiradentes, nº 1192 – Centro, Macapá.

É necessário levar a documento de identificação e 1 kg de alimento não perecível.

Link de inscrição: https://www.ativo.com/calendario/todos/america-do-sul/br/ap/macapa/corrida-de-rua/36980/4a-corrida-contra-o-cancer

SERVIÇO:

Elton Tavares – Diretor de comunicação
Texto: Vanessa Albino e Nelson Carlos
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Contato: (96) 3198-1616

Veja as vagas de emprego do Sine Amapá para o dia 15 de outubro

O Sistema Nacional de Emprego no Amapá (Sine-AP) oferece vagas de empregos para Macapá. O número de vagas está disponível de acordo com as empresas cadastradas no Sine e são para todos os níveis de escolaridade e experiência.

Os interessados podem procurar o Sine, localizado na Rua General Rondon, nº 2350, em frente à praça Floriano Peixoto. Em toda a rede Super Fácil tem guichês do Sine e neles é possível obter informações sobre vagas em Macapá e Santana.

Para se cadastrar e atualizar os dados, o trabalhador deverá apresentar Carteira de Trabalho, RG, CPF e comprovante de residência (atualizado).

Veja as vagas disponíveis de acordo com as solicitações das empresas:

Eletricista
Dentista
Recepcionista
Jardineiro
Vendedor externo
Subgerente de supermercado
Tosador
Vagas para pessoas com deficiência

Embalador à mão

Fonte: G1 Amapá

 

Prefeito Clécio acompanha Círio e pelo quinto ano consecutivo participa do tradicional almoço com vermelhinhos e margaridas

Momento de fé e devoção demonstrado em louvores, cânticos e oração pelos milhares de fiéis durante a procissão do Círio de Nazaré 2019, no último domingo, 14. A festa religiosa reuniu devotos em uma grande romaria de esperança, fraternidade, solidariedade e agradecimento por graças alcançadas. Este ano, a maior festividade religiosa da capital teve como tema “Salve, Maria! Rainha da Amazônia missionária!”. O lema foi “Senhor fez por nós maravilhas. Santo é seu nome!” (Lc 1,46-55).

Como já é tradicional, logo no início da manhã, o prefeito de Macapá, Clécio Luís, participou de um café com os padres, seguido da celebração da santa missa no Santuário de Fátima, conduzida pelo arcebispo da Arquidiocese de Londrina, no estado do Paraná, Dom Geremias, que substituiu o bispo de Macapá, Dom Pedro José Conti, que participa de evento na cidade de Roma, Itália. Após a missa, Clécio acompanhou todo o percurso do Círio ao lado da corda que envolve a berlinda com a imagem de Nossa Senhora de Nazaré. Diversas famílias doaram água e alimentos aos romeiros que acompanharam o percurso, como forma de pedir ou agradecer graças alcanças.

Após concluir o trajeto da procissão, que culminou com a chegada da imagem e dos peregrinos à igreja São José, o prefeito Clécio refez o percurso, acompanhando, desta vez, os garis e margaridas que seguiram com serviços de varrição das ruas do percurso pós-Círio, além da remoção de garrafas e copos de plástico. As vias foram lavadas com 60 mil litros de lavanda e água. Finalizando o percurso, Clécio reuniu todos os profissionais que atuaram na limpeza e agradeceu.

Segundo o prefeito, quando ele passa acompanhando os serviços e as pessoas elogiam a cidade que está limpa, esse reconhecimento é, de fato, para quem cuida da limpeza da cidade. “Quero agradecer a cada um de vocês que cuida com muito zelo de Macapá. Quando nossa capital é elogiada pela limpeza, esse crédito é de vocês, homens e mulheres, que estão aqui hoje dando o melhor, em um dia tão especial, que é o Círio de Nazaré, onde podemos exercer nossa fé e assim nos tornamos melhores. Vocês são os guardiões dessa cidade, cuidam e zelam com muito carinho”.

“Muito obrigado, estou há sete anos acompanhando desta forma o Círio e, a cada ano, melhoramos o nosso trabalho. Vamos também almoçar juntos para nos confraternizarmos em ato de fraternidade. Agradeço profundamente a família do Shopping Villa Nova, que pelo quinto ano consecutivo oferece almoço a todos nossos vermelhinhos e margaridas, um gesto muito bonito e que ficará para sempre em nossa memória”, agradeceu o prefeito.

Tradicional almoço com vermelhinhos e margaridas

O almoço especial foi servido aos 200 profissionais que atuaram na limpeza, garantindo que ruas e avenidas da cidade permanecessem limpas posteriormente a romaria. O gari Sebastião Vilhena ficou muito feliz. Está há cinco anos fazendo a limpeza da cidade e diz que se sente valorizado, pois seu serviço é reconhecido. “Trabalho com alegria e satisfação, pois somos todos reconhecidos e valorizam o que fazemos, nos tratam com dignidade”, explicou.

Cristiane Pereira, do shopping da família Villa Nova, disse que também é uma honra fazer parte desta celebração. “Eu e toda minha família somos gratos em poder participar deste momento, em nos confraternizar com estes homens e mulheres que são incansáveis e lutadores, além de significativo, adotamos esse ato há cinco anos e continuaremos”, ressaltou.

Lilian Monteiro
Assessora de comunicação/PMM
Contato: 99903-5888
Fotos: Gabriel Flores/ Jhenni Quaresma / Nayana Magalhães

Edital de licitação do transporte coletivo será lançado em Macapá

?

O edital de licitação da concessão inédita do transporte coletivo urbano de Macapá será lançado nesta terça-feira, 15, às 8h30, na sala de reuniões da Prefeitura de Macapá, durante entrevista coletiva à imprensa. A proposta de restruturação da rede de transporte público em Macapá foi apresentada e debatida em duas audiências públicas, realizadas em maio e setembro de 2019, respectivamente.

Com a publicação do edital, poderão participar empresas brasileiras isoladas ou reunidas em consórcio. A concorrência será feita em dois lotes. O critério de julgamento será o de menor valor tarifário e o prazo da concessão será de 15 anos, podendo ser prorrogado por mais 5. O valor do contrato é de R$ 1,2 bilhão.

Com a concessão inédita, as empresas que vencerem o certame deverão promover a otimização do sistema, a redução do tempo de viagem, otimização do uso da frota, minimização do custo geral do sistema, além de implantar estações de integração e bilhete únicas, e demais diretrizes, como, por exemplo, as especificidades da frota que deve ter idade máxima de 10 anos e média de 5 anos, contemplando 100% de acessibilidade, com local para cadeira de rodas e assentos para atender as pessoas com deficiência física, elevador, GPS e bilhetagem eletrônica.

“Esse é um marco histórico para Macapá, pois é a primeira vez que se tem um processo licitatório no transporte público. Queremos, com isso, melhorar toda a mobilidade urbana, ampliando a cobertura para atender as comunidades, antes sem acesso ao serviço, e levar à toda população da cidade um transporte com mais eficiência e qualidade”, diz o prefeito de Macapá, Clécio Luís.

Serviço:

Lilian Monteiro e Cléia Andrade
Assessora de comunicação/PMM
Contatos: 99903-5888/99970-1352/99180-4182

Carreta Saúde da Mulher oferta coleta de preventivo e testes rápidos todos os dias às mulheres da zona norte

Para aumentar a captação de mulheres para a realização do exame preventivo, a Carreta Saúde da Mulher passa a ofertar a partir desta segunda-feira, 14, a coleta do PCCU nos dois turnos, todos os dias da semana. O exame, que antes era realizado pela manhã somente às segundas, quartas e sextas; e a tarde às terças e quintas-feiras, agora poderá ser feito das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Outro serviço que está sendo ofertado de forma intensificado é a realização de testes rápidos para o diagnóstico de hepatites virais, sífilis e HIV. A usuária que realizar a coleta de PCCU já é encaminhada para a realização do teste e vice-versa. “É uma forma de captar mais mulheres. Às vezes, elas vêm fazer só o teste rápido, ou só o PCCU, e acaba não fazendo todos os serviços que a carreta tem para oferecer. Estamos aproveitando o Outubro Rosa, que é um mês de sensibilização para chamar essa usuária”, explicou a coordenadora Ana Kelly Bittencourt.

A unidade móvel, que atualmente está na zona norte, na área do Corpo de Bombeiros, na Rua Tancredo Neves, atende, de forma itinerante, bairros e distritos de Macapá. Em dois anos de funcionamento, já passou por sete bairros e um distrito, contabilizando mais de 32 mil mulheres atendidas. “São serviços como consultas ginecológicas, coletas de PCCU, ultrassonografia das mamas e testes rápidos, voltados exclusivamente para a saúde preventiva do público feminino e indispensáveis para o diagnóstico precoce das lesões precursoras do câncer do colo de útero” diz a secretária de saúde, Silvana Vedovelli.

A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Para qualquer atendimento é necessário apresentação do cartão do SUS. Para as ultrassonografias, é imprescindível o encaminhamento, que pode ser obtido na própria carreta após a consulta médica. “Às vezes, a gente espera a doença chegar para, então, buscar a cura, sendo que tirar um dia na semana para os exames anuais vale muito mais a pena e sai muito mais barato”, comentou a diarista Sandra Bezerra.

Quem deve e quando fazer o exame preventivo?

Toda mulher que tem ou já teve vida sexual deve submeter-se ao exame preventivo periódico, especialmente as que têm entre 25 e 59 anos. Inicialmente, o exame deve ser feito anualmente. Após dois exames seguidos (com um intervalo de um ano) apresentando resultado normal, o preventivo pode passar a ser feito a cada três anos.

O que fazer após o exame?

A mulher deve retornar ao local onde foi realizado o exame na data marcada para saber o resultado e receber instruções. Tão importante quanto realizar o exame é buscar o resultado e apresentá-lo ao médico. Esse exame é a principal estratégia para detectar lesões precocemente e fazer o diagnóstico da doença bem no início, antes que a mulher tenha sintomas. Pode ser feito em todas as unidades básicas de saúde da rede pública municipal. O exame preventivo é indolor, simples e rápido. Pode, no máximo, causar um pequeno desconforto.

Confira os dias e horários de atendimento da Carreta Saúde da Mulher:

Consultas ginecológicas: segunda a sexta-feira, por ordem de chegada
Horário: 8h às 12h / 13h às 17h
Documentos necessários: cartão do SUS

PCCU: segunda a sexta-feira, por ordem de chegada
Horário: 8h às 12h e 13h às 17h
Documentos necessários: cartão do SUS

Testes rápidos HIV, sífilis, hepatites: segunda a sexta
Horário: 8h às 12h / 13h às 17h
Documentos necessários: cartão do SUS

Ultrassonografias da mama e transvaginal: agendamento toda segunda-feira
Horário: 8h
Documentos necessários: cópia do cartão do SUS, RG, comprovante de residência com CEP, encaminhamento médico (original)

Encaminhamento de mamografia: segundas e sextas-feiras
Horário: segunda – 8h / sexta – 13h
Documentos necessários: cópia do cartão do SUS, RG, CPF, comprovante de residência com CEP, encaminhamento médico (original), telefone para contato

Jamile Moreira
Assessora de comunicação/Semsa
Contato: 99135-6508